Daily Archives: 2014/09/10

“Evolução na Continuidade”

O candidato e ainda (sem o dever ser) presidente da CML tem reiterado a acusação, a de que este processo das Primárias (que defendeu amplamente em textos seja, no passado) é “um truque” para o desgastar.

O seu grande problema está em que esta campanha o está a obrigar a ir mais além de uma imagem mediática muito dulcificada e a ir até ao “perigoso” campo das propostas e ideias concretas… As Primárias forçaram António Costa a ir além da imagem e a expor um pouco do seu pensamento alternativo para Portugal. É o pior é que… Apresentou muito pouco. Não porque pense pouco ou porque seja pouco inteligente (é-o, e muito). Não apresentou muito porque não quis. Por cálculo frio e racional, no mesmo exercício que o fez construir esta sua arremetida à direção do PS ao longo de anos. Por cálculo, Costa preferiu calar em vez de – de forma clara e transparente – mostrar o que realmente pensa. Por este cálculo é que o seu programa é uma coleção de generalidades pouco originais e banais. Não porque não seja capaz de mais e melhor. Mas porque pensa – sinceramente – que não será capaz de governar muito diferentemente do actual governo PSD-PP e porque acredita quie esconder isso dos eleitores lhe trará mais votos que revelá-lo, de forma transparente e clara.

Porque, de facto, é apenas a “evolução na continuidade”. Sem rupturas como as que José Seguro propõe quanto às alterações no sistema eleitoral, nas incompatibilidades dos deputados e na separação da política dos negócios.
Categories: Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Havendo uma elevada probabilidade de que o PS não consiga a maioria na próximas eleições é importante deixar bem claro com que se pretende o candidato Costa coligar

Havendo uma elevada probabilidade de que o PS não consiga a maioria na próximas eleições é importante deixar bem claro com que se pretende o candidato Costa coligar. Há sinais de um “acordo privado” com o PSD (Rui Rio) e é preciso perceber se uma coligação com o partido que deixou é-o país nesta situação está sobre a mesa.
Seguro já prometeu que submeterá a referendo qualquer coligação. Codts prefere manter as suas opções privadas e admite que a decisão de estabelecer uma coligação censura a si próprio (se eleito) e ao seu círculo mais próximo.
Qual das duas opções é mais democrática e escuta melhor os cidade? A opção de Costa (decisão entre direção) ou a de Seguro? (referendo interno)
Decida e participe inscrevendo-se em https://www.psprimarias2014.pt

Categories: Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

A tão propagada ascensão das exportações até aí equilíbrio da balança de pagamentos tem muitas fragilidades…

A tão propagada ascensão das exportações até aí equilíbrio da balança de pagamentos tem muitas fragilidades… Desde logo depende de uma compressão violenta dos níveis de consumo privado, fruto de camadas sucessivas (e crescentes) de tapetes fiscais. Depois, depende doentiamente da produção de uma única (!) unidade fabril: a refinaria de Sines. Quando, no trimestre anterior ela teve uma paragem de manutenção, as exportações caíram, agora que retomou a produção a pleno, eis que as exportações retomam o crescimento… Ou seja, dependemos da produção de uma única unidade que, ainda, por cima, é também um dos maiores importadores nacionais.
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Não foi noticiado no Ocidente

Não foi noticiado no Ocidente, mas algures em Donbass existe um coluna militar com 68 veículos blindados ucranianos completamente destruída. Não foi noticiado, mas se o leste da Ucrânia não foi retomado pelo governo tal sucedeu por decisão estratégica de permanecer nos arredores das cidades e bombardeá-las, sem entrar e correr o risco de combates porta-a-porta.

O exército ucraniano é altamente corrupto (o seu oficialato nunca é visto na frente de combate) e ineficiente. Apesar de ter uma superioridade numérica e em termos de equipamento esmagadora não conseguiu (ou não quis) retomar o leste e a maior parte das suas ações ofensivas foram protagonizadas por milícias onde os elementos de extrema direita são muito influentes.

A prazo esta Ucrânia não tem futuro. A divisão do país em dois, um membros da NATO e da UE, o outro parte da Rússia (como deseja aliás, a maioria Sá população local) é cada vez mais a melhor opção para todas as partes envolvidas.

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Política Internacional | 2 comentários

Se Carlos Moedas for mesmo o Comissário do Emprego e dos Assuntos Sociais então teremos uma prova fantasticamente eloquente sobre a forma como a Comissão Europeia escolhe os seus comissários.

Se Carlos Moedas for mesmo o Comissário do Emprego e dos Assuntos Sociais então teremos uma prova fantasticamente eloquente sobre a forma como a Comissão Europeia escolhe os seus comissários.
Como é que um ministro DESTE governo (o que mais desemprego criou e o que socialmente mais insensível de sempre) chega a Comissário Europeu do EMPREGO e dos ASSUNTOS SOCIAIS?
Precisamos de uma CE eleita diretamente pelos cidadãos da Europa.
Precisamos de mais democracia e menos nomeados.
Categories: Política Internacional, Política Nacional, Portugal, união europeia | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade