(Centros de Dados da Google in http://www.techcrunch.com)

Os maiores centros de dados informáticos do mundo deverão ultrapassar rapidamente a indústria de aviação como os maiores emissores de gases com efeito de estufa… A barreira deverá ser batida depois de 2020, isto de acordo com um estudo elaborado pela consultora McKinsey. Com efeito, o consumo de energia eléctrica nos centros de dados não pára de aumentar, e a um ritmo crescente que é será entre hoje e 2020 quadriplicado, estima a consultora. Por outro lado, as emissões das companhia de aviação já estão a diminuir, como a SAS que reduziu a velocidade de cruzeiro dos seus aviões e que quando os seus aparelhos se movimentam nas pistas (taxiing) utiliza apenas um motor. Estas medidas já permitiram poupar mais de 12 milhões de dólares de 2006, a um custo de apenas mais 10 minutos na viagem entre Oslo e Paris ou Londres. Até 2020, a mesma data acima listada pela McKinsey, a SAS espera reduzir as suas emissões em 20%, numa redução de 4% ao ano até 2020.

O problema dos centros de dados tem várias origens… Entre as quais se encontra a multiplicação crescente de servidores (pessoalmente, mantenho perto de cinco dezenas num destes centros de dados), a instalação em número crescente de computadores normais em funções clássicas de “servidores” nos centros de dados, por uma questão de custos e dado aos preços baixos que um computador normal tem hoje sacrificando a menor eficiência potencia-energia destes sistemas de grande consumo e sobretudo o ineficiente uso da grande maioria dos servidores nos centros de dados… A sua esmagadora maioria está sub-utilizada, sendo o valor médio de pouco mais de 6% de CPU. E sabem que está entre os maiores operadores mundiais de centros de dados?… A Google. A companhia que utiliza o “verde” como logotipo comercial mas que é neste campo um dos maiores consumidores do mundo com dezenas de centros de dados espalhados pelo mundo fora…

No horizonte, há apenas uma tecnologia que pode vir a resolver este problema e essa tecnologia é a da virtualização de servidores… A Microsoft já o anteviu e esta é uma das grandes apostas do seu novo sistema Windows Server 2008 (Longhorn), já que com a capacidade de instalar num único servidor físico várias máquinas virtuais este, o seu CPU, memória e discos, poderão ser usados de forma mais optimizada e sem os desperdícios indicados no ponto anterior….

Fontes:
http://uptimeinstitute.org/images/stories/Symposium_2008/Wednesday_April_30th/Uptime_Institute_Symposium08_McKinsey_Report_Revolutionizing_Data_Center_Efficiency.pps http://uptimeinstitute.org/content/view/168/57
http://www.datacenterknowledge.com/archives/2008/Mar/27/google_data_center_faq.html http://bits.blogs.nytimes.com/2008/05/01/data-centers-are-becoming-big-polluters-study-finds/ http://www.reuters.com/article/environmentNews/idUSL2076257020080520?