Posts Tagged With: Mossad

A Mossad terá realizado um atentado num paiol iraniano de mísseis Shahab-3?

Raio de alcance do míssil iraniano Shahab-3 (www.ad-actu.fr)

Raio de alcance do míssil iraniano Shahab-3 (www.ad-actu.fr)

Quando recentemente uma grande explosão foi registada num paiol iraniano, imediatamente foi acionado um alerta de ataque aéreo porque se pensava ser o começo da vaga de bombardeamentos por parte de Israel que conta estar iminente.

Soube-se pouco depois que não, que não era o começo de nenhuma campanha aérea israelita contra o Irão. Mas agora, um artigo do jornal Times vem levantar a suspeita de que afinal a responsabilidade desse ataque pode mesmo ser atribuída a Israel…Segundo esse artigo, tratar-se-ia da obra de uma sabotagem realizada por agentes da Mossad e mais ataques semelhantes estariam a ser preparados…

De facto, no passado recente a Mossad já realizou um ataque semelhante provocando a morte a 17 guardas revolucionários iranianos, entre os quais o seu objetivo, o responsável máximo pelo programa de misseis da Republica Islâmica, o general Hasan Moghaddam.

Este alegada sabotagem ocorre no momento em que é divulgado um relatório da IAEA em que se apresentam provas de que o Irão está a trabalhar numa ogiva nuclear suficientemente pequena para poder ser transportada por um míssil Shahab-3 ou Shahab-4.

Esta sabotagem terá visado um silo de mísseis Shahab-3, quando o general Moghaddam estava presente. Os iranianos não assumem tratar-se de uma sabotagem, e provavelmente nunca o farão já que tal significaria que um dos – supostamente – mais seguros lugares do Irão era, afinal, permeável e se o era, também as instalações nucleares o podem ser…

Fonte:
http://www.guardian.co.uk/world/julian-borger-global-security-blog/2011/nov/14/iran-nuclear-weapons

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , , , | 9 comentários

As operações da Mossad contra a frota de apoio humanitário a Gaza

Embora o foco mediático tenha incidido sobre a aparatosa e infeliz operação de comandos israelitas contra a frota internacional que pretendia abastecer Gaza a verdade é que os serviços secretos de Telaviv estiveram muito ativos neste episódio do já longo conflito israelo-árabe. Segundo fontes israelitas, três dos navios da frota foram sabotados pela Mossad, algo que foi sugerido pelo próprio Matan Vilnai, o ministro da Defesa do Estado de Israel, numa entrevista radiofónica. Quando o repórter perguntou ao ministro se poderia ter havido uma alternativa à operação militar que se revelaria internacionalmente tão negativa para Israel, o ministro respondeu que “todas as possibilidades foram consideradas” e acrescentado a frase muito sugestiva que “o facto é que havia menos que os dez navios que deviam participar na flotilha”… Estas declaracoes estarão ligadas às súbitas avarias de dois dos navios, o Challenger I e o Challenger II, que tiveram problemas mecânicos em Chipre, um país onde a Mossad está particularmente ativa. Os próprios organizadores da frota teriam descrito estas avarias como “muito suspeitas”… e mais tarde, também o cargueiro irlandês MV Rachel Corrie seria alvo de mais “avarias” que o afastariam da frota. Outra fonte israelita, o coronel Itzik Turgeman falando ao parlamento israelita (Knesset) diria que houve “operações cinzentas” referindo especificamente que “os motores de cinco navios foram sabotados por equipas israelitas”. Em suma, após o recente sucesso-fracasso do assassinato de um dirigente do Hamas nos Emiratos Árabes Unidos, a Mossad parece ter recuperado e o ânimo e voltado à agressividade e eficiência que sempre a caraterizou, sendo certo que neste caso não logrou o total sucesso que era necessário e que teria permitido evitar a desastrosa operação militar que levou à morte 9 ativistas e que acabaria por forçar Telaviv a aligeirar o bloqueio a Gaza, frustando assim os desejos do governo israelita e satisfazendo parte das aspirações dos ativistas e do governo do Hamas em Gaza.

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Did_Israel_tamper_with_flotilla_999.html

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , , | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy