Posts Tagged With: GPS

A rede europeia de GPS Galileo dispara os custos

O Giove-B da rede Galileo em órbita em http://www.giove.esa.int

O Giove-B da rede Galileo em órbita em http://www.giove.esa.int

Os problemas de gestação da rede europeia de posicionamento global (GPS) Galileo ainda não terminaram… Segundo o CEO da EADS Astrium, colocar em órbita os satélites da rede Galileo pode custar mais 40% que o originalmente previsto, ou seja, 1,16 biliões de euros.

O aumento de custos resulta diretamente da redução do volume de atividade de construção de equipamento para a rede, quer na EADS Astrium, quer na segunda empresa que irá construir a Galileo, a alemã OHB System. Cada fabricante irá construir oito satélites cada. Após esta primeira remessa, o consórcio Galileo irá avaliar qual dos dois foi melhor e encomendar a este mais 12 satélites.

A divisão entre os dois contratados não tem sido contudo isenta de dificuldades… Quem está a financiar o Galileo é a Agência Espacial Europeia (ESA) e a EADS e a EADS Astrium queixa-se que está a receber menos dinheiro que a sua concorrente alemã, seis milhões, contra dez, uma diferença que não é compreensível e que resulta possivelmente de jogadas políticas de bastidores.

Fonte:
http://www.flightglobal.com/articles/2009/06/18/328294/paris-air-show-galileo-faces-40-cost-hike-says-eads.html

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O GPS vai finalmente começar a entrar no meio da aviação comercial…


(http://www.faa.gov)

Não deixa de ser tristemente curioso que uma das áreas tecnológicas mais avançadas do mundo: a Aviação, utilize ainda hoje no essencial a mesma tecnologia de orientação da Segunda Grande Guerra. Com efeito, as redes mundiais de tráfego áreo de longa distância continuam a depender dos radares convencionais e não podem usar – por força dos regulamentos internacionais – sistemas de GPS para se manterem dentro das suas rotas. A simples adopção do GPS, para manter os aviões em rotas mais perfeitas permitiria às companhias poupar pequenas fortunas por ano em combustível, uma questão especialmente importante em maré de alta de preços de combustíveis e de recessão mundial

Há contudo, finalmente, um plano para integrar a orientação por GPS com os métodos convencionais de orientação por radar e por compasso, denominado “NextGen“. Trata-se de um plano, conduzido pela FAA norte-americana orçamentado em perto de 35 biliões de dólares mas que poderá poupar às companhias de aviação dos EUA pelo menos 3,3 biliões de galões de combustível por ano, ou seja, mais de 10 biliões de dólares. O projeto deverá estar terminado até 2025, altura em que permitirá – per si – introduzir uma redução de 10% no consumo de combustível integrando-se assim perfeitamente no plano de Obama de reduzir a dependência dos EUA das importações de combustíveis fósseis. A este nível de poupança, o valor investido deverá estar amortizado em pouco mais de dez anos. E talvez então, os aviões comerciais estejam equipados com sistemas de navegação tão sofisticados como… os nossos carros.

Fonte:

http://www.environmentalleader.com/2008/10/20/gps-could-save-airlines-10-billion-per-year-in-fuel-costs/

Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia, Sociedade | Etiquetas: | Deixe um comentário

O GPS do iPhone é “falso” ou “verdadeiro”?

Depois de tanta celeuma (e correspondente sucesso comercial) no lançamento do iPhone em Portugal e no mundo impõe-se a pergunta: a coisa vale mesmo o que custa? A questão impõe-se sobretudo no que concerne ao GPS inserido no iPhone 3G que usa não o sistema GPS normal, mas um tal de A-GPS, ou GPS “assistido”… Muitos dizem que o “GPS assistido” mais não é de facto do que um impreciso sistema de posicionamento por “triangulação de antenas GSM”… Mas será mesmo assim?

Bem o “GPS assistido” quer dizer que o iPhone vai perguntar primeiro à antena de GSM a sua localização aproximada e depois – só depois – usa o seu GPS para identificar de forma mais precisa a sua posição. Isto não quer dizer que o A-GPS seja mais impreciso, ou que seja apenas uma forma imprecisa de geolocalização através de antenas de GSM (como a TMN chegou a comercializar a empresas, no passado), além destas antenas, pelos menos nos EUA; os WiFi hotspots são também usados, e creio que tal sucede também em Portugal. Este sistema permite que o GPS encontre a sua localização muito mais depressa que pelo sistema convencional, mas depende da existência de rede GSM… Se o telemóvel estiver onde não há rede ou esta é fraca… Nada funciona, já que ao contrário de um terminal de GPS normal, todos os mapas são carregados de cada vez que o sistema é usado. Por isso, nem pensar em deitar fora o seu GPS e substituí-lo pelo do iPhone, especialmente se precisa de georeferenciação em zonas remotas ou com má cobertura de rede de telemóvel. De qualquer forma, fica sem sombra de dúvida que um A-GPS como o do iPhone é mais rápido a dar uma localização nestas condições! Experimente desligar o seu GPS durante alguns dias e veja como demora muito mais a obter um “lock” da posição! A minha antena externa do 9100 leva uma boa hora e tal a obter o sinal nestas condições! Se mudar a antena GPS de posição e esta estiver desligada (por exemplo, numa viagem de avião) a mesma coisa irá acontecer… Excepto se usar um A-GPS, porque a primeira coisa que este fará é perguntar à torre GSM ou Hotspot WiFi a localização aproximada e depois usar os satélites GPS para a refinar.

É claro que há sempre a opção de instalar o TomTom no iPhone para ter acesso a toda a liberdade da rede GPS, mantendo as vantagens do A-GPS e livre das limitações do software que vem de origem com o iPhone (a dependência dos mapas carregados da Internet…)

Ou seja, o “A-GPS” do iPhone não é um “GPS pior” é, de facto, um “GPS melhor”, já que faz o lock da posição mais depressa que um GPS normal, mas que tem o defeito de usar comunicações de dados para recolher essa posição. A vantagem é notável se o GPS estiver desligado por muito tempo, especialmente se a antena fôr movida depois da última vez que esteve ligada (por vezes, chega a estar em busca de localização durante mais do que 20 minutos). O maior problema do iPhone é depender dos Google Maps que são carregados da Internet cada vez que o sistema é usado, e isso consome largura de banda, tráfego (pago) e… depende de haver uma ligação GSM/GPRS onde tentamos usar o sistema de posicionamento… Este problema contudo, pode ser resolvido instalando, por exemplo, o software TomTom.

O mito de que o GPS do iPhone era um “GPS falso” teve a sua origem na utilização no modelo original do iPhone de uma ferramenta designada como “Skyhook” a qual, de facto, usava o Google Maps com dados de triangulação de torres GSM e de hotspots WiFi para obter uma forma aproximada de posicionamento global. A Apple chegou a apelar que cada utilizador de iPhone acedesse ao seu site e indicasse aqui qual era a sua localização, de forma a enriquecer a base de dados usada pelo Skyhook, mas atualmente… não. O iPhone é um sistema GPS pleno, não de triangulação de antenas ou de localização via mac address dos hotspots WiFi.

Fontes:

http://www.apple.com/iphone/features/gps.html
http://arstechnica.com/journals/apple.ars/2008/06/10/tomtom-announces-iphone-gps-app
http://www.iphoneatlas.com/2008/03/11/apple-submit-wifi-location-information-to-skyhook/

Categories: Ciência e Tecnologia, Informática | Etiquetas: , | 6 comentários

Bloqueando sinais de… GPS

(Bloqueador de sinais de GPS in http://www.chinavasion.com)

Como sempre a cada necessidade acaba sempre por corresponder – algures no tempo – um qualquer gadget tecnológico para a satisfazer… Atualmente há muitos vendedores e transportadores que têm nos seus veículos sistemas de GPS que permitem que os seus empregadores sigam o seu percurso e controlem o tempo que gastam em dado transporte ou as pausas que fazem entre entregas (como este aqui). E também não faltam casos em que membros desconfiados de um casal instalam no veículo do parceiro um sistema destes de forma a seguir as suas andanças e aventuras extra-conjugais (ver um exemplo, aqui)…

Assim, para impedir o funcionamento destes localizadores de GPS, uma empresa chinesa (para variar…) desenvolveu um bloqueador de sinais GPS cuja intenção é barrar os sinais enviados pelos satélites da rede GPS em impedir o funcionamento de qualquer receptor GPS instalado nos metros em redor deste bloqueador. O sistema pode ser desligado e ligado por períodos mais ou menos curtos, de forma a não criar suspeitas no gestor do localizador (AKA, “o patrão”). Basta ligar o bloqueador, e zás, o operador perde o sinal. A utilização do bloqueador não exige saber com exactidão o local da instalação do localizador. O sistema é ligado diretamente no isqueiro do carro ou transportado como se fosse um vulgar telemóvel. Como é relativamente frequente que um receptor de GPS perca o sinal, dificilmente se provará o uso deste tipo de equipamentos, o que não quer dizer que isso não possa ser feito… basta que o utilizador do bloqueador abuse da sua utilização (por exemplo, que se esqueça dele ligado) e quando o veículo regressar à garagem ou ao armazém central, o patrão reparar que todos os carros estacionados ao lado perderam também o sinal…
Fontes:

http://www.spygearco.com/blog/index.php/how-to-become-invisible-to-a-gps-tracker/

http://www.chinavasion.com/product_info.php/pName/tiny-anti-tracker-gps-blocker-in-car-use/

Categories: Ciência e Tecnologia, Sociedade | Etiquetas: | 11 comentários

Vai ser lançado o segundo satélite da rede europeia de posicionamento global, o GIOVE-B

Com o lançamento do satélite GIOVE-B por um lançador russo Soyuz-Fregat a 27 de Abril. Este será o segundo lançamento russo para a rede europeia de posicionamento global Galileo, tendo o primeiro ocorrido em Dezembro de 2005 com o demonstrador tecnológico GIOVE-A que continua, aliás, em pleno funcionamento. O GIOVE-B será ainda um demonstrador, mas incluirá novas tecnologias que não estavam presentes no GIOVE-A, como um novo relógio atómico de alta precisão e um novo sistemas de transmissão de sinais de navegação de tripla-banda. Outros instrumentos instalados no satélite permitirão medir os níveis de radiação e o ambiente que rodeia o satélite.

O GIOVE-B possui também a capacidade para emitir sinais compatíveis com a rede americana de GPS e assim, cumpre com os resultados de um acordo recentemente assinado entre a União Europeia e os Estados Unidos a este respeito.

Este lançamento tem um atraso de um ano em relação ao prazo inicial e o último de testes sendo colocados em órbita a partir daqui os primeiros satélites dos trinta que irão compor a rede Galileo.

Fonte:

http://www.arianespace.com/site/news/news_sub_featurestory_index.html

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade