Um dos maiores focos da COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista é a Transparência

Um dos maiores focos da COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista é a Transparência e, de forma decorrente, o combate activo, empenhado e consistente contra todas as formas de corrupção e tráfico de interesses.

Assim sendo, defendemos a publicidade aberta e total de todos os actos do governo central, da Assembleia da República, das Autarquias e da Presidência da República. Esta publicidade deve ser feita de forma completa e fidedigna mas atempada e compreensível.

O objetivo desta forma de Governação Aberta que defendemos é duplo: por um lado, objectiva a que todos os cidadãos, especialistas e não especialistas (investigadores, jornalistas e polícias) possam mais facilmente e rapidamente detectar colisões entre interesses privados e públicos, facilitando a detecção e o combate a situações de corrupção. A simples existência de uma Governação Aberta assumira um papel dissuasor contra este tipo de fenómenos. Por outro lado, permitirá aos cidadãos melhores tomadas de decisão sobre os assuntos que lhes dizem diretamente respeito, levando a uma democracia mais qualitativa, onde o número de cidadãos informados, que votam de acordo com a informação que possuem é maior e, logo, em que a qualidade dos processos democráticos é maior.

Mais transparência na governação nacional e local implica mais ética, mais informação aos cidadãos, melhor democracia, porque leva a um voto mais informado. Mais transparência leva a uma redução dos desperdícios por corrupção e, logo, menos défice e, de forma decorrente, menos carga fiscal. Mais transparência leva também a uma redução do fosso entre eleitos e eleitores, tornando a democracia mais inclusiva e participada.

Categories: COTS: Corrente de Opinião Transparência Socialista, Justiça, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: