Limpezas Regulares dos ficheiros de militantes

Limpezas Regulares dos ficheiros de militantes:
“No PS foram efetuadas duas operações de limpeza dos ficheiros, uma em 1986 e a outra em 2001, podendo constatar-se que, face aos últimos resultados referenciados antes dessas operações, o partido desceu de 125648 para 55558 militantes na primeira operação e que, a refiliação de 2002 implicou uma descida de 124611 para 80717 militantes.” (Miguel Coelho, Os Partidos Políticos e o Recrutamento do Pessoal dirigente em Portugal)
Estas limpezas não ocorrem de forma espontânea, ou, sequer, em cumprimento de ciclos regulares determinados pelos estatutos. Ocorrem muito ao sabor das necessidades eleitorais e apenas quando existe a percepção de que o desfasamento entre os números reais de militantes e os números virtuais é demasiado aparatosa e irrefutável. De facto, devem ocorrer de forma regular e – idealmente – em ciclos bianuais. Assim se garantem cadernos mais representativos, uma maior ligação entre militância formal e militância activa e se garante uma maior ligação do Partido à Sociedade Civil que a sua massa “anónima” de militantes assegura.
Categories: COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: