Posts Tagged With: Bulgária

Portugal pode vir a vender oito aviões F-16 à Bulgária

MiG 21 búlgaros (http://www.aereo.jor.br)

MiG 21 búlgaros (http://www.aereo.jor.br)

A Bulgária está à procura de adquirir oito ou nove aviões de combate para incorporarem a sua força aérea a partir de 2014. O negócio deve ficar em torno dos 309 milhões de euros.

Atualmente, decorrem consultas a vários países europeus que possuem aviões excedentários e que poderão vende-los à Bulgária: Holanda, Alemanha, Bélgica, Noruega, Itália e… Portugal que tem aviões F-16 do padrão MLU disponíveis para venda.

Razões de ordem financeira fazem com que a Bulgária não equacione a aquisição de aviões novos, como o Typhoon ou o Rafale.

Fonte:
http://www.spacemart.com/reports/Bulgaria_plans_to_acquire_new_fighter_jets_in_2014_999.html

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional | Etiquetas: | Deixe um comentário

Sobre a compra conjunta de aeronaves militares nos Balcãs e a proposta para uma “central de compras lusófona”

A Bulgária anunciou que iria promover junto dos países da região uma iniciativa para a aquisição conjunta para a compra de aviões de combate naquilo a que o primeiro-ministro búlgaro Boyko Borisov chamou de “Joint purchase of fighter aircraft” convidando a Croácia, a Roménia e a Turquia.

A escolha destes parceiros seguiu o critério de que todos eles (com excepção da Turquia) estão em processo de seleção e aquisição de novos aparelhos de combate para reequipar forças aéreas obsoletas da era soviética: MiG-29 ou – pior ainda – MiG-21. Estes países irão muito provavelmente optar pelo norte-americano F-16, pelo preço e pela influência política que os EUA detêm hoje na região.

Esta aquisição conjunta irá permitir reduzir de uma forma muito significativa os custos de aquisição e manutenção dos aparelhos, de treinamento de pilotos devido às economias de escala que vai permitir.

Este novo conceito pode ser facilmente replicado noutros locais recolhendo o mesmo tipo de vantagens. Por exemplo, havendo necessidades militares muito semelhantes entre os países da Lusofonia (por exemplo, novos APCs, novos patrulhas oceânicos ou até a atualização da frota de aviões de combate) faz todo o sentido em que concertem entre si, no quadro multilateral ou da CPLP e consigam assim dos fornecedores externos as condições mais vantajosas para os seus interesses. Esta “central de compras lusófona” poderia também dar prioridade a empresas do espaço lusófono e propiciar assim ao desenvolvimento económico e tecnológico dos países da lusofonia.

Fonte:
http://www.flightglobal.com/articles/2011/06/06/357601/bulgaria-proposes-four-nation-fighter-deal.html

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 46 comentários

Corvetas Gowind para a Bulgária. Ou não.

Corveta Gowind 200 (http://i110.photobucket.com)

Corveta Gowind 200 (http://i110.photobucket.com)

Em outubro de 2006, depois de um encontro entre Sarkozy e o primeiro ministro búlgaro, tudo parecia encaminhado para que a Bulgária comprasse 4 corvetas Gowind. A venda deveria ficar em perto de 900 milhões de euros, mas em meados de 2007, a Bulgária voltaria atrás, alegando não ter condições financeiras para honrar o contrato. E de facto, ainda antes do fim desse ano a Bulgária pagou 54 milhões de euros por duas fragatas e um draga-minas ex-belgas. Um excelente preço e talvez mais ajustado às necessidades búlgaras do que os 900 milhões de euros das Gowind…

As corvetas Gowind estão entre aquilo que de melhor se fabrica hoje em dia na sua classe. Foram concebidas para utilizar “Unmanned Surface Vehicles” (USVs) e “Underwater Unmanned Vehicles” (UUVs). Podem operar helicópteros ou UAV a partir de uma plataforma na retaguarda.

Tem 16 células de lançamento vertical que podem ser fornecidas com vários tipos de mísseis ar-ar como os Aster 15, Mica-VL, e Crotale-VT1. O navio pode também ser armado com 8 mísseis anti-navio MM40 Exocet ou Harpoon e ainda um canhão anti-naval.

As corvetas foram também desenhadas para um perfil stealth, com os sensores concentrados num único mastro. A propulsão das corvetas consiste num CODAC “Combined Diesel and Diesel”, mas sem chaminé e utilizando os gases de combustão para impulso em águas baixas e oferecendo uma baixa exposição a sensores de infravermelhos.

Existem três variantes das Gowind: a Gowind-200, a Gowind-120 e a Gowind-170. Os navios distinguem-se desde logo pelo tamanho e logo, pelo equipamento embarcado, sobretudo pela adição de armamento anti-submarino.

Fonte:
http://www.defenseindustrydaily.com/bulgaria-orders-4-gowind-200-frigates-from-dcns-03951/

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy