Leste da Ucrânia: não creio que vá haver aqui uma integração “à crimeica”

Esta semana, uma coluna do exército ucraniano da “operação antiterrorista em larga escala” após uma escaramuça com civis armados, debandou e deixou seis BMP-2 que foram capturados pelos separatistas, ao mesmo tempo, várias deserções e “mudanças de lado” ocorreram um pouco por todo o leste do país. A Ucrânia não parece ter nem a força nem a organização capaz de restaurar a autoridade do governo interino no leste do país.

Apesar desta incapacidade, a Rússia não parece estar realmente interessada em anexar o leste da Ucrânia. Tal anexação seria um pesadelo diplomático (ao contrário da Crimeia) durante anos e, sobretudo, seria uma carga tremenda assumir as minas de carvão (cronicamente deficitárias) e toda a economia lenta e ineficiente do leste ucraniano.

A aposta russa parece ser a de manter a Ucrânia no limite da ingovernabilidade e, logo, longe da integração europeia… mantendo forças militares prontas a intervir caso existam sinais de perseguições à população russa deste território.

Ou seja: não creio que vá haver aqui uma integração “à crimeica”, mas um rastilho lento pela instabilidade do território e uma preparação para uma operação relâmpago em caso de emergência étnica.

É a minha aposta, pelo menos…

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Leste da Ucrânia: não creio que vá haver aqui uma integração “à crimeica”

  1. João Paulo

    Postei um comentário. 🙂

  2. gostei da sua observação sobre os acontecimentos

  3. João Paulo

    Então vou postar outro em lugar daquele que não apareceu.

    Primeiramente, sobre os presidentes Obama e Putin. Apesar de muita gente no Ocidente não gostar do Putin, ele está simplesmente humilhando o Obama diante das nações. Em 2008, eu torci pelo Obama. Hoje, se eu pudesse, eu recomendaria ao Obama que renuncie o mandato antes que ele leve os EUA à ruína.

    Sobre a Ucrânia em si, os russos só queriam a Crimeia. Para o Putin, é mais interessante que a Ucrânia fique unida na forma duma federação, porque se a Rússia anexar as terras ucranianas habitadas por russos étnicos, o que sobrar da Ucrânia vai entrar definitivamente na União Europeia e na NATO, justamente o que o Putin não quer. O melhor caminho para a Ucrânia é seguir o exemplo de neutralidade da Finlândia, e não se unir a NATO e nem à Rússia. E, convocar Assembleia Constituinte, uma nova República.

    Na verdade, quem devia estar representando o Ocidente nas negociações é a chanceler alemã, que sabe lidar com o presidente russo melhor do que o presidente norte-americano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: