Banca Alternativa: Investimentos Ponto-a-Ponto

Zopa (http://techincollaborativeconsumption.files.wordpress.com)

Zopa

Os Bancos são cada vez menos apreciados por todos. De facto, a sua atividade nunca foi muito popular, nem a estatura ética dos banqueiros foi considerada alguma vez como muito elevada, assim como o seu prestígio social… especialmente agora, em tempos de credit crunch e da vivência de uma crise global que encontra as suas raízes nas loucuras dos financeiros (e na desregulação) das últimas décadas. Mas os Bancos continuam sendo inevitáveis formas de financiar a Economia… ou não?

Não. Todos nós podemos optar por formas alternativas de fazer poupanças. Podemos, por exemplo, colocar o nosso dinheiro (ou parte dele) num sistema de “empréstimos ponto-a-ponto”, curto-circuitando completamente o papel de intermediário tradicionalmente ocupado pela Banca e tomando nós próprios a decisão de a quem e a que negócio ou empreendimento desejamos emprestar o nosso dinheiro.

Estes sistemas de capitalização ponto–a-ponto não são constructos teóricos: são reais e existem no mundo várias organizações que recorrem a eles. É por exemplo o caso da Zopa, com lucros anuais de 5.5%, da Funding Circle com lucros anuais de 8.5%. Estes casos não escondem que existe uma certa taxa de insucesso: por vezes alguns negócios – simplesmente – falham.

Apesar de certos riscos, estes sistemas ponto-a-ponto permitem que o emprestador saiba exatamente a aplicação que está a ser dada ao seu dinheiro. Os lucros podem ser mais altos que um depósito a prazo convencional, mas podemos escolher o negócio onde aplicamos as nossas poupanças em função de critérios éticos, gostos pessoais ou a áreas onde estejamos mais bem informados.

Fontes:
http://uk.zopa.com/
https://www.fundingcircle.com/

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: