Author Archives: Clavis Prophetarum

About Clavis Prophetarum

Interesses: Ficção Científica História Romance Histórico Informática Paleolínguistica Escrita Cónia Política Nacional e Internacional (mais demasiadas coisas, tendo todas em comum o escasso conhecimento de cada) Filmes Favoritos: Dune Alien 2 Conan Solaris (Tarkowski) Senhor dos Anéis Fahrenheit 9/11 o Pianista Matrix K19 Minority Report As Asas do Desejo Magnolia Beleza Americana Música Favorita: Dead Can Dance Rammstein Sting Enya David Sylvian Vangelis Gabriel o Pensador Jocelyn Pook Livros Favoritos: Dune (série) Senhor dos Anéis Neuromante Pátria O Pêndulo de Foucault O Erro de Descartes Fundação (série) Leão o Africano O Quarteto de Alexandria Séries de Televisão Favoritas: Lost Space 1999 Black Adder Mr. Bean Conan, o Rapaz do Futuro Lexx Monty Pyton Seinfeld Politicamente: Quintano: seguindo de perto o pensamento político, pedagógico de Agostinho da Silva Filosoficamente: Caminhando pelas bandas do "Utilitarismo" de John Stuart Mill e, sobretudo, da sua interpretação moderna de Peter Singer ("A Ética Prática") Economicamente: Regresso aos modelos regionais e municipalistas da Idade Média portuguesa actualizados segundo a aplicação prática do pensamento de E. F. Schumacher ("Small is Beautiful") Religiosamente: Budista, segundo a Escola Mahayana Ning Mapa Labutando em: Administração de Sistemas Na tradução da Escrita Sudlusitânica (Cónia) No MIL: Movimento Internacional Lusófono (www.movimentolusofono.org) Neste blogue…
 
 

Petição para TRAVAR o airbnb (e outros) e salvar o que resta do Arrendamento Familiar e de longa duração

1kko4v

Assine e Divulgue !
http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=travaoairbnb

Petição para limitar a destruição do Arrendamento Familiar pelo Airbnb e outras plataformas semelhantes
Nove Razões para Assinar esta Petição:
1. Porque o nº de habitações no mercado de arrendamento familiar teve uma queda abrupta nos últimos anos
2. Porque a grande redução da oferta criou um grande aumento dos preços médios do arrendamento familiar
3. Porque a autarquia (CML), o Parlamento e o Governo têm sido muito lentos a reagir (ou negam que o problema existe (CML))
4. Porque não há casas suficientes e a CML não cumpriu a promessa de colocar 5 mil habitações em arrendamento para a classe média
5. Porque a CML não estabeleceu – como Barcelona – limites à criação de novos hotéis e alojamentos turísticos
6. Porque Um proprietário que arrende a casa para habitação permanente entrega 28% do valor da renda ao Estado, enquanto o Alojamento Local é apenas tributado em média a 5%
7. Porque, como admitiu recentemente a secretária de Estado do Turismo: “o arrendamento de casas a turistas é um setor onde existe grande fuga aos impostos”
8. Porque o “Regime Fiscal para Residentes Não Habituais” (europeus ricos) e o “Golden Visa Portugal” (cidadãos não europeus) estão a levar a uma conversão anormal do mercado imobiliário para os segmentos mais altos cumulando-os de benefícios fiscais que faltam aos cidadãos nacionais
9. Porque o Alojamento Local já se estendeu para fora dos Bairros Históricos e se abarca hoje, praticamente, toda a cidade de Lisboa
Propostas para Regular (mais e melhor) o Mercado do Arrendamento Urbano de Curta Duração:
Os subscritores propõem à Assembleia da República que:
1) os imóveis com utilização habitacional não possam ser afetos a finalidades de alojamento turístico sem que exista a alteração do uso. Ou seja: ou os prédios são para morar, ou são para arrendar a turistas.
2) a Administração Tributária por inspecção aleatória a partir da base de dados (pública) dos Alojamentos Locais do Turismo de Portugal e por denúncia de terceiros determine quais estão registados e quais estão a pagar, de facto, impostos.
3) sejam reduzidas as taxas de IRS aplicadas a arrendamentos de longa duração (28% do rendimento)
4) seja aplicada a proposta de lei que estabelece quotas para que aos proprietários para que estes não coloquem todas as casas que têm no mercado para turistas
5) o Governo agilize as prometidas parcerias com plataformas como a Airbnb, por forma a acabar com os casos de arrendamento ilegal
6) a ASAE fiscalize de forma mais extensiva e eficaz os Alojamentos Locais
Categories: Lisboa | Deixe um comentário

Brasil

#SabiaQue o Brasil é o segundo maior consumidor mundial de cocaína?
#SabiaQue 80% da cocaína que entra na Europa vem do porto brasileiro de Santos?
#SabiaQue a fronteira do estado do Mato Grosso com o Paraguai não é controlada pelo Brasil mas pela máfia do Primeiro Comando Vermelho (disputado pelo Primeiro Comando da Capital)?
Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Frederick Pohl, JEM A Construção duma Utopia

“os seres humanos deixam de ter um papel na evolução antes mesmo de cumprirem metade das suas vidas. A sabedoria não vem aos 25 anos. Quando chega a haver uma diferença significa entre um Da Vinci e um tolo qualquer, os dias da fertilidade já passaram. Tal como acontece no que diz respeito às doenças degenerativas dos velhos, sendo está a razão porque em dois milhões de anos a raça humana ainda não fez uma seleção contra o cancro, a artrite ou a arteriosclerose”
Frederick Pohl, JEM A Construção duma Utopia
“os franceses eram aliados inconstantes e súbditos que não mereciam confiança e os poucos que demonstravam algum sentido de determinação acabavam geralmente com as cabeças rapadas ou cortadas por aqueles que não sabiam o que isso era”
Frederick Pohl, JEM A Construção duma Utopia
Categories: citações | Deixe um comentário

Woody Allen em “Scoop”

“estava no salão, ouvi-te a afogares. Terminei o chá e os cones e vim imediatamente”
Woody Allen em “Scoop”
“nasci na religião hebraica mas quando cresci converti-me ao narcisismo”
Woody Allen em “Scoop”
“não engordo um quilo. A minha ansiedade funciona como aeróbica”
Woody Allen em “Scoop”
“o homem é um assassino e um aldrabão. E digo-o com todo o respeito”
Woody Allen em “Scoop”
“você é um angustiado compulsivo que vê sempre o copo meio vazio.
Não. Engana-se. Vejo o copo meio cheio, mas de veneno”
Woody Allen em “Scoop”
Categories: citações | Deixe um comentário

António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016

“em 1979 quando a lei do Serviço Nacional de Saúde foi votada, o PSD e o CDS votaram contra. Foi votada com os votos do PS e do PCP”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“o SNS perdeu três mil camas e dizem que se calhar estavam a mais. Não estavam a mais. Nós temos trezentas e tal camas por cem mil habitantes. A média europeia é de 500 e tal camas. Nós precisamos de mais camas”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“a ideia de Passos Coelho era fazer um SNS só para os mais pobres, porque os pobres não podem ser clientes do sector privado. Ao setor privado só interessa da classe média para cima. Eles dizem que o setor privado fica mais barato. Fica mais barato porque não tem as despesas inerentes ao funcionamento do SNS. As urgências permanentes, o ensino, as vacinas, a medicina preventiva…”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“a ADSE é uma fonte de rendimento do setor privado. O setor privado sem a ADSE defina. Vivia do quê? Vivia dos seguros? Os seguros não funcionam”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“há falta de eficiência no SNS pela saída de muitos profissionais para o privado. Há muitos anos que defendo a criação de uma carreira pública equiparada à dos magistrados para aqueles profissionais que aceitassem a dedicação exclusiva”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“há certos sectores em que para conseguir uma consulta está um ano, porque não há especialistas. Saíram do público e foram para o privado e o privado ganhou com a incorporação desses profissionais e ao mesmo tempo ganhou com a retirada deles do setor público”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“eu deixei a política em 83 porque o poder econômico começou, nessa altura, a querer mandar – eu digo querer mandar que é um ecletismo – no poder político e começou a subsidiar as campanhas. Até aí, os candidatos pagavam do seu bolso. Pagavamos as campanhas e colavamos os cartazes. Eu era um perito a colar cartazes. Havia uns sujeitos que traziam a cola e nós íamos pelo distrito a colar cartazes. Era engraçado porque às vezes encontravamos a malta do PC ou do PSD e acabava-se a cola e pedaços cola emprestada”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“a corrupção tinha começado (década de 1980) e quando começa é como uma epidemia e não há propriamente vacina. Só a denúncia pública. Hoje está tudo comprado ou vendido. Quase tudo. Eu tenho a minha alma limpa e se tivesse ficado na política eu conservava a minha alma limpa mas podia ter alguns salpicos, porque estava limitado pela camarada e pela solidariedade que devia aos meus correligionários. Eu não podia estar a acusar o partido. Mas eu digo aí (aponta para o romance “O rio das Sombras” o caso de um sujeito que quis ser deputado dois ou três meses para ficar no currículo e pagou cem contos ao PS”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
“em 1975 quando foram as eleições para a Assembleia Constituinte todos os políticos tinham uma carreira profissional. Eram professores, empresários, vinham de profissões liberais. Todos tinha uç sítio de refúgio. Aborreciam-se com a política e voltavam ao seu posto de trabalho. Depois as coisas mudaram e hoje alguns que estão na política nunca fizeram outra coisa. É por isso que precisam dela e fazem tudo para se manterem”
António Arnaud, entrevista ao i de 2 dezembro 2016
Categories: Política Internacional, Uncategorized | Deixe um comentário

#PerguntaSingela: Se a Alemanha tem superavit orçamental e se isso viola o Tratado Orçamental porque não é multada e esse excesso (desviado dos países do Sul) reverte para um “Plano Marshall” europeu?…
(Porque Sim e porque falamos da Alemanha)
Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, união europeia | Deixe um comentário

A Máquina Assassina, Jack Vance

“quando entra a erudição desaparece a poesia. Que vulgar é o homem de intelecto que não sabe sentir”
A Máquina Assassina, Jack Vance
Categories: citações | Deixe um comentário

Uma Junta de Freguesia para a Lisboa do Século XXI

Embora nada, em lado nenhum, seja igual ao que era há apenas um par de anos, existe algo que resiste – ainda e sempre – à mudança. Trata-se das Juntas de Freguesia de Lisboa: tudo à sua volta mudou: mudou a escala do orçamento que têm ao seu dispor (hoje de vários milhões), mudou a escala das suas competências (funcionam, hoje, como mini-câmaras) e mudaram os tempos. Mas não mudaram as Juntas.
No século XXI os cidadãos tem o dever de escrutinar o exercício dos seus eleitos e estes tem a obrigação de atender a este escrutínio com rapidez, eficiência e num espírito de permanente disponibilidade.
O poder local é, por definição, a verdadeira democracia de proximidade procurada por teóricos e práticos desde os alvores da democracia na Antiguidade Clássica. Se os cidadãos estão, geralmente (e infelizmente) alheados da realidade nacional e internacional, sentem-se envolvidos e em muito primeira pessoa por todas as problemáticas locais e quanto mais próximas estas são, maior envolvimento sentem: a sua prioridade está para com a sua casa, depois para a sua rua, bairro, freguesia, município, região e só depois, muito depois, para com o pais e continente (ou União Europeia). Por isso resulta particularmente estranho saber que os eleitos locais (nos municípios e nas freguesias) se lamuriam da falta de participação dos cidadãos nos fóruns que criaram para esse efeito: reuniões descentralizadas, assembleias de freguesia, reuniões públicas do executivo autárquico. Nem por um minuto passa pela cabeça destes eleitos que esta ausência não se deva ao desinteresse dos cidadãos mas à incapacidade dos eleitos em adequarem esses espaços de participação às necessidades dos cidadãos.
Não faz sentido que estas assembleias ou reuniões ocorram apenas uma vez de três em três meses, não faz sentido que as reuniões de executivo ocorram de tarde (a Assembleia Municipal de Lisboa reúne-se no começo da tarde dos dias úteis) ou a horas (18:00) em que muitos cidadãos ainda estão nos seus postos de trabalho. Não faz sentido que os presidentes de câmara e de junta sejam pessoas inacessíveis, que não podem ser contactadas por mail ou por telefone, que recusem reuniões com associações ou grupos de cidadãos ou que não criem sistemas eficazes e mensuráveis de pedidos e contactos dos cidadãos.
O tempo novo em que vivemos é um tempo cheio de novas exigências. Isto é ainda mais verdade para todos aqueles que têm obrigações públicas. O antigo “presidente” que vivia no alto de uma torre de marfim, que cruzava a sua freguesia ou município de carro e que não a cruzava a pé, todos os dias, está a dar os últimos sopros e não tem mais cabimento num mundo em que os cidadãos exigem responsividade, participação e proximidade constante e permanente com os seus eleitos.
Categories: Lisboa | Deixe um comentário

António Arnaud

“a política devia ser um dever de exercício de cidadania. Servir o país devia ser uma honra. Hoje as coisas sao diferentes”
António Arnaud
“a Europa está vendida aos grandes grupos econômicos. Eu não cometerei nenhuma injustiça se disser que a maioria daqueles comissários, que eu não conheço, foi indicada pelas grandes companhias majestaticas européias ou mundiais”
António Arnaud
Categories: citações | Deixe um comentário

“um homem enfático vive cem vidas; sente as alegrias, tristezas, desgosto e, terrores, muito para além do homem comum. Regozija-se profundamente, sofre profundamente, teme profundamente, mas nunca quereria modificar fosse lá o que fosse”
Jack Vance, A Máquina Assassina
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

“nada é mais difícil, e por isso mais preciso, do que ser capaz de decidir”
Napoleão Bonaparte
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

Harry Harrison, O Rato de Aço Inoxidável

“o segredo pode ser óbvio demais. É aquilo a que os ilusionistas chamam desvio de direção: é deixar as pessoas verem muito obviamente aquilo que nós lhes queremos mostrar e, então, elas nunca vão reparar no que está escondido”
Harry Harrison, O Rato de Aço Inoxidável
“a falsa modéstia é o refúgio da incompetência”
Harry Harrison, O Rato de Aço Inoxidável
“se se tem um plano o melhor é pô-lo desde logo em prática. Não se deve deixá-lo de parte a amadurecer e deixar que outras pessoas comecem a pensar nele”
Harry Harrison, O Rato de Aço Inoxidável
Categories: citações | Deixe um comentário

“as acções por impulso levam a sarilhos, e os sarilhos pode ter consequências desagradáveis. Nunca fazia nada sem primeiro pesar as conseqüências”
Stieg Larsson “Os Homens Que Odeia as Mulheres”
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

Assembleia Municipal de 8 de Novembro de 2016

Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Vereador Manuel Salgado sobre o Funicular da Graça:
Existe apenas uma empreitada em curso, que é arqueológica com o objectivo de identificar a Muralha Fernandina tendo sido encontradas algumas das suas fundações.
O objectivo é alterar o projecto por forma a preservar “ao máximo” a muralha (presume-se assim que haverá danos).
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Fernando Medina:
A Parque Expo vai finalmente ser extinta e os seus terrenos ao passar para as Finanças. Isto vai acontecer a 31 de dezembro sendo nestes terrenos que será feita a expansão da escola actual (orçamentada pelo ME), uma nova escola e para a construção de um novo centro de saúde.
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: A Avenida Dom Joao II vai ser incluída no Programa Pavimentar sendo as árvores substituídas em dezembro sendo as bombas dos vulcões substituídas em janeiro de 2017 (vereador Sá Fernandes)
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Em janeiro será feita a consolidação dos terrenos da encosta com outra intervenção em meados de 2017. O solo é argiloso e dado como propício a deslizamentos (razão pela qual, alias, nunca se construiu no local).
Segundo o vereador Manuel Salgado os presidentes das juntas querem um parque de estacionamento mas os moradores querem uma zona verde. A Câmara está a procurar alternativas para o estacionamento “mas não está a ser fácil”
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Praça Humberto Delgado no contexto da “Praça em Cada Bairro” com petição pública reclamando de erros do projecto. Obras na segunda semana de Outubro incluindo parque de estacionamento subterrâneo.
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Segundo o vereador Manuel Salgado a versão completa do Regulamento do Património já foi distribuída aos grupos parlamentares da AML. A 24 de novembro vai a reunião de Câmara.
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: As obras na Praça de Sete Rios vai decorrer em duas fases com interface de transportes por debaixo do Norte Sul, mas quando houver alternativa para o parque de estacionamento da Empark para 301 lugares.
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Segundo Fernando Medina a Policia Municipal já autuou 600 tuk tuk por infracções diversas ao novo regulamento.
Assembleia Municipal de 8 de Novembro: Em 2017 vão abrir mais 7 hotéis em Lisboa sendo que o alojamento local representa, hoje, cerca de um terço do alojamento turístico total.
Categories: Lisboa, Uncategorized | Deixe um comentário

Citações

“Os grandes responsáveis pela explosão de populismos são a adesão da social-democracia à financeirização da economia e a globalização económica galopante”
Wolfgang Munchau, editor do Financial Times
“Os únicos partidos da Europa que advogam as politicas keynesianas nos nossos dias são a extrema-esquerda e a extrema-direita, uma situação que faz um paralelo em relação aos anos 30”
Wolfgang Munchau, editor do Financial Times
“O populismo de Trump e os fundamentalismos islâmicos são uma má reacção a uma justa condenação da situação em que vivemos”
Slavoj Zizek, filósofo norte-americano
“As pessoas não podem ficar condenadas a escolher entre a manutenção das elites que criaram a globalização e esvaziaram a democracia e os populismos e fundamentalismos de pendor fascista”
Slavoj Zizek, filósofo norte-americano
Categories: citações | Deixe um comentário

“cega, a Ciência a inútil gleba lavra. Louca, a Fé vive o sonho do seu culto. Um novo deus é só uma palavra. Não procures nem creias: tudo é oculto.”
Fernando Pessoa, poema “Natal”
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

É seguro dizer que uma das causas para a derrota alemã na Segunda Grande Guerra foi

É seguro dizer que uma das causas para a derrota alemã na Segunda Grande Guerra foi a imensa quantidade de recursos que os nazis gastaram no transporte de milhões de pessoas pela Europa fora para além dos recursos preciosos que consumiram a construirem e manterem campos de extermínio e das dezenas de milhar de tropas para os guardarem.
Foram estúpidos e pagaram o preço.
E ainda bem.
Categories: História, Uncategorized | Deixe um comentário

Tomorrow the World, Norman J. W. Goda

Franco é apenas um oficial subalterno, que, por um acaso das circunstancias, foi colocado na posição de Chefe de Estado. Ele nao é um soberano, mas um subalterno em temperamento”
Tomorrow the World, Norman J. W. Goda
Em julho de 1941, a Alemanha elaborou um estudo que previa a construção, nos próximos 12 a 15 anos, de 25 couraçados, 8 porta-aviões, 50 cruzadores e 400 submarinos.
Tomorrow the World, Norman J. W. Goda
Categories: citações | Deixe um comentário

“Essa oficina sombria e resplandecente”: Eça de Queirós descrevendo os EUA
“A América é um problema de que só se tem a chave (…) Os americanos transmitem-nos a angustia do inacabado. Eles não são completamente generosos, nem completamente egoístas; não são completamente cordiais, nem completamente hostis. São seres por revelar. É tao impossível gostar da América como não gostar. Isso traduz-se num sentimento abstracto: o da fascinação”.
Natália Correia
“Na América, tem-se culpa de tudo, é-se responsabilizado por tudo”
António Ferro
Fidelino de Figueiredo sobre os EUA: “o bom humor, saudável e cortês, o triunfo devido a qualidades reais, a aristocracia da inteligência e a da riqueza quase se confundindo”
“Nós não nascemos americanos, tornámo-nos americanos, o que resulta numa espécie de incerteza, numa espécie de fragilidade. A compensação para ela é a radical exibição da bandeira”
Bernard-Henri Levy
“A América é um sonho quase messiânico de um outro mundo, de qualquer mundo, de qualquer coisa de outro”
Eduardo Lourenço
Guilherme Pereira da Rosa: “há aqui tanta coisa para ver que se perde a conta; coisas tão diferentes por lá, como o são a noite o dia, o ruído e o silêncio, o tudo e o nada”
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

Pergunta Singelas

#PerguntaSingela: porque é que no Portal da contratação pública a Força Aérea deu entrada de apenas 788 mil euros de bens alimentares quando se diz que a investigação de corrupção agora exposta ascende a mais de 10 milhões de euros?
Quem explica esta diferença?wcsz
#SabiaQue a Força Area gasta tanto em “café, chá e afins” como em produtos horticulas? (36 mil euros)
Categories: Defesa Nacional, Uncategorized | Deixe um comentário

CGD

A CGD colocou muito perto de zero os juros de praticamente todos os seus produtos de poupança (de 0.1 para 0.06%). Isto significa que poupanças não são remuneradas nem, francamente, não compensam.
E isto num pais que já tem das taxas de poupança mais baixas da Europa…
Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

#SabiaQue

#SabiaQue em 28 de junho de 1706 um exercito de 14 mil portugueses e com 4200 soldados holandeses e ingleses atravessou Espanha e ocupou – durante 40 dias – Madrid?

Categories: espanha, História | Deixe um comentário

Equipagem Espacial, Robert A. Heinlein (citações)

“O primeiro principio da sobrevivência é não nos preocuparmos com o impossivel e concentrarmo-nos no possivel”
Equipagem Espacial, Robert A. Heinlein
“Num dilema é conveniente alterar uma variável e depois reexaminar o problema”
Equipagem Espacial, Robert A. Heinlein
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

#SabiaQue

#SabiaQue no OGE2017 o imposto de selo que até agora incidia sobre imóveis com valor acima do milhão de euros é substituído por uma taxa adicional ao IMI e que assim quando os proprietários tiverem sede fiscal num Offshore passa de pagar 7.5% para apenas 0.3% para os valores acima de 600 mil euros?

Categories: Política Nacional | Deixe um comentário

“o PCP é um partido profundamente responsável e ordeiro”

“o PCP é um partido profundamente responsável e ordeiro. O país não tem noção de quanto deve à cultura deixada pelo PCP de Álvaro Cunhal”
João Soares, entrevista ao Expresso de 10 de dezembro de 2016

Categories: Política Nacional, Uncategorized | Deixe um comentário

Carta Aberta à Câmara Municipal de Lisboa sobre o Programa de Controlo da População de Pombos (Columba Livia)

Assine e Partilhe !
 
Considerando que a técnica da captura por redes e subsequente abate é cruel e ineficaz (a redução pontual da população leva a um rápido preenchimento do nicho porque não é global mas localizada) os subscritores desta Carta Aberta propõe:
  1. Reforçar as campanhas de sensibilização especialmente quanto à proibição de alimentos a pombos na via pública (que faz aumentar a população destas aves).
  2. Reforçar as coimas e a eficácia da fiscalização contra a alimentação de pombos na via pública.
  3. Que a CML preste, gratuitamente e a pedido, o serviço de instalação de repelentes de poiso em prédios particulares.
  4. Aumentar a distribuição de contraceptivos orais pelos serviços da CML.
  5. Sabendo que a CML é o maior proprietário imobiliário de Lisboa reforçar nos seus edifícios as medidas de redução de locais de nidificação e os repelentes de poiso.
  6. Instalar locais de nidificação – onde se distribui alimentos com contraceptivos regulamente – de onde, posteriormente, os serviços da autarquia podem remover os ovos ou substituí-los por ovos falsos (como em Nova Iorque e Melbourne)
  7. Produzir e manter um relatório anual da quantidade de pombos na cidade, por freguesia, e indicando pontos de concentração. Incluir nesse relatório todas as acções de controlo, os seus custos e efeitos directos.
English Version:
Open Letter to Câmara Municipal de Lisboa (City Council ou “CML”) on the Pigeon Population Control Program (Columba Livia):
Considering that the technique of network capture and subsequent slaughtering is cruel and ineffective (the point reduction of the population leads to a rapid filling of the niche because it is not global but localized) the subscribers of this Open Letter propose:
1. Reinforce awareness campaigns especially on banning pigeon feed on the public road (which increases the population of these birds).
2. Reinforce the fines and the effectiveness of police surveillance against pigeon feeding on public roads.
3. That Lisbon City Council provide, free of charge and upon request, the service of installation of repellents of poiso in particular buildings.
4. Increase the distribution of oral contraceptives by CML services.
5. Knowing that Lisbon City Council is the largest real estate owner in Lisbon to reinforce in its buildings the measures to reduce nesting sites and house repellents.
6. Installing nesting sites – where food is delivered with regular contraceptives – from which the local authorities can later remove the eggs or replace them with fake eggs (as in New York and Melbourne)
7. Produce and maintain an annual report of the number of pigeons in the city, per parish, and indicating points of concentration. Include in that report all control actions, their costs and direct effects.
Categories: Política Nacional, Portugal, Uncategorized | Deixe um comentário

Citações de “A Invenção de Leonardo”, Paul J. McAuley

“São poucos os que se conseguem libertar da massificacao em beneficio do progresso social. Podemos provar matematicamente que o traabalho desenvolvido para produzir a riqueza material nunca poderá enriquecer mais do que uma pequena fraccao de quem trabalha. Em boa verdade é melhor para a República que ela continue rica, enquanto os seus cidadaos permanecem pobres, dado que a riqueza individual produz apenas ociosidade”
A Invenção de Leonardo, Paul J. McAuley
“Dante reservou um círculo no Inferno para os puristas que se afastam do mundo para assim se enriquecerem espiritualmente, tal como um avarento costuma agarrar-se aos seus tesouros”
A Invenção de Leonardo, Paul J. McAuley
Categories: citações, Uncategorized | Deixe um comentário

Sabia Que… PCP

#SabiaQue o PCP chegou a visitar – para efeitos de aqui instalar a sua Sede Nacional – o palácio do Largo do Rato onde está hoje a sede do PS mas que a recusaram porque “não ficava bem a um partido dos trabalhadores e do povo” ocupar um “palácio da alta burguesia”?…

Categories: História, Uncategorized | Deixe um comentário

site na WordPress.com.

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES ALTRUISM

A new world with universal laws to own and to govern everything with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

A Educação do meu Umbigo

Gaveta aberta de textos e memórias a pretexto da Educação que vamos tendo. Este blogue discorda ortograficamente. Contacto: guinote@gmail.com

iilp.wordpress.com/

Promocão e difusão da língua portuguesa