Posts Tagged With: microsoft

Windows 7 “Starter Edition”: Crippleware?

informacaovirtual.com

informacaovirtual.com

A nova coqueluche da Microsoft, o muito badalado sucessor daquele estrondoso flop chamado “Vista”, chamado Windows 7 será vendido para os países do Terceiro Mundo e para Netbooks numa versão especial, ou melhor, especialmente limitada, capaz de correr apenas… 3 aplicações ao mesmo tempo. Trata-se da “Starter Edition”. É claro que muitos poderão dizer que mesmo o vetusto MS-DOS conseguia correr mais aplicações em simultâneo e que o Ubuntu – gratuito – consegue ser mais rápido, seguro e barato (zero euros) que qualquer versão “Starter” que a multinacional norte-americana coloque no mercado…

Francamente, se o Ubuntu ou o Fedora (duas das mais populares distros de Linux) conseguem ver e editar documentos MS Office e navegar na Internet, com chat e vídeo, porque é que alguém com verdadeira capacidade de escolha (essa é que é a questão verdadeira) irá instalar um “crippleware” como o Windows 7 Starter Edition: limitado a correr apenas 3 aplicações em simultâneo???

Fonte:
http://www.cyberciti.biz/tips/windows-7-starter-edition.html

Categories: Informática | Etiquetas: , | 2 comentários

Afinal, o Windows 7 é ainda mais lento que o Windows Vista?

Segundo uma bateria de testes realizados pela equipa da PC World o tão propalado Windows 7 será apenas ligeiramente mais rápido que o Windows Vista… De facto, tão pouco mais que os seus utilizadores nem notarão a diferença. A revista testou várias máquinas com o modelo de testes WorldBench 6, concluindo que os mesmos pcs eram 5% mais rápidos correndo Windows 7 que Vista.

O WorldBench consiste numa série de testes com dez dos programas mais usados no mundo, como o Microsoft Office, o Mozilla Firefox e o Adobe Photoshop. Nalgumas destas comparações, a vantagem do 7 era de apenas um por cento…

Os testes que envolveram programas que realizam muitos acessos a disco foram os que mais melhorias de desempenho experimentaram, com ganhos que chegaram aos 12%. Assim, como um ganho de 7% num HP com uma placa gráfica nVidia GeForce 9300GE graphics board. De facto, uma e outra melhoria parece dever-se mais a novos drivers, otimizados pelos fabricantes do que a um efeito direto do próprio Windows 7.

No Microsoft Office e no Mozilla Firefox, o Windows 7 conseguiu ter até um desempenho inferior ao Vista! Algo que tem que ter tido em conta, devido à popularidade dessas duas aplicações no mundo empresarial. Os testes foram feitos no RC, mas será de esperar que não sejam muito diferente na versão final.

Assim, quem embarcou no discurso otimista da Microsoft, pode apanhar uma desilusão… Rapidez sobre o Vista, é coisa que não encontrará no 7, maior compatibilidade com equipamentos antigos, também não, já que o seu driver model é o do Windows Vista. Mas sobretudo, aqueles que queixavam de que o Vista era mais lento, nas mesmas tarefas, que o XP, vão manter as mesmas críticas e se esse sentimento se propagar rapidamente pela ciberesfera, como aconteceu com a “má imprensa” aquando do Vista e dos seus primeiros meses de existência a Microsoft poderá estar perante o segundo “flop” seguido, algo inédito em Redmond e que pode ameaçar a empresa num contexto em que o Linux passa o 1% de utilizadores, o MacOSX se mantêm pelos 10% e o novo Android da Google promete aparecer nos netbooks…

No passado a Microsoft já conheceu pelos menos dois fracassos rotundos no lançamento de novos OS (o Millenium e o 98) e um meio-sucesso com o Vista, mas nunca dois falhanços seguidos. Isso e somando que tal sucede em época de recessão mundial, pode colocar o gigante em risco e acelerar a sua aposta em “serviços online”.

Fonte:
http://www.computerworlduk.com/technology/operating-systems/windows/news/index.cfm?newsid=14670

Categories: Informática | Etiquetas: , | 2 comentários

A Microsoft quer dinheiro de volta dos 1400 empregados que despediu em 2008…

No começo de 2009, a Microsoft despediu 1400 dos seus empregados. Contudo, um erro administrativo levou a que uma parte deles recebesse uma invulgarmente elevada compensação financeira. E agora, quando já estão em casa ou procurando novo emprego numa economia em recessão, estão a receber uma carta da Microsoft pedindo que devolvam esse valor.

Obviamente, não passou muito tempo até que cópias da carta aparecessem na Internet com a referida frase: “pedimos que devolva este pagamento excedentário e pedimos desculpas sinceras por qualquer inconveniência que lhe tenhamos causado“. Os que não devolverem esta quantia – afirma a carta da multinacional de Redmond – verão como esse dinheiro é cativado por via fiscal.

Quer dizer, sabemos que as multinacionais norte-americanas são capazes dos tratamentos mais desumanos aos seus funcionários… Mas despedir pessoas, cometer “erros administrativos” nesse processo e não os assumir internamente aumentando ainda mais o stresse sobre essas pessoas e provocando de passagem um pesadelo de Relações Públicas não é imbecilidade a mais para um departamento de Recursos Humanos e para uma área de Marketing desta multinacional?

Fontes:
http://gamerblips.dailyradar.com/story/microsoft_overpays_fired_workers_asks_for_refund/
http://www.escapistmagazine.com/news/view/89631-Microsoft-Overpays-Fired-Workers-Asks-For-Refund

Categories: Informática, Sociedade | Etiquetas: | Deixe um comentário

A Microsoft regista a patente do Page Up / Page Down

//images.jupiterimages.com)

(Page Up e Page Down goes to... Micro$oft in http://images.jupiterimages.com)

Espantosamente, a Microsoft parece ter apresentado uma patente para… a funcionalidade “Page Up & Page Down”, a U.S. Patent #7,415,666:

“A method and system in a document viewer for scrolling a substantially exact increment in a document, such as one page, regardless of whether the zoom is such that some, all or one page is currently being viewed. In one implementation, pressing a Page Down or Page Up keyboard key/button allows a user to begin at any starting vertical location within a page, and navigate to that same location on the next or previous page. For example, if a user is viewing a page starting in a viewing area from the middle of that page and ending at the bottom, a Page Down command will cause the next page to be shown in the viewing area starting at the middle of the next page and ending at the bottom of the next page. Similar behavior occurs when there is more than one column of pages being displayed in a row.”

A coisa foi patenteada em Março de 2005, mas só agora teve eco em alguns sites noticiosos norte-americanos.

Francamente, não sei o que pretendem fazer com a patente… Talvez… Cobrar uma taxa a quem quer que comercialize aplicações que suportem o PageUp/PageDown?

Mais um exemplo do estado caótico em que se encontra o sistema de patentes americano, especialmente desde que aceita o registo de “conceitos” aplicáveis em programas informáticos…

Fontes:
http://gigaom.com/2008/08/27/seriously-microsoft-patents-page-up-page-down/
http://patft.uspto.gov/netacgi/nph-Parser?Sect1=PTO1&Sect2=HITOFF&d=PALL&p=1%3Cbr%20%3E%3C/a%3E%20&u=%2Fnetahtml%2FPTO%2Fsrchnum.htm&r=1&f=G&l=50&s1=7,415,666.PN.&OS=PN/7,415%3Cbr%20/%3E%20,666&RS=PN/7,415,666

Categories: Informática | Etiquetas: | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade