Daily Archives: 2015/10/20

“Numa sondagem do Publico, 84.6% dos inquiridos disseram que o próximo PR não deve ter uma actuação nem sequer parecida ao actual”

“Numa sondagem do Publico, 84.6% dos inquiridos disseram que o próximo PR não deve ter uma actuação nem sequer parecida ao actual”
Pedro Marques Lopes, DN

Ora bem: por isso apoio Henrique Neto: a quilómetros do académico Nóvoa, do desfasado Paulo Morais e longe (em currículo e experiência) de todos os demais putativos candidatos a candidatos.

Categories: Uncategorized | 1 Comentário

A insanável contradição

Os ganhos de produtividade industrial e de serviços induzidos às economias pelos progressos científicos e tecnológicos das ultimas décadas encerram em si uma grave e insanável contradição:
Cada vez são necessários menos postos de trabalho para se realizar uma determinada tarefa ou fabricar um determinado produto.
Cada vez há e haverá menos Emprego e, logo, o desemprego será cada vez maior e mais crónico.
Como sustentar assim uma mole cada vez maior, mais pobre e mais descontente de desempregados?
É neste ponto que entra a sociedade “gratuita” de Agostinho da Silva (e, curiosamente, de Star Trek) em que as maquinas providenciam todas as necessidades humanas e os Homens se dedicam aquilo que mais prazer e realização pessoal e coletiva lhes dá. Tal modelo de sociedade implicava a abolição do modelo atual de “salário” ou de “remuneração de capital”, já a todos seria fornecido um “rendimento médio garantido” (produto do desvio total de todos os impostos sobre o trabalho e da concentração de todos os subsídios).
Tal sociedade seria possível e implementável numa lógica de pequenos, mas decididos, passos. E a única saída para o problema do desemprego crónico acima descrito…

Categories: Economia | Deixe um comentário

Recentemente, em conversa com um amigo, surgiu a questão: a nossa Presidência da República é gastadora ou não?

Recentemente, em conversa com um amigo, surgiu a questão: a nossa Presidência da República é gastadora ou não? Bem, em primeiro lugar a indicação de que Belém teria ao ser serviço um batalhão de 500 assessores (publicada em artigo no Diário de Notícias) é falsa. Mas, atenção… Há opacidade nas despesas da Presidência… Quem visitar o site http://presidencia.pt/ não encontra aqui mapeado (nem sequer em “mapa do sítio”) uma ligação nem para o quadro de pessoal nem, sobretudo, para o seu orçamento. Tal omissão não é conforme às mais básicas regras de transparência e reforça a percepção popular de que o atual Presidente é um “grande gastador”.
Felizmente, essa informação existe e está online, podendo ser encontrada, graças Google:
Aqui se descobre que Belém emprega não 500, mas 36 assessores… mas que tem 158 funcionários, gastando com os ditos cerca de 10 milhões de euros (num total de 14 milhões anuais). Ora isto dá um salário mensal médio (14 meses) de 4520 euros!
Ou seja, sim, confirma-se: esta Presidência é gastadora e muito.
Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade