Daily Archives: 2014/09/25

O “Day After” das Primárias

O nível de conflitualidade interna no Partido Socialista – especialmente nas ditas “redes sociais” não é saudável. Porventura acirrados os ânimos pelo inusitado da situação (nunca antes um Secretário Geral foi confrontado desta forma, depois de ter ganho duas eleições seguidas), o certo é que o nível de confrontação alcançou tais níveis de intensidade que dificilmente será possível reconciliar as tendências conflituantes depois de se conhecer o vencedor das primária de 28 de Setembro.

De facto, a intensidade do debate é tão intensa, tão “fulanizada” em torno de questões de “falta de carácter”, de lealdade e de falta de ética que dificilmente as cidadãos e militantes que ameaçam “fazer rolar cabeças” depois das Primárias conseguirão alguma vez trabalhar em conjunto ou em prol de um desígnio comum. Dado o atual extremar de posições, muito aumentado pela predominância mediática de um dos candidatos e pelo resvalar para o plano ético da campanha, substituindo o plano das propostas e projetos concretos, estão criadas as condições para estamos perante um período em que, vencendo o “challenger”, o Partido Socialista estará imerso num prolongamento do atual conflito até aos começos de Dezembro ou se, perdendo este e ganhando o actual Secretário Geral, haverá um largo sector de militantes dormentes, na melhor das hipóteses, ou crónicamente opositores durante largos meses ou até mesmo, quem sabe, até ao fim do seu mandato.

E contudo, não tem que ser assim! As Primárias são uma oportunidade de renovação interna de um dos partidos mais centrais à democracia portuguesa e o seu sucesso (previsível, tendo em conta os actuais níveis de inscrições de simpatizantes) levará outros partidos a seguir-lhe o exemplo. Esta renovação dos partidos – pela via da democracia participativa – é absolutamente necessária para salvar a democracia em Portugal e para reabrir os partidos aos cidadãos. Mas ainda que o processo seja o correto deve decorrer nos limites e caminhos do confronto de ideias e dos projectos alternativos para Portugal e para a governança interna do partido, não para uma estéril guerrilha de palavras ou de carácter. Se o confronto das Primárias se mantiver neste registo, a imagem pública que será dada para o país será uma imagem de imaturidade política e de incapacidade para estabelecer pontes e vias de diálogo. E estas serão sumamente importantes…. Especialmente à Esquerda do PS. Se este registo não se alterar, arriscamo-nos a ter sucesso no interior do Partido e a perder o país.

Categories: Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade