“A redução drástica (dos financiamentos partidários) iria alterar necessariamente a forma como as campanhas eleitorais são conduzidas”

“A redução drástica (dos financiamentos partidários) iria alterar necessariamente a forma como as campanhas eleitorais são conduzidas. (…) Campanhas publicitárias de massas, comícios com os candidatos pregando aos já convertidos, e o uso de consultores políticos para definirem estratégias ad nauseum sobre quem deve ser o “target” e como deve ser ajustada a “mensagem” deverão ser abandonadas.”
Manuel Arriaga, Rebooting Democracy

Os partidos ainda não perceberam que o efeito eleitoral (que é, sempre, o verdadeiro campo de batalha da politica) de reuniões de “convencidos” tem um valor eleitoral próximo de ZERO. As eleições não se ganham nos convencidos, mas nos cépticos. E os cépticos não vão aos cómicos dos nossos candidatos. Ficam em casa, na televisão e, cada vez mais, na Internet e, muito em particular, nas redes sociais.
Esta é a arena onde se vão travar os combates políticos do futuro e onde, na Grécia (sempre um passo à nossa frente, no bom e no mau) se travaram as eleições de 2015 e o povo colocou no poder um partido que fez apenas um comício (em Atenas, no encerramento de campanha) e que praticamente não usou cartazes.
O terreno das futuras guerras politicas é a Internet. Um terreno que ocorrerá através do esforço de voluntários não remunerados (“fãs”) que replicam conteúdos (“gosto”, “partilhar” e repetem frases, citações e memes) e na televisão, não “strictus sensus”, mas “televisão na Internet” (Youtube e vídeos online em geral) e, quando for possível, nas formas convencionais de “televisão” (cabo ou sinal aberto).

Anúncios
Categories: Democracia Participativa | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

%d bloggers like this: