Da visão de “Carisma” em José Lello e dos riscos que isso comporta

Em entrevista recente ao Sol, José Lello afirma a dado ponto que “o que faz a diferença (entre Costa e Seguro) não são os programas, é a capacidade das pessoas, o carisma, a liderança, a dinâmica na intervenção. Não é um amontoado de ideias.”É preciso ter muito cuidado com este tipo de afirmações. Se para adotarmos uma determinada linha política, partido ou tendência/corrente num partido temos que adotar o pensamento do “líder”  de forma acrítica, acéfala e inquestionável então, não vivemos em democracia mas em autocracia. O carisma e a capacidade para liderar são competências de um bom líder partidário, decerto, mas não são únicas e ninguém deve seguir ninguém “apenas” pelo seu carisma ou força de “liderança”. Quem lidera, lidera sempre numa direção, e está direcção não pode – não deve ser – o interesse pessoal ou o interesse dos seus sequazes, mas sim a vontade de uma maioria expressiva daqueles que representa e que reconhecem nele um programa, um conjunto de ideias, propostas e caminhos com que se identificam.

O carisma não é o destino. O carisma é uma das competências que se exige a que leva aluguer a um certo destino e esse destino é o programa. Hitler tinha amplo carisma e grande capacidade para liderar, mas o seu programa servia os interesses dos seus cidadãos e, em última instância do mundo? Este é o grande risco latente neste tipo de discurso, muito comum na campanha das Primárias do Partido Socialista e que confunde o “líder” com a figura de um semi-deus, sempre certo, incapaz de errar (“nunca tenho dúvidas e raramente me engano”, já dizia Cavaco Silva) e que deve ser ser seguido de forma cega e religiosa.

Para Seguidor, não estou disponível. Nem o devia estar qualquer verdadeiro democrata. Porque mais que o Homem, importam as suas Ideias (ou a falta delas, em alguns casos).

Categories: Democracia Participativa, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: