Daily Archives: 2014/12/09

Citações sobre emigração em 2013

“mais de 30 mil portugueses emigraram para o Reino Unido em 2013. Este movimento de ida traduz um aumento de 47% comparativamente com os 20,4 mil portugueses que já tinham em 2012 escolhido aquele destino para trabalhar. Num e noutro caso, são maioritariamente profissionais de saúde, sendo que a percentagem de licenciados entre os emigrantes portugueses que vão para o Reino Unido é muito elevada comparativamente com outros destinos. A Noruega é um dos países onde a taxa de qualificação dos emigrantes portugueses é mais elevada, sobretudo de engenheiros.”
Público, 4 dezembro 2014
“Até 2010, a emigração qualificada aumentou na medida exacta em que aumentaram as qualificações da população portuguesa. Depois disso, a qualificação dos emigrantes passou a ser superior à da população portuguesa em geral”
Rui Pena Pires

Público, 4 dezembro 2014
“Portugal é hoje o segundo país com mais emigrantes em percentagem da população: 20,8%”
Público, 4 dezembro 2014
“O aumento da emigração está a fazer-se a um ritmo muito acima da evolução da população portuguesa, o que está a provocar uma quebra demográfica importante na população portuguesa”
Rui Pena Pires

Público, 4 dezembro 2014
Anúncios
Categories: Economia, Sociedade | Deixe um comentário

Um partido estratificado que urge curar. A Bem de uma Democracia Participativa interna no Partido Socialista

Os militantes de base, especialmente os mais ativos ao nível local das secções do Partido Socialista, sentem a presença de uma separação em relação à direcção partidária, que se assume como um estrato com poucas ou francamente eficazes vias de comunicação e feedback. De facto, os dirigentes acima do nível regional são escolhidos de uma forma que não incorpora a sensibilidade dos militantes de base sendo esta “doença participativa” uma maleita comum a todos os outros partidos políticos com vocação de poder e o fruto de um processo de profissionalização e especialização funcional que se intensificou no PS, nas últimas duas décadas. Esta separação mina o partido, em eficácia, em ligação com a sociedade civil (que os militantes representam) e com a vida real e quotidiana dos interesses e aspirações que o Partido deve defender. Esta estratificação pode ser, contudo, quebrada. As ferramentas e os mecanismos existem e estão ao dispôr de todos. Tratam-se das Listas Abertas com Voto Preferencial… da Revogação de Mandatos e de normas e estatutos, da redução dos limites burocráticos à aparição e desenvolvimento de novas candidaturas. Sobretudo, esta quebra pode ser feita com a adopção convicta e sincera de uma lógica de abertura e diálogo entre dirigentes nacionais e locais e os militantes de base que não só não existe atualmente, como se tem vindo a decompor ainda mais nos últimos anos estando hoje em níveis mínimos especialmente no que concerne às relações entre deputados e militantes e cidadãos.
Todas estas propostas constam da Declaração de Princípios da www.cots-ps.org
Categories: COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade