O Banco Central alemão ameaça os italianos se não seguirem as políticas de Mario Canis Draghi

Jens Weidmann

Jens Weidmann

O desplante e a arrogância germânicas estão atualmente num dos pontos mais altos da sua história: o governador do Banco Central alemão, um certo Jens Weidmann ameaçou os italianos: “Os cidadãos e o Governo decidem sobre o rumo da política nacional e têm que assumir as consequências dessa decisão”

Este ignóbil germano referia-se obviamente aos pacotes de austeridade que o seu sabujo preferido, o cão da Sachs, que dá pelo nome de Mário Monti, aplicou sobre os italianos. As “consequências” são claras e estão já a ser preparadas nas chancelarias germanas e dos seus subalternos austríacos, finlandeses e holandeses e nas palavras deste germano, se os italianos puserem fim à austeridade “os juros sobre a dívida italiana sobem” e que não serão apoiados pelo BCE já que segundo este torpe banqueiro alemão isso “não justificaria uma intervenção do BCE”.

As ameaças deste germano são obviamente focadas no Movimento Cinco Estrelas, atualmente o maior partido italiano (todos os outros são coligações) que acredita que o futuro da Itália passa por uma saída controlada do Euro.

Tais ameaças são indignas num alto responsável governamental estrangeiro, consistem num exemplo básico de ingerência externa e trazem implícitas em cada palavra um sentimento de arrogante superioridade que tem muito de germânica.

Foi a esta europa, comandada por estes chauvinistas, que aderimos?

Fonte:

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/europa/uniao_europeia/zona_euro/detalhe/banco_central_da_alemanha_avisa_italianos_que_parar_reformas_tera_consequencias.html

Anúncios
Categories: Europa e União Europeia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “O Banco Central alemão ameaça os italianos se não seguirem as políticas de Mario Canis Draghi

  1. Gisela

    Uma reflexão, a quem interessaria criar uma tal revolta contra os alemães, de novo ?

    • É uma boa pergunta… quem beneficia deste desmoronar do projeto europeu, sao os seus rivais globais: a China e os EUA.
      Mas no mundo atual, a interligacao entre as potencias é demasiado extensa para alguem ganhar algo a prazo com o colapso de algo economicamente tao relevante como a UE.
      Sinceramente, acho que nao ha ninguem a manipular as massas e a alimentar um sentimento anti-germanico. Nada alem, da estupidez germanica, claro.

  2. Gisela

    Comparo o povo europeu com o povo judaico quando deixava de seguir as leis de Deus para adorar outros “deuses”tornando-se prisioneiro e escravo de outros povos. Assim parece acontecer com a Europa que foi berço do cristianismo teve inumeros Santos e hoje abandonou sua fé por dogmas científicos perdendo assim sua proteção espiritual e se tornando prisioneira e escrava do materialismo de crueis banquiros .

  3. Como italiano, quero dizer que tudo o que esta acontecendo não me surpreende, porque parece fazer parte de um roteiro já visto na história humana. O que mais sobressai nesta situação, não somente europeia, mas sim globalizada, é a enorme distancia entre as intenções doentias dos poderes (principalmente os financeiros) e as exigências reais dos povos. Estes poderes se usam de conceitos academicos para que ninguém entenda o que está realmente acontecendo. Desta forma, todos os paises (incluindo a Alemanha) ficam endividados e os povos se tornam escravos de uma maneira mais sutil: acreditando que ainda somos livres! Existe uma Europa possível, ou melhor um mundo justo? Claro que sim! Mas é o dos povos, da solidariedade, do amor, da justiça, da igualdade, da consciência e não dos banqueiros, especuladores, doentes mentais; é o mundo dos ideais que sempre foram chamados por esses poderosos e asseclas de utopia, mas que residem na essência de cada ser humano e que inspiraram e inspiram os grandes idealistas, autores e cientistas; é o mundo dos ideais cristãos mais profundos do Gioacchino da Fiore, Dom Dinis, Santa Rainha Isabel etc. que sempre foram atacados pela própria Igreja e pelos poderes constituidos. Enfim, é isso que tais poderes mais temem: que os povos tomem consciência do que está entranhado naturalmente na essência de cada um de nós e que um dia vamos resgatar sem precisar de violência, que eles querem provocar! Fabrizio Biliotti

    • Infelizmente, nao creio que seja facil chegar a esse “imperio do espirito santo” de agostinho da silva e dom dinis: entre ele e a situação atual terá que haver revolta e alguma violencia, e muita resistencia do Sistema, com todos os meios poderosos (controlo dos media, censura economica, policiais e justica cerceadas, etc).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

%d bloggers like this: