Referendo da IVG

Hoax: Os “OVNI” do Haiti e da República Dominicana expostos…

Percorrem o Yout Tube algumas das mais espantosas imagens de discos voadores jamais vistas… Em particular, algumas delas foram aqui mencionadas pela primeira vez pelo Golani, revelando um cepticismo que se sabe hoje… era completamente fundamentado.

As sequências de video, de uma qualidade gráfica nunca antes vista em filmes idênticos (e por isso mesmo altamente suspeitas) teriam sido captadas supostamente no Haiti e na República Dominicana por um turista aí passando as suas férias. Desde logo, a primeira localização expunha outra inconsistência … Quantos turistas estarão hoje a passar férias na turbulenta República do Haiti, a qual se mantêm com uma aparência de mínima normalidade graças à presença de uma força militar brasileira de mais de mil homens?

Os videos em questão foram concebidos de forma a aparentarem ser videos caseiros, recolhidos numa normal câmara de video, nas mãos de um turista, tão improvável como anónimo. Os videos foram colocados no You Tube a partir de duas contas distintas (Barzolf814 e Ladavel1969) e revelam a evolução aérea de engenhos aparentemente alienígenas com um enorme detalhe, mas passando sobre folhas de árvore, com exclamações de alguém espantado pela aparição e até cães latindo… A imagem é instável, como deveria ser tivesse sido captada por uma pequena câmara portátil…

Outra séria inconsistência nestes videos, é o facto de tão espantosas capturas de imagem não terem sido acompanhadas por notícias sobre os ditos avistamentos… Nem um artigo, nem uma peça televisiva, nada. Quem os captou, não os apresentou a nenhum canal de televisão, não procurou comercializar tão espantosas imagens, nada. Limitou-se a colocá-las no You Tube… Suspeito…

As próprias imagens – ainda que geralmente bem concebidas e muito realistas – não são livres de erros… As árvores são demasiado parecidas, e de facto, parecem simples copy-paste feito a partir de uma imagem original… Alguns dos comentadores das imagens, pararam o primeiro filme frame a frame e descobriam que duas das árvores eram completamente idênticas, até nos menores detalhes…

Por fim, o jornal “Los Angeles Times” esclareceu completamente a questão… Pela forma mais simples, como sempre deve ser feito… Contactando todos aqueles que tinham colocado e comentados os videos no You Tube… Depois de muita volta e falsas partidas o jornalista David Sarno conseguiu contactar o autor original dos filmes, um tal de “Barzolf814” um animador profissional francês, anónimo, de 25 anos. O artista teria consumido 17 horas de trabalho a conceber os dois videos usando um MacBook Pro e várias ferramentas de animação 3-D, como o Vue 6. Os dois filmes teriam sido realizados como pesquisa para um projecto de uma empresa cinematográfica francesa, a Partizan… Como aliás, se pode ver na homepage da empresa! (ver AQUI). O filme, uma comédia estaria ainda em pós-produção e aborda uma das maiores falsificações sobre OVNIs da História dos EUA… Aliás, a Partizan já não resguarda o nome do realizador… Admite agora tratar-se de David Nicolas (ver AQUI) e que as imagens seriam parte desse filme.

Barzolff AKA David Nicolas admite ter colocado os videos no You Tube para testar e como uma “experiência sociológica”, mas que de facto a nós nos parece ter sido um mero exercício da nova disciplina de “Marketing Viral” que agora está a tornar-se uma espécie de uma moda (ver o artigo do Quintus sobre a “Subservient Chicken” (ver AQUI)

Fonte: LA Times

Anúncios
Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça, OVNIs, Referendo da IVG | 12 comentários

Foi esclarecido o mistério das luzes lunares? (TLP)

(Fotografia rara de um TLP tirada em 1953 in http://www.space.com)

Um dos mais intrigantes mistérios da astronomia têm sido aqueles fenómenos que são observados por vezes na Lua e que são conhecidos pela designação inglesa de TLP Transient Lunar Phenomena”). Observados desde pelo menos o século XVIII, consistem em clarões súbitos de luz na superfície lunar. Durante séculos, os astrónomos procuraram explicações prosaicas, como turbulência na atmosfera terrestre, ilusões de óptica e até causas psicológicas. Até agora… Um estudo da Columbia University dirigido pelo astrónomo Arin Crotts identificou uma correlação entre estes avistamentos e os locais
onde a Apollo 15 e a sonda Lunar Prospector identificaram gases sendo libertados da superfície lunar… Sobretudo na cratera Aristarco (50% dos avistamentos) , Platão (15%) e em algumas outras…

Os investigadores acreditam que o fenómeno das luzes lunares são uma expressão da libertação de radão e argon do interior da Lua e produzidos pelo decaímento radioactivo do Urânio 238 e do Potássio 40 da crosta lunar. Tremores de terra lunares e uma provável actividade vulcânica de algum tipo podem então explicar este fenómeno… Algo que a sonda japonesa Selene, a lançar em 2008 poderá esclarecer. De qualquer modo, a minha tese favorita, de que estaríamos perante a actividade de… bases espaciais alienígenas na Lua sofre um certo revez… Embora no lado oculto da Lua… Quem sabe? (ver AQUI)

Fonte: Space.com

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza
(Galiza) ou ainda em
Linkk (Brasil)

Categories: Ciência e Tecnologia, Defesa Nacional, OVNIs, Referendo da IVG, SpaceNewsPt | 6 comentários

Hoax: O “meteorito” com caracteres encontrado perto de Tunguska

Segundo ESTA notícia do Pravda.ru, em Krasnoyarsk, na Sibéria (Federação Russa) teria sido encontrado um meteorito com… “caracteres antigos e incompreensíveis”… Tratar-se de uma rocha de quartzo designada como “Tungus” e segundo os “investigadores” que o teriam analisado, estes caracteres teriam sido gravados na superfície do meteorito com o recurso a reacções químicas.

O meteorito teria sido encontrado nos arredores do rio Podkamennaya, na Sibéria em 2006 tendo sido estudado durante meio ano em Krasnoyarsk e Moscovo por um tal de “Fundo do Fenómeno Cósmico de Tunguska“, revelando este, segundo o seu presidente Yuri Lavbin que o quartzo do meteorito teria uma “concentração de substâncias cósmicas que não existe em lado nenhum no planeta Terra“, mas sem conceder mais detalhes…

O artigo do Pravda.ru acrescenta a lacónica frase de que “os cientistas dos EUA, da Grã-Bretanha, da França, da Alemanha já interessaram pelo meteorito” e que teriam pedido a entrega do meteorito para a poderem investigar eles próprios, um pedido negado por Yuri Lavbin.

Bem… O primeiro aspecto suspeito desta história vem do facto dela surgir no Pravda.ru, fonte segura (in-segura, de facto) de muita patacoada e de notícias e hoaxes de pés de barro… Em segundo lugar, o facto do “Tungus” (nome criterioso…) estar a ser estudado precisamente por um “Fundo do Fenómeno Cósmico de Tunguska”, levanta logo a questão de colocar em dúvida se qualquer investigação conduzida por este não está ferida de parcialidade… Em terceiro lugar, um dos princípios da Ciência honesta é ceder os resultados das nossas experiências e os objectos das mesmas à comunidade para que esta possa confirmar ela própria as nossas conclusões… Esta “possessividade” expressa pelo fundo lança muitas suspeitas sobre a credibilidade destes resultados e sobre a boa fé destes “investigadores”, admitamos…

Por outro lado… Por ESTA notícia – publicada em 31 de Julho de 2004 – sabemos que este Yuri Labvin teria “supervisionado” uma expedição à região de Tunguska em busca de provas sobre a… origem alienígena do meteorito de Tunguska. O objectivo confesso desta expedição “científica” era de recolher provas de que os acontecimento de 30 de Junho de 1908, quando um grande meteorito ou cometa (na versão oficial) caiu sobre a tundra e destruiu perto de 80 milhões de árvores numa explosão estimada em 20 megatoneladas de TNT (mil vezes mais forte que a boma de Hiroshima)… A explosão foi tão violenta que ainda hoje, cem anos volvidos, a devastação local ainda pode ser vista hoje (clicar AQUI, para ver a fotografia de satélite do Google Maps). O objectido específico da expedição era o de recolher provas de que aquilo que atingira Tunguska em 1908 fora uma nave espacial e não um meteorito de qualquer tipo, admitia Labvin, que já então aparecia como estando a organizar um “fundo público destinado a estudar o fenómeno cósmico de Tunguska”.

A expedição de 2004 era composta por 14 elementos liderados por Labvin e transportaria vários detectores de metal e outros equipamentos não especificados, mas designados como “inovadores” para procurar vestígios do OVNI de Tunguska numa região a cerca de 500 Km onde se supõe que teria caído o meteorito. Segundo o então “supervisor” da expedição, esta região estaria recheada de vestígios metálicos, restos do dito OVNI.


(http://www.viafanzine.jor.br)
Mas a desinformação sobre esta “notícia” é intensa… Noutras fontes aparece a referência a uma tal “Fundação Estatal Siberiana Fenómeno Espacial de Tunguska” como sendo a organização que patrocinou esta expedição… Ora esta “Fundação Estatal” não é nem, Fundação, nem Estatal… Será no máximo “Siberiana” já que se fala de facto do supracitado “Fundo do Fenómeno Cósmico de Tunguska”, o que pode explicar a transformação “Fundo” -> “Fundação”…

A expedição de Labvin entretanto afirmou ter encontrado várias crateras de impacto de até 500 metros de profundidade:


(http://www.viafanzine.jor.br)

A expedição afirmou também ter descoberto junto a estas crateras uma das ditas “pedras-rena” (ver AQUI) que se diz que teriam sido encontradas nos arredores da cratera de impacto, mas sobre as quais não encontrei nenhuma referência bibliográfica ou na Internet… Será que se referem ao “meteorito de quartzo” que teria as inscrições? Mas se sim, como parece já que é a única pedra reportadamente colhida no local, porque não foi logo referida a evidência desta ter inscrições? E 50 quilogramas para um meteorito é um peso extraordinário… E porque não fala agora Labvin das “duas barras de metal desconhecido” que apresentou em 1998 em Krasnoyarsk que teria encontrado noutra expedição a um certo povoado de Vanavara (em 1908 um posto comercial onde foi avistado o impacto), a 65 Km do ponto de impacto?

Ou seja…. De novo, estamos muito provavelmente perante um embuste encenado para recolher fundos financeiros e cativar a fama e a atenção dos Media…

Se gostou deste artigo, adicione-o nas redes de notícias colaborativas:
DoMelhor.net (Portugal) DoMelhor
(Portugal) ou
Chuza.org (Galiza) Chuza
(Galiza) ou ainda em
Adicionar esta not�cia no Linkk Linkk (Brasil)

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça, Mitos e Mistérios, OVNIs, Referendo da IVG | 6 comentários

Bill Clinton e o Fenómeno OVNI


Area 51 (http://www.rickrichards.com)

Segundo o livro de memórias de Webster Hubbell (“Friends in High Places“), antigo Procurador Geral do Departamento de Justiça dos EUA, em 1991, o então Presidente Bill Clinton teria chamado Webster e dito: “Webb… Se eu te colocar à frente da Justiça, eu quero que me encontres duas respostas. Uma, quem matou JFK? E dois, existem OVNIs?” E, afirma Webster, “Ele estava mortalmente sério. Eu já me tinha debruçado sobre ambas as questões e não estavam satisfeito com o que tinha encontrado até então.”

O certo é que Clinton foi o presidente americano que mais expôs os arquivos secretos americanos ao escrutínio da população e dos investigadores, mas as duas questões ficaram até hoje por resolver… De Kennedy já muito se escreveu, mas a identidade daqueles que estiveram de facto por detrás da sua morte continua por esclarecer de uma forma absolutamente categórica, quando à existência ou não de OVNIs… Também ela se mantêm fora do alcance público. O que é contudo mais interessante nesta passagem da biografia de Webster Hubbell, não é tanto esta confissão, mas o detalhe de que o próprio Presidente dos Estados Unidos não tem acesso directo aos dados compilados desde os finais da Segunda Grande Guerra sobre o fenómeno OVNI… Que existem forças dentro do Establishment dos Serviços de Informações dos EUA que funcionam em roda livre, estudando este Fenómeno e conservando para si as informações recolhida ao fim de décadas de trabalhos e de… Encontros Imediatos… Com que fim? No cumprimento de que agenda?

E… Será que Clinton sabia exactamente o que se fazia na Base Ultra Secreta conhecida sob o nome de “Area 51” durante a sua presidência?

Categories: Mitos e Mistérios, OVNIs, Referendo da IVG | 13 comentários

Hoax? “Aleshenka” ou “Anão de Kyshtym” O “Extra-terrestre dos Urais”

Investigadores russos conduziram uma bateria de testes ao chamado a líquidos extraídos do “Alien Uraliano”, uma criatura encontrada nos arredores da cidade russa de Kyshtym, nos Montes Urais. Os estudos de DNA agora realizados no Instituto de Medicina Legal de Moscovo revelaram que “Um gene descoberto nas amostras de DNA não corresponde com nenhum gene pertencente aos humanos ou a macacos antropóides”, declarou Vadim Chernobrov, coordenador da investigação conduzida pelo “public research center Kosmopoisk“, acrescentando ainda que “Nenhuma amostra de genes disponível no laboratório corresponde ao gene encontrado. Os peritos em pesquisa de DNA não encontraram nenhuma outra criatura com uma molécula de DNA tão longa”.

Mas quando foi descoberta, a criatura levantou algumas dúvidas nos mais cépticos… O primeiro médico a examinar a criatura, o Dr. Igor Uskpv, um urologista do hospital local, estudando o corpo juntamente com Irina Ermolayea, a ginecologista de serviço no hospital, concluiram estar perante um feto não completamente desenvolvido com cerca de 20 semanas e resultado directo de um aborto clandestino. Mas algum tempo depois o corpo foi levado pela polícia local até ao gabinete do Dr. Stanislav Smoshkin, o chefe do departamento de anatomia, que realizou uma autópsia sobre o corpo excluindo a hipótese de se tratar de um feto abortado e conclui que a criatura não era humana e que não correspondia a nenhum tipo de animal conhecido: “A criatura não era de forma alguma humana. O crâneo humano consiste em 6 ossos. O crâneo da criatura tinha apenas 4 ossos. Existiam outras diferenças no esqueleto. Estas anomalias não se assemelhavam a nenhuma má formação que eu tivesse visto até então.”

Descoberta em 1996 por uma mulher que recolhia lenha numa floresta ainda estaria viva, mas morreria pouco depois de emcontrada, sendo então levada até à polícia local. O estranho ser entretanto desapareceu quando um investigador o entregou “para estudo” a um grupo mafioso de ligações desconhecidas, mas que alguns conjecturam estar ligado ao FSB (ex-KGB) russo…

A notícia criou em mim alguma perplexidade… Desde logo, porque a fonte principal era o Pravda.ru, uma das fontes noticiosas russas menos credíveis e mais sensacionalistas da actualidade e ponto focal de muitos hoaxes que percorrem a Internet…


Vadim Chernobrov e a sua “Máquina do Tempo in (http://torsionfraud.narod.ru)

O coordenador da investigação de DNA, Vadim Chernobrov (o nome correcto, como se pode ver AQUI sendo Chernokov um erro do Pradva.ru) faria supostamente parte do “Centro Público de Pesquisa Kosmopoisk“, mas este de facto não é uma instituição estatal “pública” e sim uma associação de ovnilogistas russa com site oficial por AQUI e com o prestígio muito amachucado depois DESTA fraude com uma suposta “Máquina do Tempo”…

Na verdade, o meu cepticismo sobre este “alien” é muito grande… Desde logo, porque é que se a criatura foi encontrada em 1996 só agora é que se fizeram testes de DNA aquela que seria provavelmente a descoberta do milénio? Esse não deveria ter sido o primeiro passo? E depois… O infiável Pravda.ru parece ser a fonte principal da notícia, assim como o nebuloso “Dr.”

 

Fontes:

Pravda

HiddenMysteries

http://pnews.org/news/index.php/KyshtymDwarf

E obrigado ao Sá Morais, por me ter despertado para este caso!

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Justiça, Mitos e Mistérios, OVNIs, Referendo da IVG | 9 comentários

Das missões russas e chinesas a Phobos e das “anomalias” deste satélite de Marte

Segundo um acordo assinado recentemente em Moscovo, a Rússia vai lançar um minisatélite juntamente na sua missão “Phobos Explorer” em Outubro de 2009.
Este minisatélite chinês irá acoplado à sonda russa e será largada 11 meses depois da entrada em órbita marciana da “Phobos Explorer” de formar a sondar por sua conta o Planeta Vermelho. Enquanto o minisatélite chinês cumpre o seu trabalho, o “Phobos Explorer” (desenvolvido com a parceria do Instituto Politécnico de Hong Kong) aterra no satélite natural Phobos e regressa à Terra com amostras do seu solo.

A presença deste satélite chinês pode ser vital para o financiamento deste ambicioso programa russo e permitir assim a recuperação de solo de um satélite marciano, neste caso, do misterioso Phobos… Que alguns já sugeriram ser… artificial… As estruturas da sua superfície (capturadas nesta fotografia pela Mars Global Surveyor poderiam reflectir uma estrutura de construção. As perdas das sondas russas Phobos 1 e 2 que deveriam analisar o satélite com um espectroscópio laser e uma aterragem poderiam ter sido vítimas de um mecanismo de defesa… E de facto, as últimas imagens capturadas pela Phobos 2 mostram um… OVNI…

E este mistério poderia explicar esta estranha insistência russa num pequeno satélite de Marte, quando uma missão ao próprio Marte poderia ter muito mais impacto mediático e científico…

A Phobos 2 perdeu-se em 27 de Março de 1989 quando estava a cerca de 50 metros do solo do satélite e estava prestes a lançar os seus dois landers e segundo um artigo da “Nature” de 19 de Outubro de 1989, estaria a girar em círculos devido a um erro de computador (a tese oficial) ou a um impacto com um “objecto desconhecido”.

Alguns investigadores do fénomeno OVNI chamam a atenção para o facto de que Phobos expõem sempre a mesma face para Marte, o que o torna uma excelente plataforma de observação do Planeta Vermelho. Destacam também a uma imensa cratera, muito funda, que poderia ser o ponto de entrada para uma… Base subterrânea. A partir desta cratera saiem uma série de sulcos. Estas anomalias levam alguns a acreditar que Phobos é um asteróide que foi minado e colocado numa órbita “artificial” em torno de Marte por alguma antiga civilização, marciana ou alienígena. Um destes investigadores, Efrain Palermo trabalhou sobretudo numa anomalia de Phobos conhecida como “Monolito de Phobos”, uma estrutura geométrica no solo de Phobos que parece ser de forma piramidal e que poderia ser uma pista adicional para a artificialidade de Phobos.




Fontes:

http://physorg.com/news94297843.html

http://www.ufoindia.org/news_phobos_artificialstructures.htm

http://www.ufologie.net/htm/phobpers.htm

http://www.marsnews.com/news/20020920-phobos2images.html

http://palermoproject.com/Mars_Anomalies/PhobosAnomalies3.html

 

Conhecia a questão da “Anomalia” de Phobos?

1) Sim
2) Não

View Results

Make your own poll

Categories: OVNIs, Referendo da IVG, SpaceNewsPt | 3 comentários

Filme compósito com algumas das melhores imagens de OVNIs jamais captadas

 

Eis um filme que reúne algumas das mais intrigantes e recentes capturas de imagens e video de OVNIs em pleno vôo… Algumas destas imagens já conhecia (como as dos discos dos Shuttles), outras… Nem tanto!

Categories: OVNIs, Referendo da IVG | 20 comentários

Venceu o “Sim”

E perderam:

os padres Excomungadores,

os Tartufos hipócritas,

a Beatada frígida,

os Marcelos tudo-sabedores,

os Cavacos silenciosos,

os Papas ex-Nazis

e toda a restante cáfila.

 

Ganhou a figura mais democrática do nosso sistema eleitoral: o Referendo e as mulheres que a partir de agora não poderão mais ser humilhadas pelos Tribunais nem armazenadas em Cadeias de Delito Comum.

Ganharam também todos os que não se deixaram aclimatar à torpe inércia dos seus tépidos sofás, levantaram o rabo e foram defender aquilo em que acreditam.

Categories: A Escrita Cónia, Livros, Referendo da IVG, Sociedade Portuguesa | 10 comentários

O Referendo da IVG: O Argumento do “Menor Sofrimento”

“Poder-se-ia pensar que o movimento teria indirectamente significado moral, na medida em que trataria da indicação de alguma forma de consciência – e, como já vimos, a consciência e a capacidade de sentir prazer ou sofrimento têm um significado moral real.”

(…)

“Com base em estudos que demonstram que o movimento tem lugar tão cedo quanto seis semanas após a fertilização, associados a outros estudos que deram conta de alguma actividade cerebral na sétima semana, aventou-se que o feto poderia ser capaz de sentir dor nessa fase inicial da gravidez.”

página 162

Ética Prática, Peter Singer, Gradiva, Lisboa, 2002.

Não é o facto de embrião apresentar a capacidade de se mover que determina a sua capacidade para Sofrer, Sentir prazer ou estar “animado” por uma Alma ou ter Consciência de Si. A actividade cerebral na sétima semana, já merece outra atenção… Parece ser ainda demasiado fraca e dispersa para poder representar algum dos três factores de fronteira que definimos inicialmente como pontos essenciais na defesa pelo “Sim” neste Referendo:

1. O embrião sente Dor?

2. O embrião sente Prazer?

3. O embrião tem Consciência de Si?

Mas estes três, são sobrepostos por aquele que é o verdadeiro argumento fundamental: o Sofrimento…

Todos concordarão quando se diz que uma criança que não é desejada tem mais probabilidades de ser alguém Infeliz ao longo da sua infância, junto dos progenitores que não desejaram ou que o abandonaram e que existe uma tendência esmagadora para constituir um adulto infeliz e, consequente, um pai/mãe que provoca por sua vez a infelicidade e o sofrimento nos seus filhos. Assim, ainda que o embrião possa a partir das 7 semanas sentir alguma dor (Sofrimento) este será certamente inferior à carga de Infelicidade que terá que transportar durante toda a sua vida por não ter sido querido, nem desejado…

Se existe uma balança com dois pratos, e se num destes, o peso do Sofrimento é menor, não devemos então escolher este e…

Votar “Sim”?

Qual será o seu sentido de voto a 11 de Fevereiro?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: A Escrita Cónia, Livros, Referendo da IVG, Sociedade Portuguesa | 4 comentários

O Referendo da IVG: 2º Argumento (a “Alma” e os Movimentos do Feto)

“Se não é nascimento nem a viabilidade que marcam uma distinção moral significativa, há ainda menos a dizer a favor de um terceiro candidato [aos argumentos em defesa ao “Não” à IVG]: os primeiros movimentos do feto. Na tradição da teologia católica, pensava-se que este era o momento em que o feto ganhava a alma. Se aceitássemos esta perspectiva, poderíamos pensar que os primeiros movimentos são importantes porque a alma é, na acepção cristã, aquilo que distingue os seres humanos dos restantes animais. Mas a ideia de que a alma entra no feto quando ele se começa a mexer constitui uma superstição ultrapassada, rejeitada mesmo pelos teólogos católicos. (…) Não encaramos a falta dessa capacidade como algo que negue a pretensão das pessoas paraplégicas de continuarem a viver.”

página 162-163

Ética Prática, Peter Singer, Gradiva, Lisboa, 2002.

Esta é a filosofia subjacente ao cartaz da Campanha pelo “Não”: “Abortar sabendo que já bate um coração?”. Na verdade, o movimento do embrião e – neste particular – o movimento do coração nada tem a ver com aquilo que transformaria o embrião num bebé ou ser humano. O coração não é já a “sede da Alma” ou da Consciência, como se acreditava na Idade Média… É certo que certa padraria excomungadora e laurindiana ainda crê que a Alma está alojada no coração… Mas o órgão onde reside a Consciência de Si (o “homúnculo de António Damásio) e onde são processados os sinais de Dor, Sofrimento e Prazer ainda não está suficiente desenvolvido às 10 semanas para poder produzir nenhum destes tipos de sentimentos e muito menos é já capaz de fornecer ao embrião uma consciência, condição essencial para alguém poder ser incluído na designação de… Ser Humano.

Qual será o seu sentido de voto a 11 de Fevereiro?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: A Escrita Cónia, Livros, Referendo da IVG, Sociedade Portuguesa | 1 Comentário

O Referendo da IVG: 1º Argumento (a fertilização In Vitro)

“Em 1978, o nascimento de Louise Brown levantou uma nova questão em relação ao estatuto da vida humana nos seus primórdios. Louise Brown foi o primeiro ser humano a nascer a partir de um embrião fertilizado no exterior do corpo humano. O êxito de Robert Edwards e Patrick Steptoe ao demonstrarem a possibilidade de fertilização in vitro (FIV) assentou em vários anos de experiências com embriões humanos – nenhum dos quais sobreviveu. A FIV constitui hoje um modo de proceder rotineiro para certos casos de infertilidade e deu origem a milhares de bebés saudáveis. No entanto, para se chegar a este ponto, muitos mais embriões tiveram de ser destruídos no decurso de experiências científicas.”
página 156

Ética Prática, Peter Singer, Gradiva, Lisboa, 2002.

É por esta razão que quem realizou, realiza, ou antevê realizar a breve prazo um processo de fertilização In Vitro não pode – em plena consciência – ser um opositor do “Sim” ao Referendo… Todas as fertilizações (FIV) contemplam sempre (se forem bem sucedidas) e necessariamente a produção de vários embriões que são depois destruídos ou armazenados, e nada distingue estes embriões daqueles que persistem no interior do ventre materno, com excepção do local onde são inseridos ou não…

Ou seja, é moralmente incompatível defender a “santidade” do embrião no sentido em que este deve ser preservado a todo o custo e que é já um “ser humano” e depois praticar a FIV… Alimentar esta contradição é como votar “Não” e participar na Campanha pelo “Não” e depois, fazer parte daquela lista de duas mil mulheres que vão abortar a Badajoz todos os anos…

Qual será o seu sentido de voto a 11 de Fevereiro?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: A Escrita Cónia, Livros, Referendo da IVG, Sociedade Portuguesa | 3 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!