Posts Tagged With: Coreia do Sul

O Sukhoi T-50 concorre ao programa sul coreano “FX-III”

Embora ainda não esteja em operação em nenhuma força aérea do globo, o Sukhoi T-50 PAK-FA aparece numa lista de favoritos para o concurso sul coreano de “caças avançados”. A Coreia do Sul, tenciona neste concurso comprar 60 aviões por 7.86 mil milhões de dólares num programa intitulado “FX-III”.

Neste programa, o PAK-FA concorre com  F-15SE Silent Eagle, o F-35 Lightning II e o Eurofighter Typhoon. Sendo o vencedor anunciado em 2012 com as primeiras entregas do aparelho vencedor feitas logo em 2016.

Neste concurso, em termos de desempenho, o avião da Sukhoi apresenta-se com vantagem, mas apesar dessa vantagem teórica, o aparelho ainda não passa de um protótipo, em desenvolvimento na fábrica da construtora em Komsomolsk-on-Amur, no Extremo Oriente russo e o primeiro protótipo voa apenas desde janeiro de 2010 devendo as entregas dos primeiros 60 aparelhos à Força Aérea Russa começarem em 2015.

Não há certezas, mas é provável que o T-50 oferecido aos sul coreanos se aproxime mais da versao “de exportação” a desenvolver em conjunto com a HAL indiana do que com a versão russa.

Quanto ao vencedor do programa, tendo em conta a força dos laços políticos entre os EUA e a Coreia do Sul, é altamente duvidoso que o Typhoon europeu ou o T-50 tenham alguma possibilidade, já que no “FX-III” se encontram o F-35 e o F-15SE norte-americanos…

Fonte:
http://www.defencetalk.com/russia-enters-south-korean-tender-with-5th-generation-fighter-35930/#ixzz1TBrA6aEl

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , | 6 comentários

A Guiné Equatorial vai comprar 3 corvetas sul coreanas

Corveta Sul Coreana Classe Donghae (http://www.worldwarships.com)

Corveta Sul Coreana Classe Donghae (http://www.worldwarships.com)

A Guiné Equatorial está em negociações com a Coreia do Sul visando a aquisição de 3 corvetas por um valor que se estima ascender a mais de 90 milhões de dólares. As negociações terão começado em agosto, mas só agora parecem ter tido desenvolvimentos… Ignora-se qual será exatamente o tipo de corvetas em que a Guiné Equatorial estará interessada, mas tendo em conta a liquidez de que agora goza este Estado africano rico em petróleo (e membro observador da CPLP) deverá tratar-se de 3 corvetas novas e não de material usado.

O pagamento poderá usar um modelo de “Petróleo por Equipamento”, tendo em conta o facto da Guiné Equatorial ser um grande exportador de ouro negro e de a Coreia do Sul ser já hoje um dos seus clientes mais fiéis.

É provável que se tratem de corvetas Pohang ou Donghae (ambas as classes estão hoje ao serviço da marinha sul coreana). Foi precisamente uma destas Donghae (a Cheonan) que no passado mês de março foi atacada e afundada por um submarino norte-coreano…

A marinha da Guiné equatorial é hoje composta por uma série de patrulhas de várias origens, desde navios de origem holandesa doados pela Nigéria a chineses, como os patrulhas da classe Shantou. Pelo que a aquisição de 3 corvetas modernas por parte deste país africano representaria um incremento na sua capacidade naval, tornando a sua pequena marinha (atualmente com apenas 180 militares) numa das mais – teoricamente – eficazes de toda o Golfo da Guiné.

Fonte:
http://www.defpro.com/daily/details/691/

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 5 comentários

A Coreia do Sul prepara-se para lançar o seu primeiro foguetão

O governo da Coreia do Sul aprovou um plano para lançar o primeiro foguetão do país em finais de julho. A autorização foi concedida para um lançamento que deverá ter lugar em 30 de julho a partir do “Naro Space Centre” em Goheung.

O foguetão está pronto e os técnicos sul coreanos estão atualmente a ligar o seu primeiro andar com o segundo. Os motores foram construídos na Rússia, país que também ajudou na construção da plataforma de lançamento.

No total, o foguetão sul coreano pesa mais de 140 toneladas e mede 33 metros de altura tendo um diâmetro de 3 metros. O foguetão tem a designação “Korea Space Launch Vehicle-1 (KSLV-1)” e devia ter sido lançado pela primeira vez em 2008, mas problemas técnicos levaram ao seu adiamento por duas vezes.

O projeto custou mais de 340 milhões de dólares ao governo coreano desde 2002, ano em que o projeto arrancou e é particularmente importante para demonstrar que o país tem uma capacidade espacial semelhante ao seu velho antagonista do norte e para abrir as portas à indústria coreana do muito rentável mercado internacional de lançamento de satélites.

Fonte:
http://www.space-travel.com/reports/SKorea_to_launch_first_space_rocket_in_July_official_999.html

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: | 1 Comentário

A Coreia do Sul vai desenvolver uma variante de ataque do T-50

O governo da Coreia do Sul anunciou a assinatura de um contrato com a Korea Aerospace Industries (KAI) para o desenvolvimento de uma variante de ataque ligeiro do avião de treino T-50 Golden Eagle. O contrato foi avaliado em 305 milhões de dólares e será ao seu abrigo que a KAI vai transformar quatro protótipos existentes de T-50 nessas novas variantes, designada como FA-50.

A produção da nova variante do T-50 deverá começar em 2013 devendo ser adquiridos pela Coreia do Sul cerca de 60 aparelhos, havendo a expectativa de que sejam comprados um total de 150 aparelhos para substituir os envelhecidos A-37, F-4, e F-5. À semelhança da Bolívia, a Coreia optar por adquirir um grande número de aviões de ataque ligeiro, em vez de apostar apenas em aviões de “primeira linha”. A aposta pode ser interessante, porque hoje em dia os países com as melhores forças aéreas do mundo (como os EUA e o Reino Unido) estão a ter dificuldades em manter números suficientes de aviões operacionais dos tipos mais avançados e caros. Talvez a abordagem coreana seja assim a mais correta: complementar para missões mais básicas (ataque e intercepção a curta distancia) aviões mais simples, mas numerosos e económicos com aviões de 4ª ou 5ª geração em menor número em missões de superioridade aérea ou de penetração de longa distância como o F-15K ou o KFX, um projeto indígena de 5a geração semelhante ao F-22 e a desenvolver em parceria com a Boeing.

Fonte:
Air Forces Monthly, março de 2009
http://www.aeroflight.co.uk/types/korea/kai/t-50/T-50.htm

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 3 comentários

A Coreia do Sul vai comprar mais 21 caças F-15K

F-15K

(Caça F-15K, construído para a Coreia do Sul in http://www.boeing.com)

A Coreia do Sul decidiu adquirir mais 21 caças F-15K para a sua Força Aérea. Os novos aparelhos vão receber os novos motores Pratt & Whitney F100-PW-229 e a encomenda vai permitir que a Boeing mantenha a linha de produção deste caça em funcionamento, algo que já acontece ininterruptamente desde à 35 anos… O primeiro grupo de 40 F-15K sul coreanos ainda não tem este novo motor.

O novo motor é mais fiável que o anterior e estava em desenvolvimento desde 2004 pela P&W, um sistema de monitorização em tempo real e um novo sistema de controlo completamente digital. O motor é também ligeiramente mais potente que a versão anterior. A Coreia do Sul é o terceiro cliente desta actualização do F-15, mas não revelou quem eram os outros dois.

Para além dos F-15Ks para a Coreia do Sul, a Boeing fabrica ainda F-15SG para Singapura, estes já equipados com os mais sofisticados radares AESA. Existe contudo o risco de que a linha de produção tenha que ser fechada ou mantida aberta mas parada (com custos elevados) se os contactos com a Arábia Saudita ou o Japão não se concretizarem na vendas de novos aparelhos F-15. Os japoneses não encaixaram muito bem a recusa dos EUA em vender F-22 Raptor e não é provável que comprem novos F-15, tanto mais porque também estão a avaliar o F-35 e outros aparelhos idênticos hoje disponíveis no mercado mundial. A USAF ainda não manifestou interesse em actualizar os seus F-15 ou em comprar novos aparelhos, o que é compreensível, já que está empenhada em pressionar a Administração em comprar mais F-22 e em garantir que o F-35 é produzido nos números planeados.

O F-15, nas suas diferentes versões, tem um recorde de combate único na sua classe: abateu 101 aparelhos inimigos, contra nenhum caça perdido. O F-15K é uma evolução a partir do F-15E, fabricado a partir de 1989 e estes aparelhos continuam ainda em operação na USAF, já que apenas os F-15C estão a ser substituídos por F-22 Raptor, por isso, e ainda que não existam planos imediatos, é de esperar que eventualmente todos sejam atualizados para um padrão semelhante ao do F-15K sulcoreano, especialmente porque a USAF espera manter estes aparelhos em funcionamento pelo menos até 2030.

Fontes:
http://www.flightglobal.com/articles/2008/04/25/223300/south-korea-buys-21-more-f-15ks-but-switches-engines.html
http://www.boeing.com/defense-space/military/f15/f-15k/index.html

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade