Posts Tagged With: MiG

Dificuldades indianas com o fim do MiG-21bis e o novo HAL Tejas


(MiG-21bis indiano em http://www.bharat-rakshak.com)

Inserida numa das regiões mais perigosas do mundo, a Índia tem visto o seu poder aéreo decrescer todos os anos, sobretudo por via de avarias e de acidentes provocados não somente por deficiente manutenção, mas também pelo inclemente clima do subcontinente indiano. A situação é particularmente grave com o avião que forma hoje a maioria da sua força aérea, o MiG-21, dos quais a maioria está a ser atualizada para o padrão MiG-21bis enquanto os substitutos do maior programa de renovação de uma força aérea no mundo, dos próximos dez anos, está em curso. Com efeito, a Índia irá adquirir e construir 126 novos aparelhos de um tipo ainda não definido entre MiG-29 e 35, Rafale, Typhoon, Super Hornet ou Gripen NG.

O HAL Tejas in http://www.aerospaceweb.org)

O problema é que vão ainda demorar pelo menos cinco anos antes desse número de aparelhos entrar em serviço e durante esse período os MiG-21bis vão chegar ao limite de uso, não sendo possível que esteja algum a voar depois de 2020. Isto significa que as missões a cargo desta parte da frota da força aérea indiana terão que ser cumpridas por um número inferior do “Tejas Light Combat Aircraft (LCA)”, um muito mal gerido projeto local que ainda que tenha visto os primeiros modelos de produção a sairem das fábricas em 2088, só em 2010 é que estará plenamente operacional, sendo agora mais crucial do que nunca recrutar ajudas no desenvolvimento final do Tejas para suprir as dificuldades internas no desenvolvimento do aparelho. Já se sabe que os indianos desistiram de desenvolver localmente um radar e que pediram ajuda neste sentido à Elbit israelita e que contactaram a EADS europeia para que esta os assistisse na aerodinâmica medíocre do aparelho. O próprio motor, um GE F404 norte-americano está a ser reavaliado e provavelmente será substituído na próxima geração do Tejas, a LCA Mark II.

As dificuldades em desenvolver um aparelho de combate local são evidentes no caso do Tejas. A complexidade exigida pelos aviões de 4ª e 4,5ª geração são tremendas e ao alcance de poucos hoje em dia, no mundo… Os suecos dependem muito de componentes dos EUA, os europeus constroem o seu Typhoon devido ao alto nível de integração tecnológica entre os seus vários países (Reino Unido, Alemanha e Itália, sobretudo). Apenas os russos e os Estados Unidos parecem deter atualmente o nível de desenvolvimento tecnológico necessário a um tal aparelho. Provavelmente, a Índia tentou dar um passo mais longo que a sua perna ao desenvolver o Tejas… Um programa problemático que deve ser olhado com muito interesse por outros países com ambições semelhantes… como o Brasil, tirando-se já aqui a lição que avançar com um tal projeto sem assegurar previamente uma rede de parcerias tecnológicas firme e segura é uma asneira.
Fontes:

http://www.defenseindustrydaily.com/india-lca-tejas-by-2010-but-foreign-help-sought-with-engine-01901/?utm_campaign=newsletter&utm_source=did&utm_medium=textlink

http://en.wikipedia.org/wiki/HAL_Tejas

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , , | 3 comentários

Sobre a fusão MiG Avia / Sukhoi


(O “Skat” um projeto de um UCAV da MiG… agora absorvido pelo novo consórcio? in
http://www.migavia.ru)

Se na década de 60-70, os caças soviéticos mais comuns eram os MiG – tanto que a dada altura “MiG” no cinema se tornou sinónimo de “caça soviético” – a verdade é que a partir da década de 80, a “Mig Avia“, herdeira do antigo bureu de desenho Mikoyan & Gurevich entrou em dificuldades financeiras. Os descendentes do fabuloso Sukhoi SU-27 são ainda hoje dos melhores aviões do mundo mas os dois melhores aviões MiG de sempre, o MiG-29 Fulcrum e o MiG-31 Foxhound estão hoje claramente ultrapassados pelo que melhor a Sukhoi tem fabricados nos últimos anos.

A sobrevivência da MiG esteve até em causa na década de noventa, sendo salva in extremis pelas realização de atualizações em aparelhos da força aérea russa e búlgara. Hoje, a MiG não partilha com a Sukhoi do seu estrondoso sucesso exportador e a sua capacidade para sobreviver está novamente posta em causa… Recentemente, a MiG perdeu o concurso para um novo treinador avançado para a força aérea russa, vendo o seu MiG-AT ser batido pelo Yak-130. As recentes vendas de MiG-29 para o Sudão e de 28 MiG-29SMT pela força aérea russa de foram assim verdadeiros balões de oxigénio para uma fábrica que luta pela sobrevivência e podem explicar a imoralidade da venda (o Sudão é um país governado por islâmicos radicais que massacram no Darfur o seu próprio povo).

Perante esta situação e uma crescente dívida que já é superior a 1,6 biliões de dólares, temos agora sinais de que o governo russo poderá estar a cozinhar uma fusão entre a Sukhoi e a MiG. Pelo menos é o que indica a nomeação de Mikhail Pogosyan como presidente da MiG e diretor geral da Sukhoi… simultâneamente.

Aquilo que mais erodiu o prestígio da MiG foi a péssima qualidade dos seus serviços de pós-venda. Os indianos em particular sofreram especialmente com problemas de peças e com a baixa qualidade das peças de reposição da MiG e isso explica em parte a elevada taxa de avarias e de aviões perdidos na força aérea indiana. Isso mesmo foi reconhecido implicitamente por Pogosyan ao identificar a área de “pós-venda” como o principal foco da sua atenção na MiG durante os próximos. No entretanto, é praticamente certo que o novo consórcio aeronáutico vai proceder a despedimentos massiços, já que há certamente muitas redundâncias entre a MiG e a Sukhoi… Nada bom para um país como a Rússia que está a sentir muito severamente os efeitos da crise financeira mundial e onde a queda dos preços do petróleo teve já um efeito estrondoso nas receitas do Estado (e logo, nas encomendas de aviões de combate que este poderá fazer nos próximos anos).

Fonte:
http://www.defenseindustrydaily.com/MiG-to-Fold-into-UAC-With-Sukhoi-05252/?utm_campaign=newsletter&utm_source=did&utm_medium=textlink#more-5252

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 6 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy