Posts Tagged With: pólo sul

Portugal adere ao Tratado para a Antártida de 1959

Finalmente, quase cinquenta anos depois, um Governo português adere ao Tratado para a Antártida de 1959… O Tratado confere ao Pólo Sul o estatuto único de região livre de actividade militar e de qualquer exploração de recursos minerais.

Esta adesão é importante porque permitirá que Portugal possa aumentar a presença cientifica na região e até – eventualmente – estabelecer uma base Antártida permanente sozinho ou juntamente com o Brasil, país que tem uma presença local já muito ativa. Contudo, essa cooperação não está em equação, sendo provável que as primeiras atividades portuguesas sejam cumpridas no quadro do acordo de cooperação com Espanha no domínio da investigação polar subscrito na Cimeira Luso-Espanhola, realizada em Zamora, em Janeiro de 2009. Ou seja, no campo Polar – como em tantos outros infelizmente – a prioridade diplomática portuguesa segue sendo Espanha e não aquela que devia ser: a Lusofonia.

Fonte:
http://ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1391068

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 4 comentários

A Bélgica inaugura uma base permanente no Pólo Sul

A base polar belga em http://news.xinhuanet.com

A base polar belga em http://news.xinhuanet.com

A pequena e profundamente dividida Bélgica conseguiu unir-se em torno do projeto de construir uma Base no Pólo Sul e inaugurou a base “Princesa Elizabete”. O financiamento da Base terá provido em grande parte do setor privado que contribuiu com mais de 22 milhões de euros para a sua construção. A base representa o regresso deste pequeno país ao Pólo Sul, depois do abandono da sua base no continente.

A base poderá acolher até 20 investigadores em simultâneo e terá 10 metros de altura e 22 de largura. A sua construção foi especialmente cuidada de forma a evitar consumo de energia para o seu aquecimento, possuindo oito aerogeradores e 400 metros quadrados de painéis solares.

A base polar belga prova como um país que demograficamente é bem menor que Portugal e que economicamente não lhe está assim tão distante de manter um pé firme na Antárctida. O forte apoio financeiro fornecido por entidades privadas belgas expõe também que apesar dos seus graves problemas, a sociedade belga compreende bem a importância de manter uma presença no continente gelado. Infelizmente esta evidência ainda não chegou à classe política portuguesa e o país mantem-se ainda quase completamente ausente do Pólo Sul. É que os belgas não estão aqui apenas para fazer ciência… Estão aqui pelas mesmas razoes de russos, norte-americanos, franceses, argentinos, etc. Estão aqui para reclamar uma parcela de território quando chegar o momento da repartição do Antárctida pelos países que nesse momento aí estiverem representados. E Portugal não será – parece – um deles, a continuarmos a ter a falta de visão que os nossos políticos têm tido.

Fontes:

http://uk.news.yahoo.com/18/20090215/tsc-belgium-opens-scientific-base-in-ant-c2ff8aa.html
http://www.msnbc.msn.com/id/29210612/displaymode/1176/
http://www.enews.ma/belgium-opens_i118759_3.html

Categories: Ciência e Tecnologia, Política Internacional, Portugal | Etiquetas: , | 2 comentários

Vulcões por debaixo dos gelos do Pólo Sul…

pineisland
(Uma imagem de satélite da NASA mostrando o local da erupção, por debaixo do gelo, claro)
Um grupo de cientistas britânicos descobriu vestígios de um vulcão e provas de uma sua erupção recente (ocorrida à cerca de dois mil anos), assim como indícios de que este se encontra ainda activo e contribuindo para o cada vez mais evidente (e preocupante) fenómeno da redução da calota polar. A notícia surge no jornal “Nature Geoscience” sendo ESTE o artigo citado. Os dois cientistas que lideraram o projecto da “British Antarctic Survey” identificaram – pela primeira vez – um vulcão activo sobre os gelos polares, e tão activo que conseguiu mesmo penetrar a densa cobertura de gelo polar. De facto, esta actividade vulcânia pode explicar parte da espantosa redução de gelo registada nos últimos anos no Pólo Sul, e sobretudo a redução do glaciar “Pine Island” que cobre este vulcão. Ou seja, para além de toda a actividade humana para o Aquecimento Global, agora teremos também que equacionar este factor da vulcanologia polar como possível contribuinte para a redução desta calota, logo do aumento dos níveis do mar, da redução dos índices de reflexão para o Espaço de luz solar, etc, etc. Ou seja. Mais uma má notícia para o Aquecimento Global… E mais uma razão para continuarmos todos a reduzir o nosso consumo de energia e de carbono e para manter elevada a pressão sobre os Governos e as Empresas para reduzirem a parcela humana para o agravamento deste fenómeno.
A área onde esta erupção foi localizada tem estende-se por cerca de 23 mil metros quadrados e data de entre 207 e 240 anos a.C.
Fonte:
New York Times

Categories: Ecologia | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade