Citações de Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”

Dizem que o nosso Serviço Nacional de Saúde é um dos mais baratos do mundo. É verdade. Mas é verdade também porque remunera mal. E daí a vaga recente de emigração de jovens médicos”
António Gentil Martins
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Portugal é o pais europeu com mais coberturas duplas (em seguros de saúde)”
António Gentil Martins
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Em Portugal, a privatização da Saúde deu-se por transferências do sector público para o sector privado de saúde”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Nenhum hospital privado irá alguma vez financiar a formação dos profissionais de Saúde”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Nos últimos anos, desnatou-se o SNS dos seus melhores profissionais”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Há formação – neste momento – de monopólios de Saúde, numa concentração em duas ou três entidades ligadas ao capital estrangeiro”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“O que se tem passado nas Urgências é inconcebível no século XXI e estes problemas têm sido amplamente noticiados como parte de uma estratégia para levar a transferências de doentes do sector publico para o privado (financiadas pelo Estado)”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Porque se fazem em Coimbra tantas ressonâncias magnéticas como em Paris?!…”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Sou absolutamente a favor da exclusividade dos profissionais de saúde. Sou contra a transferência de dinheiros públicos para a Saúde privada: é a porta aberta para a corrupção”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“é dantesco saber que a limpeza dos hospitais (crucial para combater as infecções hospitalares) está entregue a pessoas que ganham apenas 2.5 euros por hora, ou seja, que ganham apenas para pagarem transportes e não perderem acesso à segurança social. O aumento de infecções hospitalares é hoje um importante factor de custo nos hospitais públicos”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Nos últimos anos aumentaram os casos de “burn out” nos profissionais de saúde, levando a consequentes fenómenos de “bloqueio de empatia com o Outro”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Em Portugal o aumento das taxas de produtividade conseguem-se sempre porque se aumentam as horas de trabalho e não porque se trabalha melhor isso leva ao erro e à exaustão”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“O Serviço Nacional de Saúde faz parte do tipo de país que queremos. Não queremos um pais sujeito à soberania financeira, não solidário, em que cada um está por seu lado. Não queremos um pais em que principal valor é o Parecer. Neste tipo de pais não pode haver um Serviço Nacional de Saúde. Queremos este tipo de pais?”
Constantino Sakelariddes
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“é necessário um realismo financeiro (no Serviço Nacional de Saúde), mas este não pode ser fechado e não podemos tornar nisso a única prioridade”
Constantino Sakelariddes
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Criou-se uma hierarquia de politicas públicas:
1o Finanças
2o Economia e crescimento
3o Bem Estar
Mas isto não é razoável.
Nem o tipo de pais que queremos”
Constantino Sakelariddes
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Um terço das crianças que nascem hoje em Portugal, nascem pobres, em famílias pobres”
Constantino Sakellarides
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“A alternativa ao Serviço Nacional de Saúde são os grandes grupos económicos internacionais com gestores e accionistas anónimos, que não podemos responsabilizar democraticamente e cujos lucros e rendimentos exactos não conhecemos”
Constantino Sakellarides
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Portugal, dentro dos próximos anos, terá 50% de pessoas com rendimentos de sobrevivência”
Maria Perpétua Rocha
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Qualquer partido que fale do Serviço Nacional de Saúde não pode deixar de falar do pão”
Maria Perpétua Rocha
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“O Serviço Nacional de Saúde é um dos elementos civilizacionais do nosso Século XXI”
Maria Perpétua Rocha
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Chegámos a uma sociedade onde, pela primeira vez, temos governantes que nos dizem que o nosso futuro será pior que o nosso presente”
Raquel Varela
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“O Serviço Nacional de Saúde é o melhor serviço publico que o Estado fez depois do 25 de abril”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“De todos serviços que o Estado presta a melhor é o Serviço Nacional de Saúde”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“A atracção da Europa – testemunhada pela atual tragédia no Mediterrâneo – ocorre por ela é uma terra de liberdade e tolerância, mas também por é acolhedora, porque sabe e protege os cidadãos (Estado Social e Saúde Publica)”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Temos uma Saúde Privada que é financiada em 50% pelos sistemas públicos. Pior: esta percentagem aumentou nos últimos anos”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Os cidadãos dos EUA gastam o dobro do que nós gastamos com a Saúde (sobre os sistemas totalmente privados de Saúde)”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Os portugueses pagam várias vezes pela sua Saúde: impostos, no privado, ADSE… Pagamos várias vezes para ter um só acesso a um sistema de saúde”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Existe uma pressão – usando noticias e declarações politicas – para que os cidadãos migrem para os seguros privados de Saúde”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Defendo a dedicação exclusiva dos médicos: é perigosa a tendência para se misturar interesses públicos com privados”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Não deve haver taxas “moderadoras”: como se espera que um doente de um trauma urgente “modere” o seu acesso ao SNS?!”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Defendo a criação de uma verdadeira central de compras única: cada hospital não pode continuar a comprar de forma isolada”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Portugal tem grandes potencialidades na área do Turismo de Saúde”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“A ligação entre Universidade, Laboratórios e grupos privados deve merecer mais atenção: a industria farmacêutica lusa exporta hoje mais que o vinho do Porto”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
“Devemos poder escolher – ter liberdade de escolha – entre o serviço público a que queremos aceder: isso obriga a humanizar os serviços e a competirem entre si por uma melhor prestação de cuidados aos pacientes”
Alvaro Beleza
Debate COTS “Ressuscitar o Serviço Nacional de Saúde”
Categories: Política Nacional, Portugal, Saúde, Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: