Existe no Jardim Zoológico de Lisboa uma mensagem esotérica?

1.
Quando os arquitetos do Jardim Zoológico de Lisboa decidiram erguer este espaço a partir de 1905, em 1907, na Quinta da Laranjeiras (ainda hoje o nome de uma estação de metropolitano situada nas imediações) optaram por incluir uma série de referências ao Paraíso cristão e ao Éden pagão. Esta inesperada carga simbólica foi reconhecida por alguns dos promotores iniciais do projeto como o rei Dom Fernando II, Camilo Castelo Branco e o conhecido construtor da Quinta da Regaleira, Carvalho Monteiro.
2.
A inspiração do Jardim partiria dos Jardins Suspensos de Babilónia, onde se conjugavam os quatro reinos da Natureza: Mineral, Vegetal, Animal e Humano, em são e plena harmonia.
O mineral está presente pelos granitos expostos no jardim, o vegetal pela densa e rica vegetação colocada nos espaços verdes originais do jardim, o animal, pela espécies animais aqui reunidas e o humano, pela população humana que visita o Jardim Zoológico.
3.
Todos os iniciais proponentes e defensores da construção do Jardim Zoológico pertenciam a Sociedades Secretas: Maçonaria (conde de Farrobo), Rosa Cruz (D. Fernando II), Maçonaria Templária ou Monárquica (Carvalho Monteiro).
4.
O principal elemento simbólico do Jardim Zoológico de Lisboa encontra-se no “Jardim do Roseiral” ou simplesmente “Roseiral”. Este jardim, é visitado a partir de uma pequena ponte de pedra, que simboliza a ascensão a um estado espiritual superior, mais evoluído. A ponte está delimitada por quatro colunas, cada uma coluna com um artífice egípcio, um por cada um dos quatro elementos da Matéria e um por cada Ponto Cardeal (simbolizando assim, o Todo Universal).
5.
O Roseiral foi concebido para funcionar como um templo ao ar livre, em que as fontes, labirintos, dragões, gansos, delfins, esferas e esfinges com rostos masculinos, mas corpos de mulher (andróginos) cumprem papéis muito específicos num percurso iniciático que culmina no “Lugar da Rosa”, muito judiciosamente escolhido tendo em conta o simbolismo da “Rosa” (ocultação, camadas de revelação e rosacrucianismo).
6.

O local escolhido para construir o Zoológico de Lisboa assume uma carga simbólica por existir aqui um cruzamento de sete ribeiros que desembocavam no rio de São Domingos, sendo que deste rio partiam depois 4 outros pequenos rios, precisamente como sucedia no Paraíso da Mesopotâmia, sendo o Velho Testamento…

Anúncios
Categories: História, maisdemocracia.org, MaisLisboa.org, Mitos e Mistérios | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

%d bloggers like this: