Hoaxes e Mitos Urbanos

“Fiéis do Amor”

Segundo Sampaio Bruno, o rei Dom Dinis teria sido membro dos “Fiéis do Amor”, movimento que segundo Peyrat teria sido iniciado por um cavaleiro bretão que teria encontrado num ramo de ouro de um carvalho (árvore sagrada dos druidas) as “leis d’amors” trovadorescas. Neste carvalho teria pousado o falcão do rei Artur. Por “leis”, nesta lenda, aludia-se a determinadas regras e preceitos de cifra que os trovadores inscreviam num subtexto das suas poesias e que passavam (e passam…) inapercebíveis ainda hoje a que as le sem conhecer a chave ou cifra que as protege.

Anúncios
Categories: História, Hoaxes e Mitos Urbanos | Deixe um comentário

O Batismo pelo Espírito Santo é o Batismo pelo Fogo

O Batismo pelo Espírito Santo é o Batismo pelo Fogo. João Batista, referindo-se a Jesus, disse: “Eu batizo-vos com água (…). Ele é quem vos batizará com o Espírito Santo e com o fogo. Tem na sua mão a pá de joeirar; limpará a sua eira e recolherá o trigo no celeiro, mas queimará a palha num fogo inextinguível.” (Mateus, III, 11-12)

Na versão portuguesa da Demanda do Graal escreve-se “contra a noite, depois de Vésperas, quando se assentaram às mesas, ouviram vir um trovão tão grande e tão espantoso, que lhes semelhou que todo o palácio o Santo Graal coberto por um rico pano de veludo branco (…). Todo o palácio ficou impregnado do perfume do Graal e, sobre as mesas, surgiram os manjares desejados por cada um dos cavaleiros. O rei Artur, maravilhado e cheio de júbilo, disse: “(…) amigos, muito devíamos estar alegres, pois Deus mostrou-nos um tão grande sinal de amor, que em tão boa festa, como hoje, de Pentecostes, nos deu a comer do seu santo celeiro.” Mas o Graal tinha-se manifestado velado por um pano e Galvão lamentou esse facto, jurando partir na sua demanda e não regressar à corte sem o encontrar. Todos os outros cavaleiros seguiram a sua iniciativa e assim começou a misteriosa demanda do Santo Graal. Somente o cavaleiro puro é que poderá ver o Graal, assim como a coroa do Espírito Santo desce sobre a cabeça do menino-imperador.

Lugares Inesquecíveis de Portugal
Paulo Loução
Eranos

Nesta leitura, o Culto do Espírito Santo e a Demanda do Graal surgem umbilicalmente ligadas. Este Vaso Sagrado apresenta-se velado por forma a convidar aqueles a quem concede o privilégio dessa visão a o descobrirem, porque só aquilo que está coberto pode ser descoberto. A apresentação do Graal no palácio de Artur não é assim o fim da Demanda, mas a marca que dá início à mesma.

A Demanda que nesta variante portuguesa do Mito do Graal se liga de forma muito nítida ao Espírito Santo: “Somente o cavaleiro puro é que poderá ver o Graal, assim como a coroa do Espírito Santo desce sobre a cabeça do menino-imperador”. O Graal é assim o Espírito Santo. E a coroa do Quinto Império, o Graal sendo o “menino”, uma manifesta alegoria à pureza espiritual que deve ser o atributo espiritual desse Quinto Imperador, função que apenas pode assumir depois de provar o seu valor numa Demanda do Graal pessoal e espiritual.

Categories: História, Hoaxes e Mitos Urbanos | Etiquetas: | 2 comentários

Sobre o uso de folha de coca na Coca-Cola

Em todo o mundo é proibido importar a matéria-prima da cocaína: a folha de coca. Com uma notável excepção: a Coca-Cola nos EUA. A excepção foi conquistada há muito tempo pela megacorporação norte-americana junto do seu governo por forma a garantir a sobrevivência do sabor desse conhecido refrigerante.

Atualmente, a composição da Coca-Cola não tem cocaína (uma prática que terminou em 1903 época em que havia 9 mg de cocaína por garrafa), mas inclui folhas de coca processadas numa instalação fabril nos EUA conhecida como “Stepan Company” desde 1922, ano do “Jones-Miller Act” que autorizou essa excepção de importação. A excepção só seria conhecida na década de 80, graças a um artigo do New York Times. E durante muito tempo isto foi tudo o que se soube. Até finais de junho de 2011, data em que surgiram informações sobre a forma como a Coca-Cola obtinha a coca e como esta era processada na Stepan Company, em New Jersey. Pela primeira vez, um porta-voz da corporação, Randy Donaldson admitiu que “ingredientes da folha de coca eram utilizados, mas que não havia cocaína e que tudo é severamente controlado pelas entidades regulatórias”. A Red Bull é outra cliente conhecida das folhas de coca da Stepan utilizando o seu extrato na Red Bull Cola.

Todos os anos, cerca de cem toneladas de folhas de coca seca e prensada são importadas do Peru pela Stepan sob supervisão da DEA. Segundo a Stepan, no processamento das folhas, a cocaína é totalmente extraída e descartada. Mas para onde? A Stepan diz vendê-la a uma empresa sediada em St. Louis de nome Mallinckrodt Incorporated. Esta empresa importa também ópio da Índia, a molécula THC extraída da marijuana medicinal plantada nos EUA e dedicando-se à fabricação de medicamentos a partir destes exóticos componentes.

Mas será que toda esta cocaína, extrato de canabis e ópio acabam mesmo em medicamentos? Segundo a matemática aplicada pelo site http://www.naturalnews.com, não.

Segundo parece, 300 gramas de folha de coca processadas produzem 1 grama de cocaína. Isto significa que as 100 toneladas de coca importadas pela Stepan correspondem a 333 kgs/ano enviadas para a farmaceûtica, o que a cem euros por grama corresponde à espantosa quantia de 34 milhões de euros/ano. Será que a Mallinckrodt usa estes 333 kgs em medicamentos, de forma total e integral? Ou será que esta cocaína em estado puro (letal) entra no mercado, sendo “cortada” na percentagem habitual de 1 em 20 partes produzindo assim 680 milhões de euros em doses individuais em 6.6 milhões de doses individuais? Ou toda esta cocaína entra no mercado norte-americano ou… serão destruídos pelo fogo, simplesmente? O que é mais provável?…

Fonte principal:
http://www.naturalnews.com/032658_Coca-Cola_cocaine.html#ixzz1OrZcluD5

Categories: Economia, Hoaxes e Mitos Urbanos | 8 comentários

Terá sido descoberta uma “base alienígena” em Marte ou… será um engano da compressão para JPEG?

A partir da sua própria sala, um norte-americano de nome David Martines alegou ter encontrado na superfície do planeta Marte uma estrutura retangular quando “navegava” no Google Mars.

A anomalia marciana consiste num objeto longo, branco, muito pixelizado e estaria situada nas coordenadas 49’19.73″N 29 33’06.53″W. As dimensões da estrutura seriam de 213 metros de comprimento e 75 metros de largura e aparentaria ser construída a partir de uma série de cilindros ligados entre si.

Os peritos que analisaram as imagens concluíram que a fonte seria um erro comum na captação da imagem e provocado pela interferência de raios cósmicos na câmara, um fenómeno que é registado em diversas observações astronómicas fora da proteção da magnetosfera terrestre.

Quando um raio cósmico atravessa o sensor de imagens de uma câmara numa sonda orbital, a sua carga elétrica transfere-se para pixeis na imagem captada eletronicamente. Se esta passagem ocorre numa linha reta, um grupo de pixeis em linha reta é assim afetado e imagens como esta detetada por David Martines aparecem, especialmente se sobre as imagens origens corre software de compressão que as torna em jpegs, como sucede com o Google Mars.

O Google Mars não identifica a origem da imagem, pelo que é impossível aceder à imagem original (antes da compressão para jpeg feita pela Google) e confirmar a leitura da imagem esclarecendo assim um mistério que… se arrisca a ficar em aberto para sempre.

Não é a primeira vez que se julga reconhecer estruturas construídas em Marte, sendo a “cidade” das planícies de Cydonia o melhor exemplo: uma região litoral a um antigo mar marciano que teria além da famosa (e entretanto desmentida) “face marciana”, um conjunto de gigantescas pirâmides e outras construções retangulares. A maior parte dos cientistas acredita que estas “ruínas” são produto de erosão e das forças da natureza. Se esta imagem do Google Mars for algo mais que uma pixelização provocada por raios cósmicos pode ser ainda assim (como as “ruínas” de Cydonia) uma formação natural. Mas a certeza depende da Google e de estar colocar no seu Google Maps a origem exata das fotos (data da captura e o nome da sonda que as tirou). Aguardemos então. Sentados.

Fonte:
http://www.lifeslittlemysteries.com/amateur-astronomer-spot-secret-mars-base-bio-station-1754/

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos, OVNIs, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 5 comentários

Hoax: O Mito da “Experiência Socialista” de Adrian Rogers

Já recebi várias vezes uma mensagem que – oculta sob diversos títulos – pretende ser uma mensagem de um certo “professor de economia” de nome Adrian Rogers. O texto circula há anos sob a forma de corrente de mail, em várias línguas e é de facto da autoria de alguém que tinha esse nome, mas que – ao contrário do que alega a corrente – não só não era economista como nunca fez a dita “experiência” na sala de aula como (sobretudo) não era economista e professor da Universidade Texas Tech mas… pregador evangélico.

O mito urbano (hoax) que circula por aí alega que ele teria conduzido esta experiência social em 1931. Ora aqui está, desde logo, a primeira mentira… já que 1931 foi o ano em que nasceu Adrian Rogers.

O personagem em si, foi um dos mais conhecidos tele-evangelistas da sua geração, tendo falecido em 2005. Entre 1972 e 2005 o evangelista multiplicou o número se fiéis que atendiam aos seus sermões na igreja Batista de Bellevue, na cidade de Memphis a um ponto tal que em 1989 essa congregação tinha bens imobiliários avaliados em mais de 80 milhões de dólares. Data dessa época a formação da sua própria seita cristã, a “Convenção Batista do Sul” que hoje tem mais de 16 milhões de seguidores em todo o globo.

Adrian Rogers era um orador muito dotado e um politicamente muito conservador tanto que chegou a organizar um boicote contra a Walt Disney por esta conceder benefícios aos companheiros de trabalhadores gays.

Este é o texto original (em inglês) do mito urbano (hoax):
“You cannot legislate the poor into freedom by legislating the wealthy out of freedom. What one person receives without working for, another person must work for without receiving. The government cannot give to anybody anything that the government does not first take from somebody else. When half of the people get the idea that they do not have to work because the other half is going to take care of them, and when the other half gets the idea that it does no good to work because somebody else is going to get what they work for, that my dear friend, is about the end of any nation. You cannot multiply wealth by dividing it.”

Fontes:
http://www.quatrocantos.com/LENDAS/419_adrian_rogers_experimento_socialista.htm
http://www.lwf.org/site/PageServer?pagename=abt_AboutAdrianRogers
http://pt.wikilingue.com/es/Adrian_Rogers
http://nequidnimis.wordpress.com/2009/12/15/adrian-rogers-1931/

Categories: Economia, Hoaxes e Mitos Urbanos, Sociedade | Deixe um comentário

Hoax: O “míssil misterioso” avistado em Los Angeles a 8 de novembro de 2010


Há alguns dias foi grande a celeuma na Internet a propósito daquilo que parecia ser um lançamento secreto de um foguetão na costa leste dos EUA. Não faltou que indicasse tratar-se de um lançamento secreto por parte da USAF ou de um submarino norte-americano, nem que preferisse a tese do “desafio” chinês em plena guerra cambial com os EUA… outros, preferiram a tese do lançamento de um veículo experimental a partir da Área 51 ou um “simples” evento OVNI.

O mistério, contudo, foi desvendado por um blogger, de nome Liem Bahneman, que associou finalmente o evento com o voo 808 da USA Airway, precisamente à mesma hora deste evento. A prova definitiva desta identificação está numa fotografia que tirou no dia seguinte à observação, à mesma hora do dia e que seria em tudo idêntica às fotografias que entretanto tinham vazado na Internet.

E assim cai mais um… hoax.

Fonte:
http://astropt.org/blog/2010/11/11/missil-ou-ovni/

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | 4 comentários

Hoax: O “telemóvel” no filme de Chaplin “The Circus” de 1928

Uma das polémicas mais recentes que corre na Internet e que corresponde já a um dos maiores sucessos no Youtube é um extrato de um filme de Chaplin descoberto nos “DVD Extras” de uma coletânea recentemente editada dos filmes de Charlot.

O estranho segmento de filme foi identificado pelo cineasta irlandês George Clarke e parece mostrar, em 1928 (!) uma mulher falando ao telemóvel. A cena aparece nos extras do filmes “The Circus” e mostra uma cena dos bastidores da estreia do filme de Chaplin no “Manns Chinese Theatre” em Hollywood no ano de 1928.

A mulher – aparentando alguma idade – passa na rua, frente à câmara tem um casaco escuro, chapéu e botas da época mas atipicamente parece estar a falar para um objeto negro rectangular que leva ao ouvido exatamente como fazemos hoje com os nossos mais modernos smartphones… esta interpretação é inclusivamente reforçada quando o filme é passado em câmara lenta e se torna particularmente claro que a mulher fala mesmo para o aparelho.

George Clarke acredita que a única explicação possível para este extrato é o facto deste documentar uma viagem no tempo. O problema desta tese é que nao é plausível que:
a. um viajante do tempo fosse tão descuidado ao ponto de se fazer passear mesmo à frente de uma das raras câmaras de filmar existentes em 1928
b. que uma pessoa conversando para uma caixa negra não chamasse nenhuma atenção aos transeuntes que a rodeiam
c. que um telemóvel não serve de nada se não tiver perto uma rede de torres de antenas
d. que um viajante no tempo dificilmente viajaria sozinho
e. que um viajante no tempo dificilmente seria uma “senhora idosa”, mas sim jovem militar ou piloto altamente treinado como o são os astronautas de hoje
f. que um viajante no tempo tão cuidadoso ao ponto de imitar cuidadosamente os trajos da época não cometeria depois a gaffe flagrante de se passear na rua com um telemóvel…

De facto, o mistério (mais ou menos um hoax) tem explicação, como descobriu o jornalista do “The Daily News” que identificou o objeto como sendo um “dispositivo de amplificação da audição” como tantos outros que eram relativamente comuns na época, com formas idênticas e disponíveis desde começos da primeira década do Século XX.

Um destes amplificadores expõe de forma bem clara essas semelhanças:

Trata-se neste exemplo de 1910-1911 do “Deutsche Akustik Gesellschaft” alemão, um produto de uma fábrica fundada em 1905

Nos EUA, havia em 1928 vários aparelhos de audição idênticos, de marcas alemães e norte-americanas e não seria muito difícil que um dos seus utilizadores passasse numa rua em Hollywood frente a esta câmara da equipa de Chaplin. E quanto ao facto, registado em vídeo, que a mostra a falar para o aparelho? Bem, talvez essa senhora estivesse a falar para o microfone do amplificador, para testar o seu funcionamento, um episódio casual que teria assim ficado registado em fita, dando origem a este mistério da “viajante no Tempo”.

Fontes:
http://health.howstuffworks.com/medicine/modern/hearing-aid6.htm
http://www.cbsnews.com/8301-31749_162-20020951-10391698.html
http://abcnews.go.com/Technology/time-traveler-1928-charlie-chaplin-film/story?id=11992878
http://www.foxnews.com/scitech/2010/10/27/time-traveler-spied-chaplin-film/
http://en.wikipedia.org/wiki/Hearing_aid

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos | 3 comentários

As “Power Bracelets” ou “Pulseiras Holográficas”: Embuste em curso…

O “grande” tema do momento são as… “Power Bracelets”. Sim, não é a Crise Financeira, o Défice crónico das contas públicas nem este clima de “fim de regime” do Socretismo. São aquelas braceletes que começaram a aparecer em desportistas norte.americanos e que rapidamente se tornaram num fenómeno global.

As braceletes têm como suposto objetivo tornar aqueles que as usam em pessoas “mais fortes” e com “melhor equilíbrio”. Mas desde logo, o uso de palavreado “científico” e o preço estapafúrdio que cobram pelas coisadas lança enormes suspeitas sobre a veracidade dos efeitos de tal “dispositivo”: entre 20 a 50 euros por cada bracelete de silicone com um holograma! Que margem de lucro terá isto? 1000%?

As “Power Bracelets” alegam que as virtualidades resultam da presença de um holograma embebido e uma tal “Tecnologia Mylar” especial. Os comerciais da bracelete dizem que “no holograma Myler está uma frequência que quando entra em contacto com o campo magnético natural do nosso corpo, funciona em sincronia com este campo elétrico dando ao seu utilizador uma sensação de bem estar, que se reflete diretamente no equilíbrio, força e flexibilidade”. A “Tecnologia Mylar” permitiria assim que o nosso corpo reencontrasse a frequência ideal de 7.83 hertz.

Mas então se tudo não passa de um logro, porque é que a maioria das pessoas que já utilizaram uma “Power Bracelet” sentiram benefícios concretos e – para elas – profundamente reais? Porque estes “testes” ocorrem em pessoas que sabem que estão a usar as ditas pulseiras e os seus supostos efeitos… Quem realizou “testes cegos”, isto é, testes em que as pessoas desconheciam que estavam a usar as pulseiras ou os seus efeitos não observou este tipo de benefícios. Tal observação indica que estamos perante um efeito do poder da auto-sugestão ou Placebo. Se dissermos a uma pessoa que ela vai conseguir fazer uma determinada coisa, estatisticamente ela irá acabar por conseguir fazê-lo melhor, algo bem conhecido na psicologia e que pode explicar facilmente todos os benefícios das “Power Bracelets”.

Em suma, como no passado com as igualmente inócuas – mas caras – pulseiras magnéticas, estamos agora novamente perante mais um embuste, sanitariamente inofensivo mas muito danoso e completamente ineficaz…

Fontes:
http://www.ratbags.com/rsoles/comment/powerbalance.htm
http://www.examiner.com/sitemaps/x-16850-NY-Triathlon-Examiner~y2009m11d1-Hologram-balance-bracelets–is-it-a-scam-or-will-they-make-you-a-better-stronger-triathlete
http://www.adelaidenow.com.au/sport/power-of-holograms-or-just-a-big-scam/story-e6frecj3-1225849554095

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | Deixe um comentário

O mistério do Triângulo das Bermudas finalmente revelado?…

O mistério do Triângulo das Bermudas pode estar resolvido. Com efeito, dois cientistas australianos julgam ter encontrado a explicação para os múltiplos desaparecimentos registados no local nos últimos séculos. Joseph Monaghan e David May, da Universidade Monash de Melbourne, Austrália, concluíram que são grandes bolhas de metano, formadas no leito oceânico do Triângulo que surgindo subitamente à superfície fazem naufragar navios e cair aviões.

Este metano é libertado em momentos de intensa atividade vulcânica submarina quando as suas ondas sísmicas libertam a sua acumulação em rochas. Ao ser libertado, o metano forma uma grande bolha que cresce de tamanho até chegar à superfície. Uma vez na superfície, a bolha de metano não se dissipa e continua a subir, fazendo parar os motores dos aviões que encontrar na sua ascensão, o que explica os desaparecimentos de aviões sobre as Bermudas.

Quando estas bolhas de metano surgem sob o navio, este perde a sua capacidade de flutuação e naufraga. Num avião, o metano além de afetar a combustão do combustível, também retira sustentação e precipita-se no oceano.

É claro que, por mais apelativa e credível que esta teoria possa ser, falta demonstrá-la… com efeito, até que alguém consiga registar em vídeo ou fotograficamente uma destas bolhas de metano, a teoria permanecerá sendo… isso mesmo, uma teoria.

Fonte:
http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1638000&seccao=Biosfera

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos, Mitos e Mistérios | 2 comentários

O Mistério das Esferas de Pedra da Costa Rica

Um dos maiores mistérios da arqueologia contemporânea são as “esferas de pedra” da Costa Rica. Sabe-se que existem pelo menos três centenas destas esferas, apresentando diversos tamanhos, desde a maior (com 16 toneladas de peso e dois metros de diâmetro) até à mais pequena com apenas alguns centímetros.

A maior parte destas esferas de pedra encontram-se na Costa Rita, na região do delta do rio Diquís. A mais antiga foi datada do ano 600 d.C. Mas a sua origem é ainda desconhecida… As esferas foram recentemente alvo de um estudo intensivo realizado pela equipa do antropólogo norte-americano John Hoopes, da Universidade do Kansas. O resultado do trabalho desta equipa foram uma série de datações por radiocarbono nos locais onde foram encontradas esferas de pedra.

Ao contrário do que esperariam alguns, nada liga estas esferas a extraterrestres ou a explicações fantasistas. Pelo contrário, toda a cerâmica e materiais arqueológicos encontrados nestes locais apontam para que sejam o produto de uma cultura indígena. As esferas foram fabricadas picando a pedra, moendo-a e traçando com um martelo, exibindo algumas delas os vestígios desse processo de fabricação. Infelizmente, a cultura que as criou não deixou atrás de si uma escrita ou qualquer forma de registo que permita compreender a natureza e o objectivo destas esferas, razão pela qual quanto ao seu propósito não há certezas… Ainda que o fim ritual seja o mais provável.

Fonte:

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=41034&op=all

Categories: História, Hoaxes e Mitos Urbanos | 4 comentários

Hoax: As “500 noivas do Hamas” ou “PEDOFILIA OFICIAL: CASAMENTO COLETIVO DE 450 HOMENS COM MENININHAS COM MAIS DE 4 ANOS EM GAZA”

Uma das fotos do hoax do Hamas em http://www.recordrio.com.br

Uma das fotos do hoax do Hamas em http://www.recordrio.com.br

De quando em vez falo por aqui de Hoaxes (Mitos Urbanos). E quando esta mensagem me chegou à caixa de correio… Cheirou-me logo a esturro. A mensagem que percorre a Internet lusófona sob vários títulos, mas em que predomina “as noivas do Hamas” não é, de facto, verdadeira.

O hoax parece ter começado em agosto de 2009 e consiste numa mensagem de mail ilustrada com fotografias de crianças tomando parte num casamento de grupo com homens adultos, militantes do movimento islâmico palestiniano Hamas.

A mensagem tem origens obscuras, mas não é impossível que seja um produto dos serviços secretos israelitas (Mossad) no cumprimento da sua conhecida estratégia de denegrir o prestígio internacional da polémica organização palestiniana.

O essencial – e fonte do hoax – é a presença neste casamento conjunto de meninas das famílias dos nubentes, algo que aliás é também comum em qualquer casamento católico realizado em qualquer parte do globo.

A versão original deste hoax foi publicada pela primeira vez na página pessoal do político brasileiro F. Pesaro, o vereador da megapole brasileira de São Paulo e pouco depois, repetida no site ultradireitista http://www.thelastcrusade.org.

Toda a história é falsa: as “noivas-criança” são apenas as crianças que levam os anéis aos noivos e as imagens que mostram os noivos com as meninas pelas mãos não vão casar com elas, como sugerem as imagens, mas apenas a representação de uma tradição local em que as crianças da família dos consortes os levam um ao outro, pela mão. Quem tirou as fotografias sabia disto e o deputado paulista também o sabia, provavelmente, mas nem por isso deixou de forjar esse hoax…

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Política Internacional | Etiquetas: , , | 46 comentários

Stanley Kubrick e a “Conspiração Apollo/Moon Hoax”

Stanley Kubrick

Stanley Kubrick e a "Conspiração Apollo" (http://slamxhype.com)

Uma das Teorias da Conspiração mais fascinantes de sempre alega que as expedições lunares Apollo foram de facto realizadas em… Estúdio sobre a batuta do conhecido realizador Stanley Kubrick. A teoria diz que o realizador teria sido pago para tal pelo governo e que – para proteger a sua família – este teria escondido pistas de tal no seu filme “The Shining”.

A teoria é da lavra de Jay Weidner e baseia-se em que o protagonista principal do filme “The Shining”, Jack Torrance e o seu filho Danny representam vários aspectos distintos de Kubrick. Jack é o seu “lado prático” que faz um acordo com o gerente do Overlook Hotel (simbolizando a América ou o governo americano, já que está construído sobre ossos de índios) para o proteger durante o Inverno (a Guerra Fria).

A teoria parte de várias anomalias presentes ao longo do filme:

1. O quarto assombrado que no livro de Stephen King é o 217 e que no filme de Kubrick é o 237, 237 como as 237 mil milhas que separam a Terra da Lua. Este quatro representaria assim o local das filmagens ou como diz a dado ponto o personagem principal: “é como desenhos num livro, Danny. Não são reais”.

2. Os gémeos do filme (ausentes do livro) serão uma referencia às cápsulas Gemini (Gémeos…).

3. Os múltiplos ursos empalhados do filmes serão referencias ao urso soviético,

4. Quando Jack escreve na máquina de escrever: “All work and no play makes Jack a dull boy”, em ciclo obsessivo o “All” vale de facto por “A11”, isto é: Apollo 11, a primeira missão Apollo a alcançar a Lua. Teoricamente…

Stanley Kubrick teria mascarado todas estas pistas sobre o seu envolvimento na “Conspiração Apollo” da NASA, como forma de proteger-se a si mesmo e à sua família contra ameaças que teria recebido do governo norte-americano, que o teria ameaçado de morte. Como já escrevi no passado, não sou adepto da tese de que as missões Apollo foram forjadas. É possível que nem tudo tenha corrido como nos dizem e há também a possibilidade de que tenham corrido até demasiado bem e descoberto na Lua… Provas da presença alienígena… Com missões que correram mal e foram camufladas, com sucessos que não foram divulgados por motivos de segurança, etc. De permeio, pode haver efetivamente algumas fotografias falsas, adulteradas ou manipuladas que podem ter estado na base desta teoria da Conspiração. E que na variante que aqui apresentemos encontra no realizador Stanley Kubrick o coordenador de todas as filmagens e fotografias adulteradas no Programa Apollo.

Fonte:
http://news.discovery.com/space/faked-moon-landings-and-kubricks-the-shining.html

Categories: Cinema, Hoaxes e Mitos Urbanos, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 3 comentários

A “Proporção Dourada” finalmente explicada?

A Proporção Dourada (http://www.contracosta.cc.ca.us)

Quem leu o “Código Da Vinci” deve saber o é a “Proporção Dourada”. A civilização egípcia teria usado a dita na construção dos seus maiores monumentos, como as pirâmides e surgiria também posteriormente, no Parthenon de Atenas, nas grandes catedrais do gótico e, por exemplo, na Mona Lisa de Leonardo da Vinci (referida a este propósito por Dan Brown).

A “proporção dourada” ou “proporção divina” seria uma proporção geométrica que seria a mais esteticamente agradável. A “proporção” descreve um rectângulo de proporção um e com metade desse comprimento em largura.

Foi sobre esta proporção que se debateu um professor da “Duke University” de nome Adrian Bejan que acredita que esta proporção é tão comum na natureza, na arte e na arquitetura porque, segundo o professor, os olhos humanos analisam a imagem com maior rapidez se se tratar de uma forma compatível com um retângulo na “proporção dourada”. O professor norte-americano afirma que o mundo (humano ou natural) está basicamente orientado na horizontal e que os animais especializaram a sua visão para procurarem presas e caçadores nesse eixo, tendo aqui, assim, uma visão mais perfeita nesse eixo. Os mecanismos de cognição evoluíram em sincronia com esta adaptação da visão, acompanhando a nova informação com a capacidade de processamento e por essa razão é que existiria na natureza tantos exemplos da “proporção dourada” e porque estes seriam tão comuns na arte: porque biologicamente todos fomos programados para o procurar e reproduzir.

Fontes:
http://www.terradaily.com/reports/Mystery_Of_Golden_Ratio_Explained_999.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Golden_ratio

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos, O Código da Vinci | Deixe um comentário

Hoax: “Novos modelos de radares”

Provavelmente já receberam uma mensagem de corrente, em correio eletrónico, alertando para a instalação de radares ocultos em rails de auto-estradas da Brisa. A mensagem surge acompanhada de fotografias do supostos radares e como em tantos casos idênticos… É falsa.

A mensagem foi detectada pela primeira vez no Brasil, ainda que a origem exata das fotografias não seja clara, algumas das fotografias da versão brasileira original foi removidas na versão portuguesa porque exibiam matrículas (antigas) brasileiras. Essa “edição” indica que quem fez a adaptação sabia muito bem o que estava a fazer…

A mensagem alertava para a presença da câmaras ocultas em rails de proteção, que seriam ativadas por radares de velocidade. A versão original lista até vinte locais específicos onde estariam esses sistemas de deteção de excesso de velocidade, mas em Portugal e no Brasil, a lei é taxativa: tem que existir sinalização bem visível que alerte para a presença destes radares, pelo que qualquer tipo de provas assim recolhida seria ilegal.

Resta assim a questão de saber que fotografias são aquelas… Bem, são mesmo radares de velocidade camuflados nos rails, de facto. Estes radares terão sido utilizados na Alemanha e na Suíça, mas não de forma operacional, apenas experimental. Em Portugal, temos radares de velocidade em carros da GNR, mas os radares fixos têm que estar anunciados por sinalética específica. Logo… Estamos perante mais um “hoax” ou mito urbano.


Mensagem brasileira original:

Novos modelos de radares

Motoristas fiquem atentos nos brinquedinhos novos da CET que podem gerar diversas multas são tão pequenos que podem passar despercebidos, conforme as fotos, embutidos em guard-rails e muros de concreto.

Não sou contra a instalação de novos radares, desde não haja safadeza nas novas instalações de pequenos radares sem sinalização ou como nas saídas das pistas expressas das marginas para as pistas locais onde se diminui a velocidade de 90 km para 70 km e num intervalo de 300 metros já tem um radar te esperando para multar por excesso de velocidade.

RadarRADARES02

Não podemos concordar com esta política de instalar novos radares sem as devidas sinalizações com intuito de arrecadar milhões com multas sem repassar nada desta verba para os cidadãos com melhorias nas ruas esburacadas, em sinalizações de placas e faixas, investimentos que ajudam o nosso transporte, já que pagamos todas as taxas e poder dizer que temos o luxo de passear com nossos automóveis em vias seguras,“bem conservadas” com pixe bem aplicado nos asfaltos e não dar aquela enganada que fazem na aplicação que na primeira chuva leva a aplicação do asfalto.

As principais avenidas e corredores de ônibus devem ter pistas de concreto que obtém maior durabilidade evitando diversas manutenções e lavagem do dinheiro público.

É direito do cidadão saber quanto é arrecadado e aonde são investidos esses milhões, alguém pode nos esclarecer?

A você motorista segue os endereços de radares em SP:

1) Av. Rio Branco x Av. Duque de Caxias;
2) Av. Brasil x Rua. Veneza;
3) Rua Tabapuã x Rua Dr. Renato Paes Barros;
4) Av. Do Estado x Av. Santos Dumont;
5) Rua Jeroaquara x Rua Clélia;
6) Rua Bom Pastor x Rua dos Patriotas;
7) Av. Francisco Matarazzo x Av. Antártica;
8 ) Av. Diógenes Rua de Lima x Av. São Gualter;
9) Av. São João x Av. Ipiranga;
10) Av. Brasil x Rua Colômbia;
11) Rua Dr. Plínio Barreto x Rua Rocha;

12) Rua Rui Barbosa x Rua Conselheiro Carrão;
13) Av. Eusébio Matoso x Rua Bento Frias;
14) Rua Taquari x Rua Catarina Braida;
15) Av. Santo Amaro x Av.Dr. Hélio Pellegrino;
16) Av. Afrânio Peixoto x Rua Alvarenga;
17) Rua Antonio de Barros, altura da Rua Aguapei;
18) Av. Esc. Politécnica, Altura da Ci. Alb. Cavalcanti;
19) Rua Boa Vista, Altura da Rua São Bento;
20) Av. Esc. Politécnica x Rua Waldemar Roberto. 

Atenção também onde há muros!!!

O primeiro é o abaixo indicado:

Novo radar, de pequena dimensão, embutido numa das vigas do muro de cimento, numa altura de 2,50 a 3,00m., do Laboratório Roche. No começo da pista local da marginal Pinheiros sentido Santo Amaro, + ou – 300 m . de quem vem da Castelo Branco e + ou – 200 m do fim de ponte que vem da Marginal Tietê.
Na expressa tem 1 antigo logo depois. 

Foram incluídos dois de faixa de pedestres:
1) Av.João Pedro Cardoso em frente ao nº 300 (nos dois sentidos)- Que liga a Tamoios c/ Pedro Bueno);
2) Av. Pedro Bueno, em frente ao nº. 130l (sentido Jab.), 300 metros antes da Lombada Eletrônica;

Veja a lista de locais onde funcionarão radares do tipo LAP, que lêem placas flagram infratores do rodízio:

1) Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, nas proximidades do estádio do Canindé;
2) Avenida dos Bandeirantes, sentido marginal, na altura da Rua Alberti Willo;
3) Marginal Tietê, sentido Castello Branco, após a Ponte Atílio Fontana;
4) Avenida Indianópolis, sentido Ibirapuera, próximo à Alameda dos Sorimãs;
5) Avenida Sena Madureira, sentido Vila Mariana, na altura do nº 1.265;
6) Avenida 23 de Maio, sentido Centro, próximo ao Viaduto Pedroso;
7) Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, antes da Ponte do Jaguaré;
8 ) Avenida Alcântara Machado, em ambos os sentidos, na altura da Rua Placidina;
9) Avenida das Nações Unidas no sentido Castello Branco, na altura do nº 7.163.

Fonte:
http://revistaautoesporte.globo.com/Revista/Autoesporte/0,,EMI24774-10138,00.html

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | Deixe um comentário

Hoax: “FW: AVISO DA PSP COM PEDIDO DE ENCAMINHAMENTO”

A PSP começa a ser usada cada vez como fonte de correntes de mail… Esta será uma das suas

Cuidado com os ucranianos (?) que estão nos sinais em Braga, Porto, Coimbra, Lisboa – Máfias de Leste.

Há dias 10 indivíduos deram um concerto de Musica sinfónica em apoio aos emigrantes de leste no teatro Gil Vicente em Coimbra.

Depois de se apagarem as luzes para se dar inicio ao concerto, um deles sacou de uma metralhadora, enquanto os outros faziam a colecta dos bens e dinheiro transportado pelos espectadores.

Acabado o trabalho, fugiram pelos bastidores.

Alertadas as autoridades, qual não foi o espanto ao saber-se que este grupo tem dado concertos semelhantes noutras cidades de província com o mesmo resultado. Aconteceu na semana passada na Av. Marechal Gomes da Costa no Porto em plena luz do dia. Seriam umas 15:30. Um sujeito ao parar nos semáforos foi abordado por um indivíduo de Leste, daqueles que costumam andar a tocar acordeão ou violino. O indivíduo tinha um ar simpático e abeirou-se dele a tocar o tal acordeão.

Ele decidiu dar-lhe 50 cêntimos, abriu o vidro e quando lhe estendeu a mão com a moeda, o indivíduo puxou-a violentamente e apontou-lhe imediatamente uma faca ao pescoço e obrigou-o a dar o telemóvel e a carteira, pondo-se imediatamente em fuga.. Nenhum dos condutores dos carros à volta se apercebeu ou fez qualquer coisa para o ajudar.

A vítima dirigiu-se imediatamente a uma esquadra da polícia e contou o sucedido, onde, para espanto dele, foi informado de que já não era a primeira vez que isto acontecia, que já tinham cerca de 10 queixas de igual procedimento.

Penso tratar-se de uma rede organizada que também opera em Lisboa, de pedintes profissionais. Se reparar bem, a maior parte deles nem sabe tocar devidamente o instrumento, servindo-se dele como método de abordagem para posteriormente assaltar o incauto condutor. Esta rede também se dedica ao tráfico de crianças e roubo de bebés.

Em Espanha já houve algumas queixas que estes indivíduos de Leste roubaram bebés do banco traseiro dos carros.

Enquanto um toca ao lado do condutor, um cúmplice vai por trás e rouba a criança, vendendo-as depois para pais que desejem adoptar noutros países. Passem este e-mail ao maior número de amigos e conhecidos e futuramente, tenham cuidado com estes indivíduos.

Tranquem sempre as portas e fechem os vidros quando eles se aproximarem e desconfiem do aspecto simpático, pois normalmente são perigosos criminosos.

Divulguem este e-mail o mais que puderem e ajudem-nos a combater esta praga, porque amanhã pode ser um de nós.

Tenente António Santos Alonso
Comando Central da PSP Porto”

E é claro… Estamos novamente diante de um embuste, como admite a própria PSP, no seu sítio oficial:

É frequente os utilizadores de email receberem informações, tidas como factuais, que ao serem erradamente explicadas podem levar a situações de insegurança que cumpre à PSP precaver. Assim, a PSP alerta para um email que se encontra a circular por diversas caixas de correio electrónico cujo pressuposto é totalmente falso. Nada de errado se passou em Coimbra e em qualquer sala de espectáculos daquela cidade, ou no Porto com os contornos relatados no texto, que tenha tido origem num roubo levado a cabo por uma rede organizada de cidadãos estrangeiros. Também é falso que a PSP possua algum Comando Central ou eventualmente algum Oficial com a graduação de Tenente.

Por esse motivo, alertamos todos os cidadãos que, quando confrontados com missivas do género, questionem as autoridades para a veracidade das histórias antes de as reencaminhar, pois não só contribuem para a descoberta da verdade, como previnem um sentimento de insegurança. Podem e devem utilizar preferencialmente oemail contacto@psp.pt ou telefone: 218111049.

Email de referência:

AVISO DA PSP COM PEDIDO DE RETRANSMISSÃO

Cuidado com os ucranianos que estão nos sinais em Braga, Porto, Coimbra, Lisboa – Máfias de Leste. Há dias 10 indivíduos deram um concerto de Musica sinfónica em apoio aos emigrantes de leste no teatro Gil Vicente em Coimbra. Depois de se apagarem as luzes para se dar inicio ao concerto, um deles sacou de uma metralhadora, enquanto os outros faziam a colecta dos bens e dinheiro transportado pelos espectadores (…) Tranquem sempre as portas e fechem os vidros quando eles se aproximarem e desconfiem do aspecto simpático, pois normalmente são perigosos criminosos.

Divulguem este e-mail o mais que puderem e ajudem-nos a combater esta praga, porque amanhã pode ser um de nós.

Tenente António Santos Alonso

Comando Central da PSP Porto

Direcção Nacional da PSP, 31 de Julho de 2009″

A mensagem tem além do mais um marcado teor racista com referencias a “ucranianos” de “metralhadora” em punho durante um espectáculo, algo que nos remete para certos dramas reais registados não muito tempo atrás na Rússia, mas que em Portugal nunca chegou a acontecer! Quanto à frase:

“Tranquem sempre as portas e fechem os vidros quando eles se aproximarem e desconfiem do aspecto simpático, pois normalmente são perigosos criminosos.”

Desconfiem “especialmente quando são simpáticos”??? E que fazer quando parecem antipáticos? Cobrimos-los de beijos e abraços?!

Fonte:
http://www.psp.pt/Lists/Notcias/MostraNoticia.aspx?ID=157

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Portugal | 7 comentários

2012 (a Profecia Maia): Nibiru, Tempestades Solares, Alinhamentos Planetários, Alinhamento com o Centro Galático e Inversões do Pólo Magnético: Hoaxes!

2012 é o “filme catástrofe” de R. Emmerich que agora chega às salas de cinema. O filme apresenta-se desde logo usando um calendário asteca para justificar a sua inspiração numa profecia… maia. Fico logo claro que tipo de fiabilidade científica iremos encontrar…

É verdade que os maias tinham uma concepção cíclica do tempo, e que 2012 era de facto o fim de um dos seus múltiplos ciclos de tempo, um ciclo começado no 4 Ahau 8 Cumku (exatamente a 11 de outubro de 3113 a.C.). Este ciclo deveria estender-se por 5125 anos e terminar efetivamente a 21 de dezembro de 2012. Mas para os maias, este ciclo não foi o primeiro, e após este, seguir-se-íam outros, numa sucessão infinita de ciclos, menores, dentro de outros maiores, ad aeternum! Em nenhum se antecipava uma destruição catastrófica do universo! Antecipavam-se caástrofes, cataclimos, é certo, após cada ciclo, mas não o fim desse curso contínuo de ciclos temporais…

1. O Sol está num momento de calma inédito desde que se têm dele registos detalhados. Tanto, que os especialistas já desistiram de prever quando é que poderá tornar a apresentar manchas solares… Mas mesmo que ele tornasse a despertar em 2012, e nesse ano se produzisse uma erupção solar massiva, como a registada em 1859, isso criaria muita perturbação, com colapsos massivos das redes elétricas e de comunicações, mas não o fim do mundo!

2. Numa reportagem emitida ontem no jornal da TVI, e logo vista por centenas de milhares de pessoas, dizia a “jornalista” que “alguns acreditam na existência de um planeta que chocaria com a Terra”. Alguns? Dito assim, até parece uma tese credível! Nada mais falso! Aliás, não foi à toa que a reportagem não interrogou nenhum astronómo ou cientistas, mas apenas Moisés do Espírito Santo, um reputado mitologista português… isto porque aos “jornalistas” interessava apenas a parte folclórica da história, não uma visão científica da mesma! Os “alguns” são os seguidores de um certo Zacharie Sitchin que inventou um planeta de nome Nibiru que – segundo ele – seria mencionado no relato mesopotâmico da Criação, o Enumma Elish e que regressaria ao Sistema Solar, vindo da sua órbita muito extrema, todos os 3600 anos. O problema é que se um “planeta” (isto é, um corpo celeste de dimensões comparáveis a qualquer um dos planetas interiores) passasse todos os 3600 anos perto das órbitas dos outros planetas, estas revelariam traços da sua passagem, e estes, simplesmente não existem! Pode haver um (ou vários) “Nibiru” por descobrir em órbitas muito para além da Cintura de Kuiper ou de Oort, mas não fazendo visitas regulares ao centro do Sistema Solar!

3. A 21 de dezembro de 2012, apenas Mercúrio e Vénus estarão alinhados. E estes alinhamentos nada têm de extraordinário, sendo pelo contrário, relativamente frequentes! Recordemo-nos que o efeito da gravidade diminui com a distância, e que mesmo que um alinhamento total se produzisse… nem sequer teria força suficiente para igualar uma maré viva provocada pela Lua.

4. O alinhamento da Terra com o centro da nossa galáxia ocorre todos os anos, em datas variáveis e não em cada 26 mil anos! E não, não poderá jamais produzir uma queda no interior do Buraco Negro que reside no núcleo galático, porque este se encontra a 50 mil anos-luz e como nada se move mais depressa que a luz, essa queda dificilmente seria rápida… para além de que nada faz antever tal colapso galático, claro!

5. Por fim, outra causa referida para o fim do mundo em 2012 é a inversão do pólo norte magnético. Isso já aconteceu várias vezes no passado, num ciclo ainda não compreendido e que por isso mesmo, tem escapado a qualquer previsão. O certo é que não há vestígios paleontológicos que liguem estas inversões de pólo magnético (ocorridas 400 vezes na Terra) com extinções em massa ou mesmo a qualquer outro tipo de perturbações geológicas de larga escala.

Categories: Ciência e Tecnologia, Filmes, Hoaxes e Mitos Urbanos, Mitos e Mistérios, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 29 comentários

O mistério da “Porta de Marte”

O nosso amigo Sá Morais alertou-nos para a descoberta de uma estranha estrutura na base de uma formação montanhosa em Marte. A imagem foi captada pela sonda norte-americana Mars Reconnaissance Orbiter e a sua singularidade foi notada pela primeira vez por um russo, leitor do site http://www.cnet.com, de nome Alexander Novgorodov. Na fotografia, o que chamou a atenção a Alexander foi uma abertura na lateral da montanha que se assemelhava muito a… Uma porta.

As implicações poderiam ser tremendas… Toda a montanha poderia ser artificial, além da própria porta. É claro que se poderia estar perante um improvável mas possível capricho da erosão, idêntico a tantos que se observam na Terra… Mas a montanha tem uma forma rara, em forma de lágrima, tem uma cobertura quase plana e encontra-se no meio de uma região onde esteve em tempos um dos maiores oceanos de Marte. A resolução de alguns metros dos pixels da sonda implica que a “porta” terá algumas dezenas de metros de altura. Ciclópica, mas possível de ser construída por qualquer uma das grandes civilizações da antiguidade terrestre. Será uma prova da existência de novas “Cidonias” (a mítica cidade marciana) no Planeta Vermelho? Uma pergunta que só poderá ser respondida com novas missões robóticas a Marte, planeta que infelizmente está a sair do foco, com todo este interesse renovado pela Lua e, em menor grau, por Europa e Titã. Para mal destes intrigantes mistérios marcianos.

Fonte:
http://sciencetrack.blogspot.com/2008_01_01_archive.html

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 12 comentários

A sonda lunar indiana Chandrayaan-I dá mais um golpe nos defensores do “Moon Hoax”

Os céticos quanto à realidade do programa Apollo, isto é, aqueles que acreditam no “moon hoax”, segundo o qual o Homem nunca foi à Lua e que todas as fotografias e filmes do programa Apollo foram produto de trabalho em estúdio, sofreram agora um novo golpe. Já em em junho, a sonda Lunar Reconnaissance Orbiter na NASA, tinha captado imagens da Apollo 15, no solo lunar. É claro que eram imagens da NASA, e houve logo quem viesse dizer que sendo da NASA, eram de uma fonte suspeita. Mas agora, a sonda lunar indiana também confirmou estas imagens, repetindo-as.

A sonda Chandrayaan-I – que parou recentemente de funcionar – numa fotografia que enviou para a Terra mostra claramente os trilhos do rover da Apollo 15 no solo lunar. Esta nova confirmação – recolhida depois das fotografias da sonda da NASA e dos raios laser que desde a década de 60 se enviam para os espelhos refletores deixados pelas Apollo – confirmam que o Homem foi mesmo à Lua…

Agora… Terá ido mesmo tantas vezes e se um único acidente mortal? Isso já é outra história…

Fonte:
http://www.gizmodo.com.br/conteudo/sonda-indiana-tira-fotografia-clara-da-apollo-15-e-agora-incredulos-do-pouso-lunar

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 1 Comentário

Hoax: A Caveira do Destino

A caveira de cristal conhecida como “Caveira do Destino” teria sido descoberta numas escavações em Lubaantún, em 1927. Supõe-se que teria sido descoberta pela filha adotiva do explorador britânico F. A. Mike Mitchell-Hedges no mesmo dia em que cumpria 17 anos de idade. Três meses depois, aparecia o maxilar de cristal, a uns 8 metros do altar onde fora encontrada.

Mitchell estava em Lubaantún procurando por provas de civilizações perdidas quando encontrou a caveira de cristal. Sem contexto arqueológico… E de facto, muitos suspeitam que – pelo menos – a caveira não foi encontrada nestas escavações, mas comprada no mercado negro ou simplesmente roubada a uma outra escavação.

De facto, em 1974, na África do Sul, Mitchell diria “também levámos connosco a sinistra Caveira do Destino, acerca da qual muito se tem escrito. De como chegou ao meu poder, tenho razoes para não o revelar (…) tem pelo menos 3700 anos e segundo a lenda o sumo sacerdote Maia usava-a para realizar rituais esotéricos. Diz-se que quando desejava a morte, esta produzia-se.” Diz-se… Diz-se… As circunstâncias suspeitas do achado, sem localização exata nem contexto arqueológico, as suspeitas quando à falsidade do achado (escavado? Comprado a um traficante de antiguidades?) adensam as suspeitas quanto à verdadeira origem desta caveira de cristal, assim como o rápido uso “comercial” (livros e conferencias) que recebeu, logo que foi “achada”. A própria capacidade técnica para a construir em tempos dada como “impossível” foi desmentida estando perfeitamente ao alcance da tecnologia de trabalho do principio do século XX. Tudo isto converge para que consideremos que a “Caveira de Cristal” seja um puro e simples… Embuste.

Fonte:

Mas Allá, junho 2009

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Mitos e Mistérios | Etiquetas: | 1 Comentário

Hoax: “No dia 27 de Agosto, à meia noite e meia, olhe para o céu, O planeta Marte será a estrela mais brilhante do ceu, e será tão grande quanto a lua cheia”

Segundo esta mensagem que anda por aí:

“O Planetario Internacional de Vancouver, da British Columbia – Canadá, calculou a precisão em que Marte estará orbitando perto da terra. Será no dia 27 de agosto de 2009.
Todavia, o mais interessante de tudo é que isto estava previsto em um código Maya, encontrado na piramide ao lado do Observatorio Estrelar em Palenque, Chiapas -México.

Com este cálculo matemático Maya, agora os Mayas estão sendo vistos como os gregos da America, e orgulho da Guatemala.
Pelo menos, quatro ou cinco gerações da humanidade não voltará a ver este fenomeno natural, e poucas pessoas sabem até o momento, embora tenha sido noticiado em 11 de maio de 2009.
Duas Luas no Ceu
No dia 27 de Agosto, a meia noite e meia, olhe para o ceu,
O planeta Marte será a estrela mais brilhante do ceu, e será tao grande quanto a lua cheia, e estará a 55,75 milhões de kilometros da terra.
Não perca!!
Será como se a terra tivesse duas luas, e este acontecimento só se produzirá no ano de 2287.
Divulgue esta informação, pois nem
todos terão a oportunidade de rever.”

Esta versão é uma tradução de um mail original, em inglês, que circula na Internet já há alguns… anos. Desde 2006, pelo menos. Naturalmente, ao ler que “Marte estaria tão grande como a Lua Cheia”, fiquei muito curioso e fui confirmar, pressentindo já o agridoce cheiro do… “hoax”.
A mensagem tem o seu fundo de verdade, como sempre nestas coisas. Marte e a Terra orbitam o Sol, e a distância entre eles vai mudando com o tempo. Em agosto de 2003, ocorreu a maior aproximação da História, com “apenas” 55 milhões de Kms, isto num máximo que pode chegar aos 400 milhões. De qualquer forma, não estamos em 2003 e o dia de agosto da mensagem omite o ano de propósito, já que não se travava de 2009, mas de 2003!

Contudo, ainda que estivéssemos em 2003, nem assim a mensagem seria verdadeira. A Lua dista da Terra uns “módicos” 385 mil Km, ou seja, Marte, na melhor das hipóteses (2003) pode estar a 144 vezes essa distância e logo, nunca poderá ter o mesmo tamanho visual que a Lua!

As duas órbitas afastam-se e aproximam-se todos os dois anos, devendo nova aproximação acontecer em finais deste ano de 2009, mas é claro que então… Marte continuará a ser apenas mais um ponto de luz no céu e nada da “estrela mais brilhante do céu” como alega tal mail…

P.S.: “Mayas” com “y”???

Fonte:
http://www.universetoday.com/2006/07/27/no-mars-wont-look-as-big-as-the-moon-in-august/

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos, SpaceNewsPt | 7 comentários

Hoax: “Chamo-me Catarina Pinto, tenho um filho com 15 meses chamado Francisco”

Não me mandam muitas coisas destas (infelizmente, parece que já toda a gente sabe que sou um cético), mas enfim, uma certa alma caridosa lá fez o favor de enviar a mensagem que segue mais abaixo:

“Enviem p.f. ao maior nº de pessoas …
Centro Hospitalar Baixo Alentejo, EPE
Hospital José Joaquim Fernandes – Beja
Rua Dr. António Fernando Covas Lima
7800-309 BEJA
‘Chamo-me Catarina Pinto, tenho um filho com 15 meses chamado Francisco.
Desde os primeiros dias de vida tem sido extremamente difícil alimenta-lo, rejeita todo o tipo de alimentação, não por reacção alérgica mas por não querer.
Tem sido sempre acompanhado pelo Hospital Fernando Fonseca onde já lhe fizeram todo o tipo de exames e não conseguem nenhum tipo de diagnostico, já foi alimentado por umas sondas mas nem por isso aumentou de peso.
Com 15 meses pesa apenas 6.900 gramas. Peço que alguém que tenha conhecimento de algum caso igual ou semelhante que me contacte imediatamente para que eu possa saber de que maneira poderei ajudar o
meu filho.
Muitíssimo Obrigada

Ana Cristina Pinto
Tel.: 962439830

Serviço SOS Criança
Instituto de Apoio à Criança”

Desde logo a mensagem cumpria vários requisitos normalmente presentes nas mensagem de “correntes” de “hoaxes” (mitos urbanos): o apelo ao envio a toda a lista de mails, o apelo a um drama humano e até a referencia a um telemóvel e a nomes. Contudo, como em todos os outros casos idênticos que me foram chegando à caixa de correio ao longo dos anos: era falso.

Isso pude certificar quando enviei uma mensagem ao “SOS Criança” do Instituto de Apoio à Criança, uma entidade real e muito empenhada neste tipo de questões, que apenas para imprimir credibilidade ao “hoax” aparecia em rodapé. Esta entidade confirmou cabalmente que se tratava de uma invenção, de mais uma brincadeira de mau gosto, como tantas outras que circulam na Internet:

“A equipa do SOS Criança informa que em relação ao email enviado ao nosso serviço, os dados que recolhemos indicam que é falso.”

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | 2 comentários

Desmascarando Uri Geller…

Quem gosta de um bom espectáculo de prestidigitação, gosta também de saber como se realizam alguns daqueles truques. Quem quiser saber algumas respostas pode ver este vídio para conhecer – entre outros – o truque da colher dobrada “pelo poder da mente” de Uri Geller…

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Ilusionismo | 1 Comentário

Hoax: Sobre a “Criatura” dos esgotos de Raleigh (Carolina do Norte)

Pode parecer incrível, mas atualmente, um dos vídeos mais populares no Youtube é este aqui, mais acima. De facto, é um fenómeno tão extraordinário que durante o momento mais alto do impacto mediático da morte de Michael Jackson conseguiu mesmo bater a popularidade dos vídeos Thriller no Youtube e esse não foi um feito fácil… como se pode ver nos noticiários televisivos desta semana, onde MJ apareceu vezes e vezes sem conta… De facto, no mais alto pico do impacto mediático da morte de Jackson em apenas dois dias mais de 3,3 milhões de pessoas tinham visto esse vídeo.

O vídeo terá sido gravado numa tubagem dos esgotos municipais da cidade de Raleigh, no Estado norte-americano da Carolina do Norte no dia 27 de abril de 2009 e demonstra uma “forma de vida” desconhecida. Supostamente. A criatura foi filmada por uma “snake camera” dos serviços municipais de esgotos e saneamentos que procurava obstruções ou fugas nas canalizações e que numa zona designada de “Cameron Village” encontrou esta estranha “criatura” com o tamanho aproximado de uma bola de ténis.

Entretanto, o mistério (para cuja existência fomos alertados pelo nosso amigo Sá Morais) parece ter sido resolvido. Segundo um responsável da autarquia, os biólogos da sua equipa teriam confirmado que a “criatura” seria de facto uma colónia de vermes tubulares. De facto, estas criaturas que mais popularmente são conhecidas como “minhocas” e conseguem sobreviver em ambientes de baixo teor de oxigénio e em locais de elevada poluição onde mais nenhum tipo de vida consegue sobreviver. Condições compatíveis com um esgoto… Colónias idênticas têm sido localizadas com relativa frequência em esgotos municipais um pouco por todo o mundo preferendo os pontos de junção dos tubos, como o caso aqui filmado e respondendo ao calor emitido pela luz da câmara.

A tubagem em particular não pertence à rede pública, mas à empresa privada que rege “Cameron Village” pelo que terá que ser esta a remover a “criatura” da tubagem. Na falta de notícias subsequentes, podemos presumir que esta ainda lá se encontra… palpitando e… crescendo.

Fonte:

http://www.news14.com/content/local_news/triangle/611427/raleigh–sewer-creature–surprises-city-officials/Default.aspx

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | 13 comentários

Hoax: O Leite Repasteurizado. Ou não…

Uma das mensagens que percorre agora a Internet portuguesa, por correio eletrónico e na blogoesfera, tem como suposta origem a “Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos da Escola do 1 Ciclo do Ensino Básico nº 1 de Miratejo”. A mensagem alega conter um extrato do boletim dessa associação, distribuído em fevereiro de 2007 com o título “Aos pais e encarregados de Educação: Pacotes de Leite”.

Este é o seu conteúdo:

“Muita atenção quando forem comprar leite em embalagem! Ficámos a saber, por fontes seguras, que por não serem vendidas até determinado prazo, os pacotes de leite voltam para a fábrica para que o leite seja repasteurizado! Isto pode ocorrer até 5 vezes, o que acaba por deixar o leite com um sabor diferente, aumentando a possibilidade de coalhar e reduzir significativamente a sua qualidade, já que o teor nutricional diminui. Ao voltarem para as prateleiras dos supermercados, o pequeno número que está marcado na figura acima com o círculo vermelho é alterado. Este número varia de 1 a 5 e o ideal é comprar até o número 3. Acima de 3, a qualidade do leite já não é boa. Este pequeno número fica localizado no fundo da embalagem. Ao comprar uma embalagem fechada, basta verificar apenas um pacote, todas os outros terão a mesma numeração.

Por exemplo, se uma embalagem tiver o número 1, significa que é a primeira vez que sai da fábrica e chega ao supermercado para a venda final. Se já o número 4, significa que já foi repasteurizado 4 vezes e depois voltou para o supermercado para a venda final e assim por diante…

Dêem mais atenção, principalmente, quando a oferta for muito boa. Geralmente, o supermercado faz promoções do leite…. para os produtos que já passaram várias vezes por esse processo, os que apresentam os números 4 e 5.”

Ora isto é… Hoax (mito).

Isso mesmo é referido em várias fontes na Internet e que indicam que a mensagem deriva diretamente de um hoax lançado primeiramente na América Latina em meados de 2007 (talvez no Uruguai), chegando apenas agora a Portugal.

A mensagem original referia as embalagens Tetra Brick e era a seguinte (em castelhano):

“¿Sabes que la leche en cartón que no se vende dentro del plazo de caducidad regresa a la fábrica para ser re-pasteurizada y vuelve al supermercado de nuevo?

Increíble ¿verdad?. Pues la Ley permite a las centrales lecheras repetir este ciclo hasta 5 veces, lo que termina dejando la leche casi sin sabor y con una significativa reducción de su calidad y valor nutricional.

Cuando la leche llega al supermercado para la venta al consumidor final, el cartón debe exhibir un pequeño número que está marcado en su parte inferior.

Ese número varia del 1 al 5.

Lo más que se debe tolerar es comprar leche hasta el número 3, es decir, leche que ha sido re-pasteurizada 2 veces, recomendándose no comprar cartones de leche cuyo número sea 4 ó 5 ya que ello significa que la calidad de la lecha estará degradada.

Si compras una caja cerrada, basta verificar el número de la caja ya que todos los cartones en su interior tendrán la misma numeración. Por ejemplo, si un cartón tiene el número 1, significa que es la primera vez que sale de la fábrica y llega al supermercado para su venta, pero si tiene el número 4, significa que caducó 3 veces y que fue re-pasteurizada 3 veces volviendo al supermercado para tratar de ser vendida y así sucesivamente…

Así es que, ya sabes, cuando compres leche, mira el fondo del cartón y no compres cajas que tengan los números 4 ó 5, y para los más escrupulosos, ni siquiera el 3!

Busca en tu heladera, toma un cartón y comprueba el número, dudo que encuentres el 1 o el 2

*SI TIENES CONCIENCIA CIUDADANA, DIVULGA ESTE MENSAJE!!*”

As coincidências entre as duas mensagens são evidentes e a pura inserção “credibilizante” da sua origem num boletim noticioso de associação de pais é nitidamente uma alteração local. A esta propósito, foi engenhoso fazer esta introdução, já que a Associação existe mesmo mas não tem email nem site web, nem sequer blogue, ainda que seja referida em várias. Por essa razão, não foi possível conferir aqui da veracidade da origem deste “alerta”…

Porque acreditamos que se trata de um hoax? Em primeiro lugar, porque não há no suposto alerta nenhuma referencia para nenhuma fonte oficial ou jornalística. A adição de um pedido de reenvio de um “alerta” à lista de contactos pré-configura um comportamento típico deste tipo de “hoax” e é um argumento adicional para a identificação deste alerta como um hoax.

Mas sobretudo, aquilo que permite identificar a mensagem como um hoax é o facto daquilo que aqui surge listado não ser verdadeiro. Não há qualquer relação entre os números impressos no fundo da embalagem e a qualidade do leite nela conservada. Os números de 1 a 5 são – segundo a Tetra Pak – parte do processo industrial de fabricação das embalagens, não da colocação de leite.

Em segundo lugar, tecnicamente, a reutilização de embalagens Tetra Pak é impossível. Nem durante a validade do leite, nem depois desta ter terminado, já que a máquina-ferramenta que faz a introdução do leite nas embalagens só as consegue trabalhar vazias, na forma de uma longa bobine, pegadas umas às outras.

Os referidos números de 1 a 5 referem-se aquilo a que empresa chama de “número de ordem de produção” que resulta de um pedido de fabricação por parte de uma empresa cliente (por exemplo, a Mimosa). Cada pedido recebe um número sequencial e estes números fazem parte desta sequência, indicando a posição da bobina, nada mais.

Fontes:

http://www.tetrapak.cl/tetrapak_publicaciones_salaprensa_20070511_envaseleche.php

http://www.tetrapak.cl/docs/tetrapak/comunicado_oficial_tetrapak.pdf

http://www.vsantivirus.com/hoaxes.htm

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos | 8 comentários

Michael Jackson morreu…

ver AQUI

e desta vez não é mito (hoax), como destoutra AQUI.

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Sociedade | Etiquetas: | 12 comentários

Descobriram a Atlântida no Google Earth?

Foi graças ao Google Earth que foi descoberta uma rede de linhas nas profundidades atlânticas a perto de mil e duzentos quilómetros das Canárias. As imagens que podem ser vistas por todos nos seus computadores revelam um rectângulo perfeito com varias centenas de quilómetros de lado e foram descobertas na ferramenta da Google por um engenheiro aeronáutico de nome Bernie Bamford.

As coordenadas da descoberta são 31 15’15.53N 24 15’30.53W e correspondem a um dos locais onde a tradição coloca a desaparecida civilização da Atlântida. Segundo o “Times e Crítias” do filósofo ateniense Platão, o continente ter-se-ía afundado no Atlântico (“além das Colunas de Hércules”) numa data que corresponde a cerca de dez mil anos a.C.

A descoberta merece toda a atenção da comunidade científica, admite Charles Orser, da Universidade de Nova Iorque que afirma: “o local é um dos lugares mais conhecidos como possível localização da Atlântida, e merece certamente um olhar mais atento”.

O local foi encontrado pela utilização do “Google Ocean”, uma extensão do Google Earth que permite explorar o fundo dos oceanos e que contém milhares de imagens, captadas em expedições oceanográficas, contribuir com fotografias, e conhecer detalhes sobre os locais que visionam. Como o Google Sky, a ferramenta não tem um intuito monetário imediato, procurando antes do mais capitalizar tráfico para o serviço principal do Google Maps, onde existem já mecanismos de monetarização montados e lucrativos. É claro que a ter fé em E. P. Jacobs (“O Segredo da Atlântida” da série Blake & Mortimer) não seria impossível que houvesse aqui, ao largo das Canárias, uma civilização submarina atlante disposta a figurar com anúncios nos sistemas comerciais de mapas e geolocalização…

A localização da Atlântida perto das Canárias é concordante com as teses do autor francês Robert Charroux que alegava que os guanches, os habitantes das Canárias massacrados pelos espanhóis até à total extinção, eram os descendentes do afundamento da Atlântida e que a sua religião naturalística e matriarcal era testemunho dessa antiga civilização mítica perdida entre as ondas do Atlântico e agora talvez redescoberta via… Google Earth.

P.S.: E ainda havia que dissesse que o Google Earth não servia para nada…

Fonte:
http://www.telegraph.co.uk/scienceandtechnology/technology/google/4731313/Google-Ocean-Has-Atlantis-been-found-off-Africa.html

Categories: História, Hoaxes e Mitos Urbanos, Informática, Mitos e Mistérios | Etiquetas: | 9 comentários

Terão enviado mensagens SMS a partir do voo AF447 da Air France?

Existem diversos relatos, publicados na imprensa brasileira a partir de um um artigo publicado em Portugal pelo “Jornal de Notícias” segundo os quais alguns passageiros do voo AF477 quando se aperceberam de que algo estaria muito mal com o Airbus teriam enviado mensagens “Eu te amo” e “Estou com medo” aos seus familiares. A notícia, no JN, surje confirmada pelo presidente do sindicato das empresas aeronáuticas do Brasil, Ronaldo Jenkins que, segundo o Jornal de Notícias: “O presidente do sindicato das empresas aeronáuticas do Brasil, Ronaldo Jenkins, que teve acesso à zona restrita onde os familiares das vítimas acompanham o desenrolar das operações, confirmou ao JN que as SMS foram enviadas pelos passageiros.

Estas mensagens de SMS teriam sido enviadas quando o avião sobrevoava o arquipélago de Cabo Verde, ou mais especificamente, a Ilha do Sal. E é aqui que reside o primeiro problema da história… É que o avião terá caído no Atlântico, a muitas centenas de quilómetros da ilha do Sal (ver AQUI) e logo muito para além do alcance máximo de uma antena de GSM (35 km) e em pleno Atlântico, simplesmente não há torres de telemóvel.

Mas o maior problema desta história do JN está em que… O dito sindicato publicou uma breve nota onde afirma que o seu presidente nunca prestou tais declarações ao Jornal:

“SNEA nega informação sobre mensagens de passageiros

Diferentemente que foi divulgado por uma publicação portuguesa, não partiu do diretor técnico do SNEA, Ronaldo Jenkins,  a informação de que passageiros da voo AF 447 da Air France teriam enviado mensagens de celular para os familiares quando perceberam problemas com a aeronave.

Esta informação foi levantada por um repórter e descartada pelo diretor do Sindicato, que considera praticamente impossível que tais mensagens tenham sido enviadas por celulares convencionais, exceto se houvesse algum  link por satélite.”

Ou seja, um jornalista do JN ouviu o rumor (fundado em diversos relatos de familiares que diziam ter ouvido o “som de marcação” ao ligar para os seus entes queridos), pergunta a Ronaldo Jenkins se teria sido possível enviar SMS do avião e tendo ouvido o “praticamente impossível”, agarram-se ao “praticamente” e adulterando completamente a notícia, dão como confirmação aqui que, de facto, foi uma negação… Mau jornalismo, sensacionalista, na melhor das hipóteses, ou meramente fraudulento, na pior. A notícia (falsa) teve logo um imediato eco em várias fontes noticiosas, chegando a televisões brasileiras a vários meios de comunicações estrangeiros (norte-americanos e dinamarqueses, entre vários).

A notícia começou a parecer falsa logo que o brigadeiro Mauro Gandra, antigo ministro da Aeronáutica e antigo diretor-geral do Departamento de Aviação Civil, quando confrontado com esta notícia tinha já dito que “seria muito difícil transmitir mensagens por telefone móvel, já que o avião estava fora do alcance das torres de transmissão”. Mas há também a questão do bom senso… Como acreditar que alguém, dentro de um avião em queda livre (aparentemente vertical), conseguir tirar o telemóvel, ligá-lo, inserir o PIN, escrever a mensagem (por curta que fosse) e enviá-la, tudo isto em cinco minutos e com grande confusão e pânico?

A notícia (falsa) pode também ter tido as suas origens no facto de sistemas automáticos de alerta terem enviado informações sobre avarias sucessivas para Paris, usando o Aircraft Communication Addressing and Reporting System (ACARS) durante os últimos cinco minutos de voo, mas este sistema de “mensagens que, de facto, consiste no envio bruto de uma série de mensagens de código como NAV ADR DISAGREE (indicando conflitos entre sistemas de voo) ou ADVISORY (Code 213100206) que significa”cabin vertical speed warning” são enviadas não por SMS/GSM, mas por rádio frequência (VHF ou Satélite).

É claro que várias companhias aéreas estão hoje em dia a permitir o envio de SMS, MMS e e-mail a partir dos seus aparelhos (ver AQUI), mas de forma limitada, mas apenas no Airbus A318 e em voos europeus (o sistema ativa-se automaticamente a partir dos 3 mil metros), logo, não neste voo AF447.

Há uma possibilidade de envio de SMS nestas condições: O uso de um telemóvel satélite como os da Iridium (os mesmos que permitiam ao governo angolano localizar e abater Savimbi), mas não há qualquer indicação de que um tivesse sido usado no AF447, além da natural e já citada objeção de que demora muito tempo a ligar um equipamento destes, sobretudo sendo um telefone por satélite, que só para arrancar demoram uns bons 40 segundos (ver AQUI) e que como funcionam com sinais muito fracos têm fracos desempenhos com aviões deslocando-se a velocidades de cruzeiro e ainda por cima colocados dentro de uma carlinga que isola por parte dos sinais de rádio que vêm do exterior. Logo, devemos descartar também esta derradeira possibilidade..

O envio de SMS por GSM a partir de um avião não é impossível, mesmo sem recurso aos sistemas OnAir usados pela Air France e pela companhia aérea dos Emiratos. Isso mesmo ficou provado quando os passageiros do avião do “Flight 93” do 11 de setembro enviaram várias mensagens aos seus familiares (outra possível inspiração para esta história). Mas aqui, o avião sobrevoava várias torres de telemóvel, voava a uma velocidade inferior e, sobretudo, os passageiros tiveram mais tempo para reagir e tudo não aconteceu de súbito, às três da manhã de um voo intercontinental…
Fontes:
http://tvi.com.br/v2/noticias/noticiasExibir/0,NTVI,7,11,230,3432,EX-1,PASSAGEIROS+DO+VOO+AF447+ENVIARAM+SMS+AOS+FAMILIARES+DIZ+JORNAL.html
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1250367
http://en.wikinews.org/wiki/Passengers_on_Air_France_Flight_447_sent_text_messages_to_family_members_before_plane_disappeared?curid=127258
http://www.vg.no/nyheter/utenriks/artikkel.php?artid=544084
http://en.wikipedia.org/wiki/Air_France_Flight_447
http://www.huliq.com/1/81656/authorities-locate-air-france-missing-plane
http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/passageiros_da_air_france_podem_enviar_sms_a_883935.html
http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2008/02/08/air_france_permite_uso_de_celular_envio_de_sms_mms_em_pleno_voo-425538641.asp

Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos | Etiquetas: | 3 comentários

Deitaram orgone na barragem de Cahora Bassa e… foram presos

Deitaram aqui orgone. Se ele existisse. Em http://www.globaleye.org.uk

Deitaram aqui orgone. Se ele existisse. Em http://www.globaleye.org.uk

“Um português está entre os quatro homens detidos em Abril pelas autoridades moçambicanas por deitar uma substancia química nas aguas de Cahora Bassa, província de Tete. Carlos Silva e três cidadãos do Botswana, da Alemanha e da África do Sul assumem ter colocado “orgone” na albufeira da barragem. Na verdade, a dita substância não existe e é apenas um conceito de Wilhelm Reich que se traduz por “energia universal”. O grupo, que pertence à seita “Guerreiros do Orgone”, diz querer levar “energias positivas” ao país. O ministério público moçambicano não ficou convencido com a explicação e prossegue as investigações.”

Confesso que quando vi nas televisões esta intrigante notícia de que quatro estrangeiros tinham sido detidos em Moçambique com a acusação de “estarem a envenenar às águas da barragem de Cahora Bassa” tinha ficado curioso. A notícia cedo desapareceu das agendas telejornalísticas (mais ocupadas em detalhar pormenores da vida íntima de Ronaldo) e ficou na boca a sensação desagradável que não fora contada toda a história… E ei-la aqui, contada no jornal Sol, provando que o modelo de informação jornalística que nos querem impingir como incontornável de jornais gratuitos e televisões, sem jornais nem revistas “pagas”, serve apenas para acefalizar a informação e imbecilizar as massas.

A notícia tem assim muito mais substancia… Não pelo orgone, substancia inexistente e fruto da mente perturbada de Wilhelm Reich, mas pelo sentimento racista e pela incultura total que os responsáveis judiciais moçambicanos assim demonstram. Não é a primeira vez que surgem na imprensa moçambicana indicações da existência de um “racismo branco”. Esse é de novo o caso… Depois de múltiplos artigos sobre a vendas de explorações agrícolas a brancos de origem zimbabweana, sul africana e portuguesa, esta notícia sobre “quatro estrangeiros que envenenam as águas de Cahora Bassa” demonstra o mesmo tipo de sentimento xenófobo. Aparentemente, os órgãos judiciais moçambicanos embarcaram na mesma onda popular, ignorante (como todos os racismos) e xenófoba, já que deram à acusação o crédito suficiente para deterem e processarem os estrangeiros.

Fonte:
Jornal Sol de 9 maio de 2009

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Mitos e Mistérios, Política Internacional | Etiquetas: | 10 comentários

Site no WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)