Daily Archives: 2013/03/31

Para sair do impasse na formação do novo governo italiano, o Movimento Cinco Estrelas propõe que o parlamento passe a legislar de forma autónoma

As eleições italianas de fevereiro deixaram o país num impasse governativo já que nenhum dos partidos ou coligações da Situação estão em condições de formar governo e que o Movimento Cinco Estrelas (o partido mais votado) reafirma a sua vontade de não fazer coligações com nenhum dos partidos que governaram o país nas últimas décadas: nem à Esquerda, nem à Direita, preferindo ficar fora do executivo e avaliando as leis que este submetera ao parlamento uma por uma, sem integrar o governo.

Beppe Grillo, o líder do Cinco Estrelas propôs uma saída para este bloqueio: o parlamento italiano passaria a governar diretamente o país, através da ação legislativa constitucionalmente consagrada, mesmo sem que exista um novo governo. Desta forma, o papel central da democracia seria devolvido ao Parlamento, a casa da democracia. O governo atual – que se mantém em funções de gestão – continuaria o seu trabalho, mas de uma forma assessoria e secundária cabendo nesta solução ao Parlamento preencher esse vazio de poder.

Grillo defende que o Parlamento eleito não tem que esperar pelo novo governo para começar a legislar, por exemplo, numa nova lei eleitoral ou legislando medidas urgentes de apoio às pequenas e médias empresas.

Fonte:

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/europa/uniao_europeia/zona_euro/detalhe/beppe_grillo_parlamento_de_italia_pode_funcionar_sem_novo_governo.html

Anúncios
Categories: Democracia Participativa, maisdemocracia.org, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

A Suíça a caminho do Espaço: com um Airbus A300 modificado

A empresa suíça “Swiss Space Systems” (S-3) revelou os seus planos para construir um sistema reutilizável de lançamento de pequenos satélites a testar pela primeira vez já em 2017.

A S-3 tenciona adaptar um Airbus A300 por forma a colocar no seu topo um veículo a foguete, de dois estádios, sendo o primeiro reutilizavel. A proposta da empresa suíça baseia-se no conceito “VEHRA” da Dassault francesa, razão pela qual a Dassault é um dos seis parceiros internacionais deste projeto. O plano é colocar em órbitas baixas (LEO) satélite com até 250 kg.

O primeiro voo de um modelo do segundo estádio do sistema terá lugar já em 2013 e o primeiro com um veículo de testes em 2016.

Fonte:
http://www.flightglobal.com/news/articles/swiss-space-systems-unveils-small-reusable-satellite-launch-system-383417

Categories: SpaceNewsPt | 2 comentários

Regenerando a Política pela via da Democracia Online

A regeneração da política pela via do desenvolvimento e implementação de ferramentas e métodos de Democracia Direta ou Participativa tem que passar pelo Internet e pelas novas tecnologias.

No campo da Democracia Online a ferramenta mais usada, em Portugal e no resto do globo, é hoje – sem margens para dúvidas – a das “Petições Online”: forma de os cidadãos ditos “comuns” chegarem ao Poder e de deixaram uma marca no processo decisório ou legislativo, as petições têm cumprido um papel importante na aproximação entre eleitos e eleitores e na introdução de uma lógica mais participativa num sistema representativo esgotado e profundamente desprestigiado.

As petições online são uma das vias de reforço da Democracia pela componente participativa, uma via que deve ser expandida, mas não são a única: outras formas de aumentar a intervenção dos cidadãos nas decisões políticas e de acompanhar mais de perto os eleitos existem ou podem ser desenvolvidas: a este propósito atentemos em dois interessantes sites brasileiros: o www.votenaweb.com.br e o politicos.com.br.

No votenaweb, as propostas legislativas em análise e votação nas câmaras parlamentares brasileiras podem ser votadas pelos cidadãos, após o site ter redigido uma descrição simplificada das mesmas e com um espaço para comentários. no politicos.com.br, é possível observar o absentismo dos deputados, a quantidade leis que apresentaram, o número de mandatos e até… a quantidade de processos judiciais que têm pendentes…

Categories: Brasil, Democracia Participativa, maisdemocracia.org, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade