Estado-Ladrão: o IMI está sobreavaliado e as Finanças sabem (e a dormente Assembleia da República deixa passar)

Vivemos sob um autêntico Estado-Ladrão. Um Estado que merece cada vez mais, com mais justiça uma onda generalizada de desobediência civil, que passou todos os limites da razoabilidade e da decência no que concerne à cobrança de impostos e para com a sanha estimulada com que atira esses domini cani que são os seus cobradores de impostos e façanhudos corpos de intervenção contra os seus cidadãos.

Este Estado-Ladrão é contudo também um Estado-sem-Vergonha. Sem vergonha porque – entre tantas outras razões – sabe que a diferença entre o preço das casas em Portugal e o preço de mercado caiu 26% em 2012, mas que mantém o IMI a valores artificialmente altos, muito acima do valor real das casas, especialmente agora que a bolha imobiliária começou a estourar. Mas o IMI, esse ainda não estourou.

Este desfasamento entre o valor de mercado das casas e o valor pago em IMI já se tinha verificado em 2011, sendo então de 21%. Isto significa que hoje, o valor pago em IMI deverá ter uma sobrestimação de pelo menos 30% do valor real das casas, que assim reverte diretamente para o Estado e contribuindo para as dificuldades financeiras atuais de tantas famílias.

Fonte:
http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO119803.html

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

%d bloggers like this: