Sabia que… Calçada Portuguesa?

A Calçada Portuguesa nasceu na época renascentista e das descobertas, tendo então o objetivo de tornar o espaço publico mais agradável e funcional.
Sabia que foi Eusébio Cândido Furtado (homenageado numa placa da Rua dos Correeiros) que propôs as famosas “Ondas do Mar Largo” (Rossio), concluídas em 1849 e depois replicadas no famoso “calcadão” do Rio de Janeiro por calceteiros portugueses?
Sabia que as combinações negro-branco da Calçada Portuguesa de Lisboa resultam de pares calcário branco-calcário negro e calcário branco-basalto? Contudo, o basalto é raro em Lisboa (excepto em Lisboa Ocidental, zona de solos vulcânicos), por isso se usou quase sempre calcário negro (raro, mas menos que o basalto) e muito raramente (como no Largo do Carmo), basalto.
Sabia que, em Lisboa, se observam sete tipo de frisos e 11 tipos de padrões dos 17 tipos possíveis segundo um teorema matemático, na Calçada Portuguesa?
Sabia que entre a Praça da Alegria e o Marquês de Pombal fica a segunda zona de calçada portuguesa da Avenida da Liberdade? Esta segunda zona só foi aberta no século XX e distingue-se da segunda em termos matemáticos com motivos de espelho e rotações de 180 graus. A primeira parte da Avenida era o chamado “Passeio Público”
No lioz da Estação do Rossio, encontramos muitos fósseis rodistas. Estes bivalves apreciavam as águas pouco profundas, quentes e calmas de Lisboa. Na época, a Península Ibérica era uma ilha, desligada do continente europeu.
Sabia que é junto ao monumento dos Restauradores que encontramos o mais complexo padrão matemático da Calçada Portuguesa de Lisboa: da autoria de Joel Abel Manta, na década de 1970?
Sabia que existem intervenções do escultor Fernando Conduto no Rossio dos Olivais, entre o Pavilhão Atlântico e o Pavilhão de Portugal, do artista Pedro Proença no Cais Português, junto ao oceanário, da pintora Xana no Cais dos Argonautas, entre o Pavilhão do Conhecimento e o Oceanário, e do artista madeirense Rigo, na Alameda dos Oceanos?
Debate sobre a #CalçadaPortuguesa em #Lisboa a 18 de junho!
https://www.facebook.com/events/311588325657832
Pedro Homem de Gouveia (Câmara Câmara Municipal de Lisboa)
Luís Marques da Silva (Fórum Cidadania Lx)
Diogo Martins (Movimento dos (d)eficientes indignados) 
Anúncios
Categories: História, Lisboa | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern everything with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

%d bloggers like this: