“Os políticos sentem-se imunes ao controlo pelo público”

“Os políticos sentem-se imunes ao controlo pelo público: (…) Num grande número de decisões públicas, os políticos sentem-se invulneráveis à oposição pública e, logo, avançam com medidas a que se opõe uma larga maioria da população. Infelizmente para nós, isto pode ocorrer com as maiores decisões que nos afetam por várias gerações. Na maioria dos países, não existem mecanismos para que os cidadãos possam efetivamente bloquear uma medida que é lançada pelo seu próprio governo ou parlamento. Os políticos sabem isto e exploram muitas vezes esta falta de controlo público granular sobre as suas ações e por isso avançam com medidas que os opõem ao público logo que chegam ao poder. Claramente, esperam que o assunto seja esquecido antes da próxima eleição.”
Rebooting Democracy
Manuel Arriaga

A maior e mais importante reforma de Democracia Participativa que se pode (e deve) introduzir no atual sistema parlamentar e autárquico representativo deve ser precisamente a capacidade efetiva de os cidadãos poderem reverter qualquer medida, lei, determinação autárquica e normativa europeia através de um referendo convocado por iniciativa cidadã e de forma peticionária, adequada (exigente), mas com um número mínimo de assinaturas realista (útil) e que seja realmente capaz de travar ou reverter a decisão politica em questão (eficiente).

Anúncios
Categories: Democracia Participativa | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

%d bloggers like this: