O PS tem sido sempre o partido promotor das maiores reformas no sistema politico representativo português.

O PS tem sido sempre o partido promotor das maiores reformas no sistema politico representativo português. Agora, que os cidadãos clamam – com Justiça – por mais participação nos processos decisórios que os afectam a si e às suas comunidades e por uma Democracia Participativa, é preciso levar adiante uma reforma democrática participativa.

Mas existem forças que se opõem a esta reforma. Forças externas, que são os partidos mais conservadores, do PCP ao CDS e forças internas, representadas pelo Aparelho profissional e semiprofissional que domina hoje (através de uma distorção sistemática do espírito dos Estatutos) o Partido, a Jota e uma parte das estruturas locais e autárquicas do Partido e que busca e é recompensada com contratos, empregos e colocações de moralidade e legalidade duvidosas.

Serei claro: mais nenhum grande partido com vocação e exercício recente de poder em Portugal tem as características do Partido Socialista: a pluralidade, a diversidade, a tolerância interna, assim como a qualidade média dos quadros e a cobertura nacional são únicas entre todos os grandes partidos portugueses. Por esta pluralidade e tolerância internas (atávicas ao Partido), por esta riqueza moral e intelectual, o Partido é hoje e é habitualmente o partido mais bem preparado para governar o pais.

Mas os tempos estão a mudar. Aquilo que “sempre foi” muda. E muda a uma velocidade nova e estonteante. As Redes Sociais (a campanha do Syriza prova-o) vieram perturbar um monopólio da opinião pública por parte de quem contra o acesso aos Media e os cartazes de rua não valem hoje, nenhum voto, nenhuma “confiança” na capacidade de governo de um partido. Confiança, hoje, adquire-se adequando o discurso à acção e os compromissos às ações. Prometa-se pouco e cumpra-se muito. Limpe-se o Partido de todos os corruptos (nepotistas, sindicadores de voto, malfeitores e cretinos, etc através do cruzamento de uso das Primárias, Referendos Revogatórios e de Listas Abertas com voto preferencial) e abra-se a porta – sem medo – a simpatizantes e à sociedade civil. Reforme-se e Revolucione-se o Partido. E ganharemos um verdadeiro PS e uma verdadeira alternativa de Governo. É possível, mas difícil, mas depende de todos de nós levar este repto a bom porto.

Advertisements
Categories: Democracia Participativa | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES ALTRUISM

A new world with universal laws to own and to govern everything with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

%d bloggers like this: