Daily Archives: 2014/08/13

Sobre o Acordo (?) Costa-Rio

Serei claro: nas atuais condições, um acordo pós-eleitoral, como aquele que se desenha hoje entre António Costa e Rui Rio para “a próxima década”, será moralmente ilegítimo e tornará o PS num PASOK incurável e praticamente irrecuperável.
Moralmente Ilegítimo porque tal acordo iria contra a vontade da esmagadora maioria dos militantes e simpatizantes
Concedo esta possibilidade se se cumprissem duas condições:
1. este acordo ser aprovado em eleições internas, pela maioria dos militantes (referendo) e se houvesse – simultaneamente – um
2. pacto de regime que prescrevesse a anulação da maioria das políticas dos últimos anos.

Anúncios
Categories: Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Re-Ligar

Recentemente, num evento da campanha de António Galamba, gostei de ouvir uma frase que – entre outras – fez eco na minha mente, ao tocar num dos pontos mais centrais da via que acredito que o país  deve trilhar para reconstruir a Democracia ferida em que vivemos: “é preciso reforçar a ligação dos deputados aos eleitores”. Não acredito que existam condições, hoje, para instaurar uma Democracia Directa em Portugal e muito menos, no PS. Roma e Berna não se fizeram em dois dias…  Mas acredito que como diz a declaração de princípios da www.cots-ps.org que é preciso criar formas inovadoras de democracia semidirecta que re-liguem eleitos a eleitores e que esta religação bem pode começar na FAUL, na seleção dos deputados socialistas no distrito de Lisboa.

Esta ponte pode ser reconstruída definindo quotas – numa primeira fase – de um número de deputados que compõem a lista distrital a partir de uma Lista Aberta, onde pode constar todos aqueles que se dispuserem a tal, independentes e militantes. Esta religação pode ser aprofundada, determinado que cada militante que participe nessa eleição em Lista Aberta terá mais que um voto para utilizar, adoptando assim o mecanismo de Democracia Participativa conhecida como “Voto Preferencial”. Através destes dois mecanismos, simples e acessíveis podemos obter facilmente um significativo salto de qualidade na lista de candidatos a deputado à Assembleia da República, diminuindo simultaneamente o peso dos “aparelhos” e “sindicatos” dentro do Partido e devolvendo aos militantes do Partido Socialista.

Categories: COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista, Democracia Participativa, Portugal | Deixe um comentário

A crise económico-financeira que começou em 2007 foi, como outras anteriores, uma crise de sobreprodução

Por vezes, parece que todos se esqueceram, mas a crise económico-financeira que começou em 2007 foi, como outras  anteriores, uma crise de sobreprodução, mas ao inverso destas, não de sobreprodução de Bens, mas de sobreprodução de capital fictício e de repulsão do mesmo das atividades produtivas. Não foi o Estado Social que criou a crise, nem o despesismo dos cidadãos. Foi o excesso de capital, a imaginação delirante das engenharias financeiras e o “mundo novo” dos “produtos complexos”.

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade