Algo está a correr mal no “ajustamento” português

“A Suécia sofreu uma crise bancária em 1990; apesar da intervenção do governo para resgatar os bancos, à crise seguiu-se uma recessão económica que fez baixar o PIB real e só em 1994 é que a economia conseguiu voltar ao nível anterior do PIB anterior à crise. Havia todas as razões possíveis para acreditar que a experiência dos EUA seria pelo menos igualmente má, entre outras coisas porque a Suécia poderia atenuar a sua recessão através da exportação para economias menos atingidas, ao passo que em 2009, os EUA tiveram que enfrentar uma crise global. Por conseguinte, uma avaliação realista era que um pacote de estímulos teria que lidar ainda com três ou mais anos de grave situação económica.”

Acabem com esta crise, já!
Paul Krugman, 2012

Daqui se infere que após a eclosão deste tipo de crises, a recuperação nunca ocorre em menos que três anos. Ora tendo o grosso da atual crise económico-financeira chegado a Portugal em 2009 isso significaria que já deveríamos estar em momento de recuperação, mas é manifesto que não só não estamos já em recuperação, como até nem chegamos ainda ao ponto mais fundo desta crise. Algo está a correr mal ou a ser muito mal executado. E esse algo é a política austeritária imposta pelos banqueiros do norte da europa através dos seus proxies: merkel e troika.

Anúncios
Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

%d bloggers like this: