O ambiente social português

“O ambiente social português, fustigado por uma crise económica e financeira gravíssima, que obriga a medidas de austeridade que doem no bolso dos cidadãos, não pode ser resolvido com manifestações nem, muito menos, com revoltas de rua, embora legítimas, desde que pacíficas. Terá de o ser com medidas financeiras que diminuam o deficit e o endividamento, mas também que evitem a recessão e promovam o desenvolvimento.”
Mário Soares, introdução a “Indignai-vos” de Stephane Hessel

Como Mário Soares, não acreditamos que a “Rua” tenha, em Portugal, para produzir uma mudança consistente e profunda. Dado o enorme grau de desespero a que foram votadas amplas camadas da sociedade, ninguém se espantara se surgirem revoltas sociais generalizadas, ou mesmo conflitos físicos violentos entre favorecidos e desfavorecidos, entre a elite que está cada vez mais rica e os seus pretorianos e a molde cada vez maior de desempregados, precários ou pessoas sem esperança. Mas deste confronto, não sairá nada de criativo ou construtivo, apenas o caos e o recuo de décadas de desenvolvimento e progresso social.

Uma revolução brutal, violenta e súbita trará sempre mais consequências negativas, do que vantagens. Não criara nada, além de ainda mais caos e desorganização. Precisamos de uma re-volução ordeira, legal e tranquila, que permite realizar de forma pacífica e gradual a transição de uma sociedade pouco democrática,para uma sociedade onde se praticam varias da democracia directa, estabelecidas num ritmo gradual e de forma crescente, naquela via a chamamos de Democracia Participativa. Este é – grosso modo – o projeto do www.MaisDP.pt e esta é – grosso modo – a minha motivação.

Categories: +DP | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: