podemos

Podemos Digital (quatro ferramentas de democracia eletrónica usadas pelo Podemos espanhol)

Como funciona, em termos de Democracia Digital, o Podemos espanhol?
Bem, funciona a partir do uso paralelo e cruzado de cinco ferramentas:

Reddit:
Aqui, o Podemos cria espaços de debate onde participam vários milhares dos seus ativistas servindo o Reddit como a forma principal de o partido escolher o conteúdo que mais interessa a um maior número de ativistas. Qualquer um dos participantes pode escolher um assunto, seja ele um link, um texto, um vídeo, etc e depois os demais votam fazendo-o subir ou descer numa lista de preferências. Na prática, o Reddit é assim empregue como um sistema de sondagens e feedback permanente entre as bases e a coordenação nacional e local do Podemos. A metodologia do Reddit possibilita assim que vários milhares de pessoas possam participar, ordenando os temas e até os comentários por popularidade e relevância:
http://www.reddit.com/r/podemos/

Appgree:
Trata-se de uma ferramenta de sondagens para smartphones e computadores ligados à Internet que permite sondagens simples numa interface muito limpa e de acesso gratuito. As respostas são depois valorizadas e ordenadas segundo um algoritmo interno. A ferramenta é ideal para sondagens de opinião, permitindo também manter conversações e trocas de ideias entre os participantes da sondagem.
https://app.appgree.com/?language=pt

Loomio:
O Loomio permite a criação de espaços de trabalho sendo classificado como um “sistema colaborativo de tomada de decisão”. A interface do Loomio é, como o Appgree, muito limpa e simples, permitindo votações, com comentários, e em quatro opção: Aprovar, Rejeitar, Abster ou Bloquear. Além das votações de “propostas”, o Loomio permite também abrir “debates”, muito ao estilo dos newsgroups ou fóruns da Internet.
https://www.loomio.org/dashboard?locale=en

Agora Voting:
O Agora Voting é uma ferramenta de votações eletrónicas. Além das formas convencionais de voação, o Agora incorpora as teorias da “Democracia Líquida” (usadas, por exemplo, pelo Partido Pirata Alemão) e as suas delegações de voto em alguém que queiramos designar para tal efeito e propósito. Ter em conta que esta delegação pode mudar após cada votação.
https://agora.agoravoting.com/

Titan Pad:
Semelhante em funcionalidades (mas mais limitado) aos Google Docs, o Titan Pad inspirou-se no Etherpad usado pelo movimento norte-americano Occupy. Permite a edição colaborativa e em tempo real de textos comuns e criar pads (conjuntos) de documentos, algo que o Etherpad não permite.
https://titanpad.com/

Categories: Democracia Participativa, podemos | Deixe um comentário

No facebook, Gil Garcia, líder do MAS veio perguntar “mas porque não começa o Juntos Podemos a recolher assinaturas?”

No facebook, Gil Garcia, líder do MAS veio perguntar “mas porque não começa o Juntos Podemos a recolher assinaturas?”
Não sei porque não (e até que gostaria de ver novos agentes no esclerosado sistema politico-partidário português), mas não deixo de ficar perplexo com interesse de um partido já oficializado, da mesma área politica, em ver nascer um novo partido que será seu directo concorrente, disputando com o MAS o mesmo “mercado eleitoral”n o do moribundo BE.
Este interesse não é transparente e trás (como, bem, diz o povo) “água no bico”.
O que move o MAS? Não é certamente a perda de votos do seu próprio sufrágio.
Será que o MAS pensa que, uma vez formado o novo partido, o pode controlar (como faz o PCP com o PEV) introduzindo nas suas estruturas militantes seus? Será que tenciona mudar a sua designação para “Podemos” e apossar-se assim, da “marca”? Será que busca uma coligação pré-eleitoral, tipo CDU, para diluir a sua própria imagem de extremismo e radicalismo? Ou será que, simplesmente, quer controlar para expandir a sua influencia na sociedade muito além da sua (pífia) expressão eleitoral, como aliás tem feito com outros movimentos sociais nos últimos tempos?
Digam vocês. Eu não sei.

Categories: Democracia Participativa, podemos, Política Nacional | Deixe um comentário

A eleição do secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, foi feita online numa Assembleia Cidadã virtual e esteve aberta durante cinco dias úteis (de segunda a sexta).

A eleição do secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, foi feita online numa Assembleia Cidadã virtual e esteve aberta durante cinco dias úteis (de segunda a sexta). Assim, como Iglesias, a Assembleia também elegeu o Conselho Cidadão, o órgão máximo do partido espanhol, composto por 62 elementos e que terá capacidade para tomar decisões sobre o programa eleitoral e a politica de alianças.
O sistema de votação na Assembleia Cidadã foi, contudo, muito criticado: muitos queriam uma eleição em lista aberta, em lugar da lista fechada, em que se votava num só clique, ou seja não se tratava de uma lista aberta, nem havia voto preferencial.
Não tenho duvidas de que este modelo de congresso, virtual, amplamente representativo, moderno (porque incorporando as novas tecnologias) e direto é mais eficaz, mas democrático e participativo que o estafado modelo representativo dos congressos em que apenas participam e votam os delegados eleitos pelas secções locais dos partidos. Para aumentar a democracia é preciso aumentar a superfície de exposição dos processos democráticos internos e isso faz-se reduzindo os níveis entre militantes e direcções partidárias, nivelando e destruindo hierarquias representativas.
O modelo dos congressos e das convenções está esgotado. Com as eleições diretas para Secretario-Geral, os Congressos perderam, de qualquer forma, importância. Mas continuam a ser importantes para a constituição dos órgãos do partido e para o debate interno. Pode assim continuar a existir, mas enquanto espaço de diálogo, de apresentação de ideias e de formação de consensos. Mas deve perder as competências eletivas e estas devem ser transpostas para uma assembleia virtual, posterior a este congresso e onde se votam as moções globais e setoriais aqui apresentadas.

Categories: Democracia Participativa, podemos, Política Internacional, Política Nacional | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern everything with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)