Futebol e Corrupção

Santana Lopes: o único momento em que Santana não foi Santanaz…

A única vez (que me lembro!) em que estive de acordo com Santana Lopes

Alguma vez haveria de ser…

E de facto, estamos com Santana na sua revolta perante a forma abjecta com que foi tratado na SIC Notícias (e logo nesta!) por “imposições de alinhamento” que consideram mais “Notícia” a Não-Notícia da chegada ao aeroporto de um treinador de Futebol, ainda que Mourinho, que a crise interna do segundo maior partido português, aquele que neste pantanoso sistema de “Rotativismo” que nos rege nos irá inevitávelmente Governar daqui a uns anos.

São este tipo de prioridades – mais impostas pelas TVs – do que pelos tele-espectadores que radicam boa parte dos males da nossa Sociedade:

Esta obsessão pela “Bola” que nos fez construir 10 inúteis estádios babilónicos para o Euro2004 e que alimentam um sem número de histórias inconsequentes de Corrupção.

Categories: Futebol e Corrupção, Política Nacional, Portugal | 11 comentários

O TabletPC e o comentador desportivo…

De vez em quando, dou-me ao trabalho de ver alguns “programas desportivos”, isto é, aquelas coisas em que uns tipos barrigudos e de bigode/carecas (as três características parecem ser cumulativas) falam sobre um Desporto que não praticam a não ser com o polegar quando fazem Zap no telecomando. Aqui, um tipo qualquer, com cabelo gelatinado e óculos de intelectual lutava contra um TabletPC e tentava reproduzir no seu écran táctil os movimentos dos jogadores de um qualquer jogo de futebol. O “perito” em bolalógica tentava fazer deslocar pelo écran do tablepc bolinhas representando os jogadores do Sporting ou do FCP e enquanto lutava com a caneta e tentava acertar nas bolinhas apertava a língua entre os dentes e fazia “hã…” e “hum…” criando alguns momentos televisivos verdadeiramente sublimes…

Pergunta: mas qual acham eles que é o interesse de ver um tipo de fato e gravata na televisão a fazer uns barulhos e gargarejos? Durante a segunda guerra do Golfo, o Nuno Rogeiro também tentou equilibrar-se sobre um TabletPC com idêntico sucesso. Ao fim de duas tentativas, o Nuno Rogeiro lá percebeu que aquilo podia ser engraçado mas que não fazia lá grandes momentos de televisão e nunca mais levou um tabletPC para o ar… Agora, só falta este comentador desportivo aprender a mesma lição…

Categories: A Escrita Cónia, Futebol e Corrupção, Sociedade Portuguesa, sQuids S1 | 7 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Citações de Gedün Chopel (2)

“Em todos os momentos da copulação as mulheres sentem a felicidade final. Quando um casal copula várias vezes, na primeira vez o fluido regenerativo do homem é emitido rapidamente, sendo a paixão deste mais intensa. Porém, as mulheres são o oposto, dizem que na primeira vez a sua paixão é pouco intensa, intensificando-se nas vezes seguintes. Portanto, os homens que não emitem o seu fluido regenativo durante muito tempo e cuja potência fálica não diminui rapidamente, proporcionam à mulher as glórias da paixão. Isto é o que os grupos de mulheres dizem dentro do lar.”

Fonte:

“Tratado da Paixão, A Arte Tibetana do Amor e Yoga Tântrico”

Gedun Chöpel

Editora Prefácio, 2001

Já experimentou a prática do Sexo Tântrico?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 2 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Citações de Gedün Chopel (1)

“A paixão de um homem é leve e fácil de despertar; a paixão de uma mulher é profunda e dif´cil de despertar. Logo, se precisarmos de, intencionalmente, despertar a paixão de uma mulher através de vários métodos passionais, dizem que os lábios vaginais e os nervos internos, a pele do lado direito e do esquerdo da boca da vagina, a buca do útero e os mamilos ficam erectos e entumecidos quando a paixão é gerada. Para os homens todo o falo, a região púbica e os sítios peludos sentem a felicidade quando a paixão é gerada. Um nervo essencial encontra-se na frente do falo.”

“Além disso, a felicidade das mulheres espalha-se intensamente pelo corpo todo e não é identificável. Elas sentem a felicidade em todo o lado, no umbigo, na parte de cima das coxas, dentro da vagina, na porta do útero, no ânus e na zona à volta das nádegas. Em resumo, todo o interior e exterior das partes inferiores do corpo de uma mulher são impregnados pela felicidade e, como ela pode sentir tamanha felicidade, dizem que todo o corpo de uma mulher é o órgão feminino.”

“Todos os sistemas de esclarecimento discordam sobre se as mulheres têm ou não uma emissão regenerativa. No “Sutra do Ensinamento de Nanda sobre como Entrar no Útero”, e nos Tantras das Escolas da Nova Tradução, diz-se que as mulheres têm um fluido regenerativo. Os seguidores do mestre Babhravya explicam que, logo desde o início do acto de copulação até ao fim, as mulheres têm uma emissão regenerativa. Por isso, dizem que, se calcularmos o prazer da paixão, a mulher tem um cêntuplo mais do que o homem. Porém, outros dizem que a segregação feminina durante o acto sexual é confundida com o fluido regenerativo.”

 

Fonte:

“Tratado da Paixão, A Arte Tibetana do Amor e Yoga Tântrico”

Gedun Chöpel

Editora Prefácio, 2001

Já experimentou a prática do Sexo Tântrico?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 2 comentários

O Director Nacional da PJ, Alípio Ribeiro, que declarou numa entrevista ao Expresso lamentou que “nem a Liga Portuguesa de Futebol Profissional nem a Federação Portuguesa de Futebol tenham colaborado na luta contra a corrupção no desporto, no âmbito do processo Apito Dourado”


(Expresso)

Foi o próprio director nacional da PJ, Alípio Ribeiro, que declarou numa entrevista ao Expresso lamentou que “nem a Liga Portuguesa de Futebol Profissional nem a Federação Portuguesa de Futebol tenham colaborado na luta contra a corrupção no desporto, no âmbito do processo Apito Dourado”.

Esta falta de colaboração é tão evidente e clamorosa que merece uma confissão pública de alguém que ocupa um cargo de tão alta responsabilidade como o de Director Nacional da Judiciária e reflecte que a Corrupção não é um fenómeno lateral ou secundário ao Futebol, mas algo de intrínseco e profundamente presente em todos os escalões dirigentes do Futebol português.

Alípio Ribeiro mencionou também um fenómeno que sempre me causa muita estranheza e que é a presença de Juízes Desembargadores em actividade nos chamados “órgãos de justiça desportiva”. Estes senhores se têm tempo para dirimir sobre “causas desportivas” também o têm para as causas cíveis e criminais para que lhes pagamos (dos nossos Impostos) e que deviam ser o seu primeiro e único Dever cívico.

E se lhes falta a decência e a dignidade bastantes para se afastaram deste pantanal de corrupção que é o “Mundo da Bola”, então, compete ao Legislador emitir as Leis que os obriguem a agir com a decência que – manifestamente – não têm.

Fonte: TSF

Acha que a Corrupção está generalizada no Futebol português?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, sQuids S1 | 2 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (5)

De acordo com os ensinamentos presentes no texto budista tântrico Kalachakra Tantra, as práticas do chamado “Sexo Tântrico” só podem ser executadas quando estiverem cumpridos aos quatro seguinte pré-requisitos (seguindo a compilação de Paulo Borges na sua introdução ao “Tratado da Paixão”):

“a) haver exercitado o espírito na via comum;
b) haver perfeitamente recebido a iniciação para tal;
c) manter a observância dos preceitos e votos a ela inerentes
d) o homem e a mulher estarem no mesmo nível de realização.

Sem isso, diz-se que a prática prematura desta via de realização conduz a renascer num inferno, onde se permanecerá durante um tempo indeterminado.”

Daqui se infere que aplicar os ensinamentos tântricos desligados de qualquer prática espiritual, isto é, isentando-os do seu patente e essencial conteúdo religioso, é fazer mais do que desvirtuar ou esvaziar estes ensinamentos, é correr o risco de atrair a si uma pesada carga kármica… É provocar o próximo renascimento numa das realidades mais adversas que a doutrina budista acredita existir e cuja tradução costuma ser feita para “inferno” (sendo que no budismo tibetano se acredita na existência de diversos “infernos”, com condições inclementes em grau crescente).

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 10 comentários

Porque é que as queixas contra violências várias e continuadas por parte de elementos das claques de futebol continuam impunes e recebem geralmente a classificação de “arquivado”?


(http://www.ptbox.com)

Porque é que as queixas contra violências várias e continuadas por parte de elementos das claques do FCP continuam impunes e recebem geralmente a classificação de “arquivado”? Um director da PJ admitiu que por detrás do fenómeno “poderão haver cumplicidades” e neste domínio o caso do jornalista Marinho Neves, que em 1994 foi espancado por elementos de uma claque portista serve de exemplo paradigmático… Embora tivesse fornecido à PJ fotografias e até os nomes dos agressores e quatro testemunhas, o processo seria arquivado em menos de 20 dias por “falta de provas”…

É verdade que quase todos os portugueses têm preferências clubísticas (menos eu, dois tipos que viveram no século XI em Freixo-de-Espada-à-Cinta e um cão cego e perneta que foi abandonado nas Berlengas em 1998), e será que foram estas que estiveram na base destes estranhos arquivamentos e dos avisos dados a Pinto da Costa e que o levaram a voar para Espanha fugindo aos inspectores da PJ?

Quero acreditar que não!… Mas conhecendo a influência (perniciosa) que a Paixão pela “Bola” tem nos portugueses…

Sei lá!

Acredita que as preferências clubísticas poderão estar detrás destes arquivamentos?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, sQuids S1 | 18 comentários

Da Verdadeira “mina” do “Apito Dourado”: As verbas astronómicas das transferências de jogadores


(Gibraltar: http://www.gsl.ru)

Parece que afinal de contas, o depoimento de Carolina Salgado à Polícia Judiciária foi “inútil”… Os inspectores procuravam “informações sobre os negócios escondidos nas transferências de jogadores” (…) “no volume de interesses que o Futebol move, as compras de árbitros para influenciar resultados, tão faladas agora, são bagatelas. Nos contratos dos craques é que desaparecem milhões e ninguém sabe onde estão.” afirmou ao Expresso Alípio Ribeiro, o director da PJ.

Ou seja, os métodos que José Veiga pode (?) ter usado na nebulosa transferência de João Pinto estão longe de terem sido excepcionais, ao que suspeita a Judiciária… Complicado é demonstrar em Tribunal a sua existência, já que esta malta da “Mafia da Bola” se especializou em esquemas de ilusão usando Off-Shores cruzados e empresas fictíciais cuja existência se esgota numa caixa de correio algures nas Bahamas ou em Gibraltar…

E que não se pense que só o Sporting e José Veiga andaram metidos nestes torvelinhos… O Esquema está aparentemente difundido entre todos os grandes clubes de futebol e entre os principais “empresários” do ramo, ao que suspeita a PJ…

Acredita que o fenómeno da Corrupção está generalizado no Futebol português?
1) Sim
2) Não

View Results

Categories: Futebol e Corrupção, sQuids S1 | 3 comentários

O método “sussuro de ombro” de Pinto de Sousa e Valentim Loureiro no “Apito Dourado”


(http://sic.sapo.pt)

Segundo O Jornal Expresso de 23 de Dezembro Valentim Loureiro e o ex-presidente do Conselho de Arbitragem, Pinto de Sousa teriam forçado um funcionário da Informática da FPF a alterar as classificações dos árbitros para favorecer a selecção de “árbitros amigos” do Gondomar e do Boavista em jogos destes clubes.

A notícia em si não é nova nem inclui nenhuma novidade… Mas imaginem agora os dois “piratas da Bola” debruçados sobre o ombro do desgraçado que agora queimaram inglóriamente (e a troco de nada, possivelmente…) sussurando-lhe: “vá-lá, dê lá um jeitinho, sim, esse aí. Não, esse não, outro, outro.”

Não é patético? E revelador do baixo nível dos “Donos da Bola” que infectaram o Futebol português? Ou seja, os meliantes catrafilavam a selecção de árbitros através de um método tão pouco subtil e flagrante como o “sussurro de ombro”… E pensava eu que havia um “sistema” ou um acesso directo às bases de dados ou uma outra coisa qualquer mais engenhosa. Afinal…

E aposto que a “base de dados” é apenas uma folha de cálculo em Excel…

Vai uma aposta?

Qual é a sua preferência clubística?
1) Benfica
2) Boavista
3) F. C. Porto
4) Sporting
5) Outro

View Results

Make your own poll

Categories: Futebol e Corrupção, sQuids S1 | 11 comentários

Sobre a escala do processo “Apito Dourado”


(http://www.correiomanha.pt)

Segundo o Jornal Expresso o processo “Apito Dourado” recentemente tomado em mãos pela “Procuradora Espacial” Maria José Morgado reuniria um total de:

27 dirigentes desportivos

110 árbitros

28 funcionários da Liga e da FPF

2 autarcas

4 empresários

E sabe-se que no caso particular dos autarcas e dos empresários o número envolvido é muito inferior ao número real, pela dificuldade em obter prova neste tipo de casos de Corrupção…

De qualquer modo, a amplitude da lista de dirigentes desportivos e de árbitros diz tudo sobre a escala do fenómeno da Corrupção Desportiva em Portugal, sobre a sua penetração e amplitude e sobre o carácter vicioso e torpe de que se reveste a “Bola” em Portugal.

Esperemos agora é que perante tamanha montanha de processos (81) estes não comecem a desaparecer entre comarcas ou que simpatizantes de um ou de outro Clube ou Dirigente não bloqueiem o Processo… Desde já, sabemos que certos “Parecedores” de serviço já andaram a catar inconstitucionalidades para safarem da Choldra os amigos, e sabemos também que alguém da magistratura andou a avisar Pinto da Costa para este safar à detenção.

Isso, não me dá grande optimismo quanto à conclusão destes processos… Embora pessoalmente tenha muita fé nas capacidades de Maria José Morgado.

Acha que o Apito Dourado vai resultar em condenações e penas de prisão?
1) Sim
2) Não

View Results

Make your own poll

Categories: A Escrita Cónia, Futebol e Corrupção, Sociedade Portuguesa, sQuids S1 | 4 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (4)

Como escreve o Dalaï Lama em “O Budismo Tibetano”, durante a União Sexual os elementos vitais sediados no topo do crâneo liquefazem-se e descem até aos órgãos genitais onde as essências masculina e feminina se combinam no momento do êxtase, a potencia espiritual assim gerada pode, contudo, perder-se, se ocorrer a ejaculação…se esta acontecer, toda esta potencia dilui-se e evapora-se e a experiência de um estado alterado de consciência que as Escrituras descrevem como “beatitude não dual” perde-se. A grande relevância das práticas tântricas consiste em reter e potenciar esta essência para-energética transmutando a ilusão da dualidade na sabedoria resultante da experiência do vazio.

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 2 comentários

Paulo Lemos: O Contragolpe Pintista no caso “Eu, Carolina”

Depois do livro lançado (escrito?) pela ex-alternadeira particular de Pinto da Costa, assistimos hoje ao contragolpe pintista na capa do jornal que fez o frete ao “Papa Negro da Bola”, o 24 Horas, e que publica na sua capa uma entrevista a um tal de Paulo Lemos que afirma ter sido “amigo colorido” (Gay?) de Carolina Salgado após a separação desta do Papa Negro.

O teor desta entrevista parece ter sido pedido de encomenda pelo dito Papa… “Paulo” (se é que é o seu nome) tresanda a “Superdragão”, a Guarda Pretoriana Pintista e embora diga agora que “tem medo de Carolina e que está a contar tudo para se proteger”, na verdade bem pode estar a fazer um frete para desacreditar a testemunha/arrependida num processo que se ameaça agora que Maria José Morgado o vai liderar um autêntico pesadelo…

Esta é de facto uma táctica comum para lidar com casos destes, em que surge de repente uma testemunha crucial, que conhece o arguido por dentro e por fora, que sabe de cor todos os seus podres, e como destes é coisa que não falta a Pinto da Costa… Este conduz agora uma estratégia de diminuição da credibilidade da testemunha para anular aquilo que ela disser em Tribunal:

 

“diz que ela consome drogas”

(diminui a credibilidade dela enquanto testemunha)

 

“conta que ela lhe deu um fato do presidente do FC Porto”

(e daí? já repararam que esta “denúncia” só assume relevância se se admirar Pinto da Costa ao ponto de julgar que os seus fatos estão abençoados ou que são sagrados pelo toque com o Divino Papa Negro? Caramba, se esta frase não é de Superdragão…)

 

“Garante que ela teve um encontro com Luís Filipe Vieira”

(mais uma dica… Ela atreveu-se a encontrar com o Inimigo Fidagal do Pintismo, o presidente do Benfica… Tipo fazer um pacto com o Demo… Esta frase serve claramente para acirrar o ânimo de todos os Pintistas contra Carolina, para que desejem ver a côr das suas entranhas quando (se) regressar ao Porto)

 

“Ela costuma mandar bater nas pessoas”

(novamente a téctica de desacreditar a Testemunha… Se era assim, porque não a denunciou a seu devido tempo à Polícia, e só agora que o Papa Negro está em questão é que a público, “denunciar a situação”?)

 

Nas raízes deste livro está óbviamente o rancôr da separação… E a defesa de Pinto da Costa vai usar até à exaustão esse mesmo argumento, mas é impossível reconhecer em Carolina Salgado Coragem (e alguma Perfídia… e alguma Cupidez). Não deve ser fácil erguer-se contra alguém que no Porto move tantas e tamanhas influências, desde o meio judicial, ao policial, ao próprio poder político, e que tem um grupo de pretorianos privativo.

Por isso… Tiro o chapéu a Carolina Salgado, ex-alternadeira privada de Pinto da Costa ou não… Quantos de nós teríamos a coragem para avançar assim, como ela o fez?

Acredita que Pinto da Costa vai acabar por ser condenado e preso?

1) Sim
2) Não

View Results

Categories: A Escrita Cónia, Futebol e Corrupção, Sociedade Portuguesa, sQuids S1 | 14 comentários

Pinto da Costa… Mandante de agressões, ligações turvas, corrupção e a tirania da Bola sobre a Sociedade Portuguesa

A “autobiografia” da ex-alternadeira Carolina Salgado que partilhou cama e carteira com o “Papa Negro da Corrupção no Futebol”, que é Pinto da Costa confessou na sua “obra” que o dito “Papa Negro” comprava árbitos (como se todos – menos a Justiça – não o soubessem já) e que teria até sido o responsável pelas agressões ao vereador socialista da câmara de Gondomar, Ricardo Bexiga, precisamente o autor das denúncias à PJ que deram origem ao processo “Apito Dourado”. Segundo as suas palavras, à TSF:

“[Pinto da Costa] pediu-me para fazer os contactos necessários. Eu fiz os contactos, o trabalho foi feito e fiz o pagamento”

O advogado do “Papa Negro”, um tal de Lourenço Pinto, teria ficado muito desiludido ao saber que o dito denunciador estava ainda em estado de poder falar:

“O doutor Lourenço Pinto disse-me: “Parabéns minha querida, mas ele ficou a falar”. Porque o objectivo era muito mais do que uma sova”.

Sobre a estranhamente conveniente fuga para Espanha de Pinto da Costa, esclarece ainda que este teria sido avisado da eminência da detenção pela PJJ por Reinaldo Teles.

Estas notícias, mais aquelas que surgiram hoje e que dizem que alguém (presumivelmente Pinto da Costa e/ou Valentim Loureiro) pagaram a detectives privados para seguirem e vigiarem os passos de Procuradores, Juízes e agentes da PJ que investigavam os seus clientes e a recente constituição do presidente do Benfico como arguido no “Caso Mantorras”, levantam novamente a grande questão:

Até que ponto é que o corrupto e turvo “Mundo da Bola” é capaz de ir para manter o seu Império tirânico e saqueador sobre a Sociedade Portuguesa? E até que ponto é que esta está disposta a tolerar esta perigoso, corrupto e mafioso “Mundo da Bola”?

Fonte: TSF

Categories: A Escrita Cónia, Futebol e Corrupção, Sociedade Portuguesa, sQuids S1 | 11 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (3)

Como se escreve no Livro Tibetano dos Mortos (recentemente re-editado pela Esquilo), depois da morte do corpo físico, o corpo mental percorre o mundo intermédio (Bardo), designado nas fontes tibetanas como “Bardo-Thödol” onde lhe são oferecidas, uma após outras, diversas oportunidades de alcançar a libertação do Samsara (ciclo de Renascimentos). Depois de ter deixado escapar todas as janelas de oportunidade, o Corpo Mental (não confundir com Alma, conceito estranho ao Budismo), é levado pela sua carga kármica ao momento do renascimento seguinte. Se tiver a carga positiva suficiente, os seus progenitores serão humanos e o Corpo Mental observa os seus pais no momento da União Sexual e toma então lugar junto do Corpo Físico que daí adveio.>

A carga kármica existente no Corpo Mental nesse momento determina o sexo do novo Renascimento e no momento em que se consuma a união do Corpo Mental com o Corpo Físico, em plena união sexual dos pais, o próprio novo Ser Renascido experiencia ele/ela também um Estado alterado que as fontes designam como “beatitude inata”.

 

continua…

Para saber mais:

http://en.wikipedia.org/wiki/Tantra

http://en.wikipedia.org/wiki/Tibetan_Buddhism

http://en.wikipedia.org/wiki/Vajrayana

http://www.mahendranath.org/

http://www.sacred-texts.com/tantra/maha/

http://www.shivashakti.com/

http://www.aypsite.com/TantraDirectory.html

Categories: Budismo, Futebol e Corrupção, Política Nacional, Sexo Tântrico e Budismo | 5 comentários

O Tantrismo e o Sexo Tântrico: Formas de Iluminação no Budismo (1)


Imagem: http://www.realization.org

No mundo em que assistimos a “revistas femininas” com matérias de capa como o “Sexo Tântrico, saiba o que é”, num mundo de total e insonsa desvalorização dos valores, através do seu sistemático sacríficio aos deuses do Consumo, é preciso por vezes lançar sobre estes demónios alguma areia e clarificar um pouco as coisas.

Assim, de ora em diante, encetarei mais uma tarefa: a de explicar aos leitores (a ambos os dois, quero eu dizer) o que é efectivamente essa coisa que a revista feminina (é irrelevante dizer qual é, assim como é irrelevante lê-la) chama de “Sexo Tântrico”.

Daqui a dizer que sou um praticante do dito… É algo que não farei, mantendo-se na sombra essa informação…

Antes de prosseguir urge delimitar aqui que os textos que passarei a escrever sobre este tema do Budismo Tântrico e do Vajrayana não incluirão em si mesmos nenhuma revelação extraordinária ou secreta. Estas existem, mas são conhecidas apenas por um reduzido número de iniciados nos quais não me encontro, limitando-se o meu conhecimento ao superficial contacto com alguns mestres Nyimgmapa e de umas quantas obras escritas.

Em primeiro lugar, temos que identificar as práticas do Vajrayana como a forma mais avançada, rápida, mas também a mais exigente e secreta de alcançar a Iluminação. Os seus ensinamentos são “secretos” apenas na medida que só devem ser revelados depois do discipulo ter alcançado um dado estado mental e não antes, sob pena da sua ineficácia e inutilidade. Estes ensinamentos, concretos e prático, pretendem assim usar a experiência sexual para produzir no Ser Humano estados alterados de consciência, toques leves e ligeiros no patamar de consciência explicado nos textos como “Clara Luz” e que todos nós enfrentaremos no momento da Passagem para a Morte e da entrada no Estado do Bardo.

Assim, os ensinamentos práticos do Sexo Tântrico podem ser usados quer para reforçar a natureza mágica e plena do contacto sexual, mas também para fazer perdurar no Homem o momento idêntico ao da Iluminação que se alcança no momento do Climax, preparando o momento “final” da Passagem, deixando em nós sementes que nos permitam atravessar mais sabiamente e certeiramente esse decisivo momento, e reencarnar melhor ou… não reencarnar de todo.

continua…

Para saber mais:

http://en.wikipedia.org/wiki/Tantra

http://en.wikipedia.org/wiki/Tibetan_Buddhism

http://en.wikipedia.org/wiki/Vajrayana

http://www.mahendranath.org/

http://www.sacred-texts.com/tantra/maha/

http://www.shivashakti.com/

http://www.aypsite.com/TantraDirectory.html

Categories: Futebol e Corrupção, Sexo Tântrico e Budismo | 1 Comentário

Do Enriquecimento de José Veiga e da sua “Impossibilidade Financeira”

José Veiga que em 2000 declarou rendimentos de poucos menos de 50 mil euros, cinco anos depois já os contabilizava em vários milhões de euros… Aparentemente, a passagempelo Benfica longe de constituir um “sacríficio abnegado” em prol da causa pública serviu para encher os bolsos do “empresário”…

Apesar deste súbito e explosivo enriquecimento, Veiga declarou um salário mensal de quatro mil euros (55 mil em 2001, 55,5 mil em 2002, 55,7 mil em 2003). Mas logo que entra nos quadro dirigentes do Benfica, estes rendimentos disparam para 165 mil euros anuais (2004), já que aqui recolhia mais 221 mil euros anuais só em “salários”.

As empresa de Veiga acumulam dívidas ao fisco no montante de vários milhões de euros…

É certo que agora os rendimentos do dito “Senhor da Bola” parecem cercados de uma intensa atenção por parte do Fisco… Um terço do seu ordenado no Benfica é retido na fonte… A Superfute, as acções do Sporting, do Estoril Praia e até o seu camarote no Estádio da Luz foram conFISCAdos… O que justifica a sua alegação de que agora não pode pagar a caução de meio milhão de euros por “impossibilidade financeira”, a qual resultará conforme se viu não da sua insolvência ou de um momento de dificuldades económicas mas porque o Fisco decidiu finalmente averiguar as origens dos seus bens e impedir a continuação da sua alegre e impune Fuga Fiscal.

Se Veiga enriqueceu tanto em tão pouco tempo, fê-lo porque se dedicou a uma actividade onde a impunidade e a pantanosidade são regras no turvo e corrupto “Mundo da Bola”. Enriqueceu, enquanto o País atravessava a sua maior crise económica desde meados da década de 40 e onde quase meio milhão de portugueses encontravam o Desemprego de Longa Duração. Enriqueceu à sombra dos Estádios de Futebol do Euro2004 conquistados por Carlos Cruz, Madaíl e Fujão Barroso. Enriqueceu num País que dá mais atenção ao Futebol do que a si mesmo.

Fontes:

Diário de Notícias

Diário Digital

Categories: Futebol e Corrupção, sQuids S1 | 2 comentários

Dúvida…

Em todas as centenas de eleições autárquicas que hoje correm o país, existe para mim uma grande e imensa dúvida… Rui Rio será capaz de vencer a força imensa – frequentemente criminosa – do Futebol Clube do Porto?…

Nesta campanha, o candidato do PS usou frequentemente o argumento de que Rio teria governado contra a “grande instituição” do Porto, implicando o PS numa política de compadrio que efectivamente exerceu durante os mandatos de Fernando Gomes e daquele-tipo-alto-cujo-nome-não-me-lembro. Se o PS ganhar as eleições (nas sondagens a vantagem de Rio é escassa), pode-se adivinhar um regresso às benesses financeiras que esvaziam os cofres da Câmara e enchem os de Pinto da Costa, o Papa Negro do Norte.

Pela sua oposição ao turvo e corrupto mundo do Futebol, Rui Rio encontrou em mim um admirador, ainda que oriundo de um quadrante político diverso. Mas será que desta vez Rio poderá contar com o mesmo alto nível de abstenção para vencer a força do FCP?… Não, e esperemos que não que Abstenção é a coisa de que a democracia portuguesa menos precisa. Esperemos que o Porto vote e que vote em consciência, livre das influências do Papa Negro do Norte e da ameaça das matracas da sua “guarda pessoal”, os “SuperDragões”.

Categories: A Escrita Cónia, Futebol e Corrupção, Política Internacional, Política Nacional, Sociedade Portuguesa, sQuids S1 | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy