Daily Archives: 2013/05/15

O Partido Popular de Madrid propõe a divisão em distritos uninomais da Comunidade de Madrid

Não devemos ser dogmáticos em relação a nada nem a ninguém: uma dada medida ou política não é necessariamente má ou prejudicial apenas porque brota de um certo partido ou corrente política. E existe de facto, a nível global, uma inclinação para a introdução de formas de democracia direta ou participativa na condução interna e externa dos próprios partidos representativos. Sinal disso mesmo é a iniciativa do Partido Popular de Madrid que propôs adaptar e aplicar o sistema alemão de votação direta.

A intenção é aproximar o deputado dos seus eleitores, personalizando a política e permitindo uma maior prestação de contas dos eleitos perante os seus eleitores, promovendo simultaneamente uma redução da influência dos aparelhos partidários sobre as decisões dos políticos eleitos. Mas em que consiste afinal esta proposta?…

A proposta do PP de Madrid propõe uma divisão da Comunidade de Madrid em 43 distritos, tendo cada um dos quais a capacidade para eleger um único representante. Desta forma a eleição deixaria de ser proporcional e se converter-se-ia em maioritária.

Sem incorporar explicitamente nenhum mecanismo Participativo no processo democrático, a proposta do PP teria o mérito óbvio de reduzir a influência dos aparelhos partidários na ação dos seus deputados e conjugada com formas de democracia participativa poderia – se aplicada entre nós – contribuir para a renovação do sistema democrático luso.

Fonte:
http://democraciaparticipativa.net/consultas-referenda/elecciones-en-el-mundo-world-elections/6200-un-voto-mas-personal-y-menos-partidista-propone-el-pp-espanol.html?utm_source=feedly

Categories: Democracia Participativa, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

MaisLisboa.org: Uma candidatura sem aparelhos

A candidatura independente MaisLisboa.org é o resultado do esforço conjugado de dezenas de cidadãos independentes, desempregados, reformados e de profissionais em inúmeros campos. Não há ninguém dedicado a 100% do tempo a este projeto. Não temos aparelhos partidárias na retaguarda, nem financiadores empresariais, nem orçamento ou financiamento estatal.

A candidatura independente MaisLisboa.org é livre de Partidos e de todas as dependencias e interesses que estes inevitavelmente arrastam atrás de si. Não temos, nem queremos ter, figuras mediáticas, VIPs ciumentos ou “personalidades de proa”. Somos cidadãos eleitores que se apresentam a votos perante outros cidadãos eleitores, sem ambição a encetar carreiras políticas, sem vontade para formar mais uma camada adiposa na gestão democrática de Lisboa. Somos gente comum, perante gente comum, sem máscaras desenhadas por empresas de marketing político, nem a responsabilidade de pertencer à Partidocracia que levou o país a este estado de pré-colapso.

No MaisLisboa.org temos consciência da escala do desafio e do desprezo que nos votarão as máquinas partidárias. Mas seremos imunes a ele: é que ao contrário delas, nada temos a perder.

Categories: Lisboa, maisdemocracia.org, MaisLisboa.org, Municipalismo, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade