Daily Archives: 2015/06/25

“Ao poder votar apenas em “listas fechadas de deputados”, ordenadas exclusivamente pelos directórios partidários para cada distrito, os eleitores apenas elegem “pacotes de deputados”, e não têm intervenção rigorosamente nenhuma na escolha ou na avaliação personalizada dos deputados”

“Ao poder votar apenas em “listas fechadas de deputados”, ordenadas exclusivamente pelos directórios partidários para cada distrito, os eleitores apenas elegem “pacotes de deputados”, e não têm intervenção rigorosamente nenhuma na escolha ou na avaliação personalizada dos deputados.
Ou seja, a sobrevivência politica, e muitas vezes económica, dos deputados da Assembleia depende em exclusivo dos humores dos directórios partidários que em cada momento dominam a máquina dos partidos”
Clemente Pedro Nunes, Democracia de Qualidade

Ou seja, há apenas uma forma de quebrar o sinistro império dos aparelhos distritais sobre os deputados e, consequentemente, sobre a democracia.
As federações devem voltar ao papel que originalmente lhes competia: pensar a região, propor soluções e decisões para a mesma e colaborar com o Poder Local na implementação das mesmas.
Mas como funcionam, hoje, são pouco mais que maquinas de distribuição de lugares e de escambo de favores e benesses.
É urgente quebrar este sistema.
E esta quebra pode ser feita de forma radical e eficaz através de eleições primárias com voto preferencial para a ordenação e selecção da lista distrital de candidatos a deputados.
Tudo o resto virá, depois, por arrasto.

Categories: Democracia Participativa | Deixe um comentário

A renegociação da divida portuguesa, com anulação parcial de capital e juros, é incontornável.

A renegociação da divida portuguesa, com anulação parcial de capital e juros, é incontornável. O ritmo de crescimento do PIB, previsto para os próximos anos, não chegará para evitar o efeito “bola de neve” e o peso da divida vai aumentar apenas pelo efeito do pagamento dos encargos financeiros.
O crescimento da economia, até 2019, deverá ser em média de 1.25% e isso não chegará para fazer descer a divida que estará bem acima dos 110% em 2019.
Com estes números (divulgados Conselho das Finanças Publicas) torna-se cada vez mais inevitável um cenário de haircut da divida, semelhante ao corte em 50% da divida grega em 2013.
Inevitável mas ainda fora do radar do bloco austero merkelista PSD-PP e de muitos dentro do PS. Gente a precisar, urgentemente, de um banho de realidade.

Categories: Economia | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade