Portugal não é um pais de revoluções

Portugal não é um pais de revoluções: quem espera (e desespera) pela grande revolução de massas, pela revolta popular que vai terminar com a opressão dos poucos sobre os muitos, é melhor ir esperar para outro lado, porque por aqui, não vai encontrar nada.
Portugal é, pelo temperamento atávico dos portugueses e da estrutura longa que é a cultura portuguesa, um pais mais de transições do que de revoluções.
De transições de regime lentas e que fazem mediar entre o antigo e o novo regime um momento (longo) de apodrecimento das instituições e das elites até uma nova fase, mais próspera e de maior e mais amplo desenvolvimento cultural e social.
Vivemos hoje o tempo do apodrecimento: temos bastos sinais disso mesmo no academismo estéril das nossas elites, no rentismo dos grandes grupos económicos, na grande corrupção, no sequestro da democracia pela partidocracia e, sobretudo, na falta de participação dos cidadãos na vida cívica e politica.
O cheiro a podre está aqui.
Mas não sabemos quando vai parar de feder e começar a florir.
Não sabemos. Pode ser nesta geração. Pode ser na próxima.
Mas vai parar de feder.
Sendo que a rapidez desta paragem depende de nos. De quanta vontade e empenho quisermos meter – hoje – nesta transição.

Advertisements
Categories: Política Nacional | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES ALTRUISM

A new world with universal laws to own and to govern everything with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

%d bloggers like this: