Daily Archives: 2014/03/19

Comentário a Boaventura de Sousa Santos sobre a tripla crise que vive hoje Portugal

“Portugal vive uma crise financeira de curto prazo, uma crise económica de médio prazo e uma crise político-cultural de longo prazo.” (…) no plano político-cultural, trata-se de um défice histórico na formação das elites políticas, económicas e sociais causado por um ciclo colonial excessivamente longo.”
(…)
“A solução da crise financeira vai agravar a crise económica (impossibilidade de investimento e crescimento) e prolongar a crise político-cultural (a facilidade que as nossas elites tiveram enquanto elites colonizadoras reproduz-se agora na facilidade com que assumem o estatuto de elites colonizadas pela Europa desenvolvida.”
Boaventura de Sousa Santos

São estas três crises que, evoluindo como três rodas inclusas umas dentro das outras que conduzem o destino atual do nosso país. E todas estas rodas decorrem da crise político-cultural que precede todas as outras e que sendo de gravidade extrema carece de resolução urgente, antes de todas as outras. Ora é aqui que, precisamente, se observa uma inversão absoluta de prioridades: a crise financeira de curto prazo ocupou todo o espaço de intervenção política e todo o discurso e ação político-partidária.

A dissolução de valores éticos que se observa nos inúmeros (e impunes) casos de tráfico de influências, corrupção grosseira ou favorecimentos a Privados com dinheiros Públicos, fica assim esquecida e fora da atenção dos cidadãos e, sobretudo, dos agentes políticos. A falta de ética e de distinção dos mais básicos conceitos de Certo-errado, transparecem para toda a sociedade e assumem as mais diversas formas: as praxes violentas, as elevadas audiências do Futebol, o kitch, as trashtv, a abstenção elevada e os baixos índices de leitura expõem um país em profunda crise social.

Nem tudo está perdido, contudo. Aos momentos de crise, seguem-se sempre momentos de recuperação. E este país milenar não vai acabar amanhã. Perante os elevados níveis de desemprego, desespero social e desilusão frente ao Estado e à autoridade das instituições, o nível de conflitualidade social irá subir, e com ele a vontade de participação e o impulso para desequilibrar o torpe equilíbrio, ou Paz Podre, que hoje nos rege.

Anúncios
Categories: Democracia Participativa, Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade