políticas de combate às alterações climáticas propostas pela OCDE:

políticas de combate às alterações climáticas propostas pela OCDE:
1. Promoção das energias renováveis
2. Eficiência energética
3. Mobilidade eléctrica
4. Definição dos preços do carro por taxas de carbono r sistemas de comércio de emissões
5. Investimento em infraestruturas de baixas emissões de carbono
Anúncios
Categories: Portugal | Deixe um comentário

todos os países membros da NATO assumem dois compromissos:

todos os países membros da NATO assumem dois compromissos:
1. Um ataque a um parceiro é um ataque a todos
2. Todos os países devem investir até 2% do PIB em Defesa
Todos esperam o 1 de todos (e, em particular, dos EUA: como se viu na ex-Jugoslávia e na Líbia) mas quase todos incumprem o 2 (especialmente a rica Alemanha)
Categories: Defesa Nacional, Uncategorized | Deixe um comentário

Qualquer (eventual) folga orçamental futura deve ser gasta:

Qualquer (eventual) folga orçamental futura deve ser gasta:
1. Em amortizações da dívida
2. Na redução da carga fiscal sobre as empresas que contratem sem precariedade
3. Na redução dos prazos (95 dias) que o Estado demora a fazer os seus pagamentos às empresas (pelo efeito cascata que isso provoca na economia e pelo bom exemplo de Lisboa onde os pagamentos se fazem, praticamente, a zero dias)
Categories: Economia, Partido Socialista, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

devia existir um tecto fiscal máximo.

 

devia existir um tecto fiscal máximo.
Taxas e impostos diversos levam a que exista nas faturas taxas médias de 60% de impostos!
O Estado é assim mais culpado pelos preços da energia do que os lobbies (que existem) da Energia.
É preciso reduzir o peso da despesa no Estado para começar, também, a aliviar este tapete fiscal.

Categories: Portugal, Uncategorized | Deixe um comentário

“é preferível nunca ter vivido, que existir e morrer sem deixar uma marca”

“é preferível nunca ter vivido, que existir e morrer sem deixar uma marca”
Napoleão
Categories: citações | Deixe um comentário

se o Estado Providência de Bismarck é o pai da Social Democracia

se o Estado Providência de Bismarck é o pai da Social Democracia e se este é uma reposta à radicalização da esquerda no Congresso de Gotha em 1875 pela retirada de espaço de manobra (Bismarck entregava hoje o que os marxistas prometia para um futuro incerto) então o regresso das dificuldades materiais e do desemprego crónico tornará a abrir espaço (como se vê) para a extremização do espectro político e para o ensinamento das opções centristas.

Categories: Política Internacional, Uncategorized | Deixe um comentário

O modelo actual em que alguns países (China e Alemanha, p.ex.) vivem de grandes excedentes comerciais e à custa do alto nível de endividamento externo de todos os outros não é a prazo sustentável e vai acabar por ditar o fim do actual modelo de globalização.

O modelo actual em que alguns países (China e Alemanha, p.ex.) vivem de grandes excedentes comerciais e à custa do alto nível de endividamento externo de todos os outros não é a prazo sustentável e vai acabar por ditar o fim do actual modelo de globalização.

Categories: Economia | Deixe um comentário

“nós devemos ser dos países que mais impostos paga no mundo”

“nós devemos ser dos países que mais impostos paga no mundo. Entre impostos e segurança social, chega-se facilmente a uma fatia de 75% do rendimento. É brutal. Nem o Príncipe João do Robin dos Bosques ia tão longe”
Álvaro Covões, entrevista à Visão

Categories: Portugal, Uncategorized | Deixe um comentário

o crescimento do PIB está demasiado dependente do turismo e da conjuntura internacional

o crescimento do PIB está demasiado dependente do turismo e da conjuntura internacional para embandeirarmos em arco
e começar a aumentar salários no Estado e Empresas Públicas
use-se qualquer folga naquilo que é duradouro
a redução da carga fiscal sobre TODOS
não apenas no aumento de rendimentos de ALGUNS
Categories: Economia | Deixe um comentário

sabemos que o “rendimento básico universal” é incontornável

sabemos que o “rendimento básico universal” é incontornável enquanto resposta possível ao desemprego sénior de longa duração, à globalização e à automação quando encontramos uma das putativas alternativas a Passos Coelho no PSD vir a público defender essa forma alternativa de distribuição de rendimentos.
(e não percebo porque não está o PS – que implementou o Rendimento Mínimo em Portugal – na vanguarda deste debate)

Categories: Política Nacional | Deixe um comentário

Soube, finalmente, a explicação para esta anomalia de ver milhares de lojas de cidadãos do pobríssimo Bangladesh pagando rendas que muitos portugueses não conseguem pagar

Soube, finalmente, a explicação para esta anomalia de ver milhares de lojas de cidadãos do pobríssimo Bangladesh pagando rendas que muitos portugueses não conseguem pagar (e inflaccionando assim, por redução da oferta, os preços).
Não são negócios comerciais nem precisam de ter lucro (e assim, por concorrência desleal destroem as lojas de bairro)
Estas lojas são apenas fachadas e portas rotativas para a imigração para os países da UE: de fixos tem apenas os proprietários que pertencem a redes internacionais de tráfico de pessoas e como “empregados” têm apenas imigrantes que ficam em Portugal apenas o tempo indispensável para obter o visto de residência e poderem seguir para outro país europeu (pagando à rede uma pesada comissão durante esse período de tempo: ou seja trabalham de graça)
Categories: Portugal, Uncategorized | Deixe um comentário

#SabiaQue

#SabiaQue, embora Portugal seja dos poucos países do mundo em que há limitação de mandatos em alguns Estados da Alemanha se o candidato ultrapassar o limite de idade da reforma deixa de se poder recandidatar?…

Categories: Política Nacional, Portugal, Uncategorized | Deixe um comentário

Em Portugal prevalece – e o sindicato dos juízes concorda – o princípio do auto-governo da Justiça.

Em Portugal prevalece – e o sindicato dos juízes concorda – o princípio do auto-governo da Justiça.
Mas prevalece mal…
os juízes não estão acima da democracia e do sufrágio popular: o poder judicial é um dos três pilares dão Estado de Direito e, logo, da Democracia
ou não devia haver auto-governo na Justiça.
Mas sim: eleições para juízes

Categories: Justiça | Deixe um comentário

#SabiaQue

#SabiaQue na sua última batalha aérea o aviador Óscar Monteiro Torres abateu um Halberstadt, dois caças Fokker acabando por sendo abatido e morto por um quarto aparelho alemão?
O aviador tinha recusado a ordem de Sidónio País para regressar a Portugal.
Categories: História, Uncategorized | Deixe um comentário

#SabiaQue

#SabiaQue a primeira morte em combate de um aviador português ocorreu em 1917 num Farman 40 (Antônio Joaquim Caseiro) quando o seu aparelho foi abatido por fogo de armas ligeiras dos rebeldes de Sidonio País e quando… Sobrevoar o Parque Eduardo VII?…

Categories: História | Deixe um comentário

“Kamov: alguns andavam a voar sem condições de segurança”

“Kamov: alguns andavam a voar sem condições de segurança: só fico espantado como é que ninguém foi responsabilizado criminalmente. Estamos a falar de helicópteros que não servem só para apagar fogos, durante o inverno transportam doentes.
Ricardo Dias. Presidente da Everjets em entrevista sobre o combate a incêndios em Portugal

Categories: Portugal | Deixe um comentário

“a Comissão Europeia não tem capacidade para enfrentar a França ou a Alemanha”

“a Comissão Europeia não tem capacidade para enfrentar a França ou a Alemanha. As diferenças de tratamento na Europa não são entre Norte e o Sul, mas sim entre os países grandes e os pequenos. O excedente externo alemão ultrapassa tudo, mas Bruxelas não consegue impor limites. Nem sequer tenta. Não se atreve”
Pedro Braz Teixeira, economista

Categories: Política Internacional, Uncategorized | Deixe um comentário

quando Assunção Cristas diz que houve apenas 0.4% de despejos por causa da sua lei esquece dois fenómenos:

quando Assunção Cristas diz que houve apenas 0.4% de despejos por causa da sua lei esquece dois fenómenos:
1. A expulsão de muitos idosos, nos bairros históricos de Lisboa e Porto por causa de obras (com pequenas indemnizações)
2. Que por causa da “sua” lei os contratos de arrendamento não têm agora limite mínimo e que muitos senhorios agora, ao fim de um ano e embora tivessem o compromisso oral de o renovar estão a apresentar aos inquilinos aumentos de renda de cem e mais por cento para que saiam de casa e estas sejam convertidas a #AlojamentoLocal

Categories: Portugal | Deixe um comentário

A saída do Reino Unido tem um impacto profundo na capacidade estratégica global de intervenção da União Europeia

 

A saída do Reino Unido tem um impacto profundo na capacidade estratégica global de intervenção da União Europeia porque representa a saída de uma das duas potências com meios e capacidades (limitadas mas reais) de realizarem rapidamente uma operação militar num qualquer cenário internacional de crise.
A saída do Reino Unido e a atitude de rejeição da NATO de Trump torna urgente a criação de umas “forças armadas estratégicas europeias”.
Estas forças comuns podem reunir meios dispersos com capacidade estratégica de projeção de força (navios de guerra oceanicos, aviões de guerra e de transporte e forças espeviais) e, mais tarde e a partir de um orçamento comum (da UE) outros meios construídos e desenvolvidos na Europa e partilhado entre todos os países aderentes.
Desta forma suave e gradual poderia ser criado esse “exército comum europeu”.

 

Categories: Defesa Nacional, Uncategorized | Deixe um comentário

Rui Rio vai jogar depois das autárquicas a sua última cartada.

Rui Rio vai jogar depois das autárquicas a sua última cartada. Depois de tantos falsos arranque ou vai desta ou perde o capital bastiânico e entrega esse capital a Pedro Duarte (que tem excelentes relações com Marcelo ao contrário de Passos, a Rangel (que não avançara contra Rio).
Rio não tem o factor Marcelo a seu favor mas tem o factor Costa…
Graças às excelentes relações pessoais entre ambos num ano em que o PS vai ser forçado a esticar a máquina da Geringonça (défice a 1%) Rio tem a vantagem de lhe ser mais fácil que a qualquer um dos outros dois de fazer uma aliança com o PS (e de ser mais centrista que Passos)

Categories: Política Nacional | Deixe um comentário

Em 2013 o “enorme aumento”de impostos do governo PSD/CDS fez aumentar a receita fiscal em mais 3226 milhões de euros.

 

Em 2013 o “enorme aumento”de impostos do governo PSD/CDS fez aumentar a receita fiscal em mais 3226 milhões de euros. O actual governo diminuiu um pouco esse tapete ao acabar (não totalmente) com a sobretaxa e agora vai cortar mais 200 milhões nos escalões mais baixos do IR.
É pouco, poucochinho, numa economia esmagada por impostos.
Mas é um começo razoável.
Irrazoável é o pedido comunista em cortes no IRS superiores a 2000 milhões de euros…

Categories: Portugal | Deixe um comentário

há três formas de recredibilizar o projeto europeu

há três formas de recredibilizar o projeto europeu
1: criar um pilar social europeu comum (uma “segurança social” e uma “educação pública” financiada pelo orçamento comunitário)
2: harmonizar a fiscalidade (acabando com a actual competição fiscal entre Estados-membro)
3: simplificação legislativa (por forma a terminar com o labirinto de regulamentos e leis nacionais)

Categories: Europa e União Europeia | Deixe um comentário

Não há Soberania com Dívida Externa e sem a consequente submissão aos interesses – legítimos! – dos Credores.

Não há Soberania com Dívida Externa e sem a consequente submissão aos interesses – legítimos! – dos Credores.
Logo: para recuperar a Soberania há que resolver o problema da Dívida quer através de pagamentos antecipados, haircuts negociados e reduções da despesa pública (que libertem recursos para o investimento público – mínimo – e, sobretudo, para a manutenção de serviços públicos)

Categories: Economia | Deixe um comentário

não se pode dizer que quando #Trump proclama que a Europa não paga o que deve à NATO não tenha razão.

não se pode dizer que quando #Trump proclama que a Europa não paga o que deve à NATO não tenha razão.
Tem. E é incompreensível que países ricos e com grandes superávites comerciais e orçamentais não dêem o seu contributo para a defesa comum do continente.
Nem que os países bálticos prefiram não ter exércitos capazes e dependerem quase totalmente dos aliados (como Portugal que gastou aqui cem milhões de euros num destacamento de F-16).
Se a Europa precisa (e precisa) de sair debaixo do para-chuva americano precisa de tornar a investir na sua defesa e de expandir as estruturas comuns de defesa até à forma de um exército, marinha e força aérea comuns, sem prescindir dos exércitos nacionais mas complementando-os especialmente nos programas de armamento mais dispendiosos.
Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Uncategorized | Deixe um comentário

“P: tivemos três Kamov nestes incêndios [Pedrógão Grande] . Mas a Everjets assinou um contrato para operar 5.”

“P: tivemos três Kamov nestes incêndios [Pedrógão Grande] . Mas a Everjets assinou um contrato para operar 5.
R: Para operar 6, mas um já se sabia que poderia ser dado como perdido, tinha caído em 2012. Neste momento, operam os únicos que ficaram disponíveis porque a Everjets os herdou em condições deploráveis do anterior operador de manutenção, a Heliportugal. E podiam fazer toda a diferença ao País. Fomos para tribunal arbitral para sermos ressarcidos de prejuízos precisamente pelo facto de assinamos uma coisa e termos outra”
Ricardo Dias. Presidente da Everjets em entrevista sobre o combate a incêndios em Portugal

Categories: Portugal | Deixe um comentário

não sou perito.

não sou perito.
Mas não é preciso ser perito para saber que 98% da floresta portuguesa está na mão de privados
e que estes
ou são absentistas
ou idosos
que não têm meios para uma limpeza regular das matas
urge então dar a está missão a meios públicos (de alguma forma)

Categories: Política Nacional | Deixe um comentário

Sabia Que…

#SabiaQue a taxa sobre as bebidas açucaradas reduziu significativamente este consumo? Isto é um sinal de que se avançou bem e na direção certa mas que é preciso compensar os custos que a epidemia do açúcar cria no SNS com um reforço desta taxa.
#SabiaQue um terço dos portugueses (mais de 30%) são obesos com todos os custos em qualidade de vida e no Sistema Nacional de Saúde que isso implica?
Urge criar uma taxa sobre todo o tipo de alimentos que estão na base deste problema e compensar assim o SNS destes custos assim como dissuadir o tipo de alimentação que leva a esta verdadeira epidemia.
Categories: Portugal | Deixe um comentário

“está toda a gente em Londres a disputar a Inglaterra por causa do Brexit”

“está toda a gente em Londres a disputar a Inglaterra por causa do Brexit. As empresas vão sair e estão lá os alemães, os franceses, os ricos a atrai-los.”
André Jordan, entrevista ao Sol

Categories: Política Internacional, Uncategorized | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade