Citações de A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado John Micklethwait e Adrian Woolddridge

“O Departamento de Agricultura dos EUA todos os anos distribui entre 10 e 30 milhares de milhões de dólares em subsídios a agricultores. Os pagamentos estão fortemente enviesados em favor dos grandes produtores: em 2010, os 10% dos maiores agricultores receberam 68% de todos os subsídios agrícolas”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
“Os subsídios agrícolas transferem dinheiro do contribuinte médio para os ricos. Distorcem a economia ao encorajarem o sobrecultivo dos campos. Dão cabo do ambiente. Prejudicam os pobres do mundo emergente cujos produtos ficam fora do mercado”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
“A Nova Zelândia acabou completamente com os subsídios à agricultura em 1984, a despeito do facto de ser quatro vezes mais dependente da agricultura do que os EUA. A mudança suscitou a principio uma feroz resistência, mas os agricultores depressa se adaptaram e prosperaram. Os agricultores aumentaram a produtividade, desenvolveram nichos de mercado como os kiwis e diversificaram as suas fontes de receita para áreas não agrícolas”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
“Se o governo dos EUA deixasse de subsidiar a produção de combustíveis fósseis, podia poupar 40 mil milhões de dólares ao longo de dez anos”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
“As instituições locais estão para a liberdade como as escolas primárias para a ciência; poem-na ao alcance do povo, ensinam as pessoas a apreciar o seu pacífico disfrute… São alistados sentimentos e opiniões, é dilatado o coração e é desenvolvida a mente humana por nenhum outro meio que não seja a influencia recíproca dos homens uns nos outros”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
“Se o Estado promete de mais, cria mal-estar e dependência entre os cidadãos. Só reduzindo o que promete é que a democracia será capaz de dar expressão aos seus melhores instintos, de flexibilidade, inovação e resolução de problemas. (…) Sem reformas, o Estado-providencia moderno estagnará sob o seu próprio peso: já está a deixar de ajudar aqueles que mais precisam do seu apoio, prodigalizando a sua liberalidade a privilegiados e interesses constituídos. E a democracia definhará, tal como John Adams previu”
A Quarta Revolução, a Corrida Global para reinventar o Estado
John Micklethwait e Adrian Woolddridge
Categories: Democracia Participativa, Economia | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: