Da necessidade de desenvolver as ciclovias e o exemplo dos EUA

O aumento dos preços da gasolina tiveram um efeito notável no número de ciclistas que hoje usam as ciclovias que nas últimas duas décadas foram sendo construidas neste Estado do leste dos EUA: São Francisco registou um aumento de 71% no número de ciclistas nos últimos cinco anos. Los Angeles, um aumento de 32%. No global, existem hoje nos EUA mais 63% ciclistas que em 2000.

Algumas cidades dos EUA têm previstos grandes investimentos em ciclovias, por exemplo, Los Angeles nos próximos cinco anos vai construir mais de três mil quilómetros de ciclovias e muitos norte-americanos estão a adotar a bicicleta não somente para gastarem menos em combustíveis, mas também por razões ambientais.

Uma via a desenvolver (muito…) nas grandes cidades portugueses, todas elas muito abaixo nessa área da maioria das suas congéneres no mundo desenvolvido.

Fonte:
http://tech.slashdot.org/story/12/10/14/0430220/as-gas-prices-soar-so-does-city-biking?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+Slashdot%2Fslashdot+%28Slashdot%29

Categories: Ecologia, Política Nacional, Portugal | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “Da necessidade de desenvolver as ciclovias e o exemplo dos EUA

  1. voza0db

    Olá… Se mantivermos esta opção idiota de colocar as ciclovias junto às vias de tráfego de veículos com motores de combustão interna (seja qual for o tipo de combustível), ou, como também existem no meio das mesmas… Então apenas podemos ficar esperando que daqui por uns anos, os casos de cancro do pulmão vão disparar… Afinal de contas ninguém quer saber da classificação carcinogénica que as entidades reguladores de saúde atribuíram aos gases de escape dos veículos motorizados!

    Pois já que ninguém quer saber… Então bora lá a construir ciclovias bem no meio dos nossos amados carros, e camiões, e motas e tudo o que tenha motores! E quando andarem lá no meio, respirem com a boca bem aberta!

    Abr

    • Mas eu até percebo: é o local disponivel em cidades construidas de raiz a pensar apenas no carro… ainda que sejam preferiveis, fazer de outra forma, apenas com demolicoes…

  2. HSMW

    Demolições e terraplanagens… Olha fazer uma ciclovia na Calçada de Carriche….

    • Podia ser so numa direcao (a descer)! 🙂
      A serio, esse é um dos grandes problemas para o uso massivo de bicletas e ciclovias em Lisboa: a sua geografia.
      Mas nao impede totalmente, apenas obstaculiza em algumas regioes. O conceito continua valido, mas implica mais investimentos e ousadia que noutras cidades europeis.

  3. meu sonho é viver em uma cidade onde eu posso ir a todos os lugares de bicicleta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: