Na luta Ariane 5ME/Ariane 6 vencem (por ora…) os alemães

Elon Musk, o CEO da norte-americana SpaceX avisou os europeus que se querem que a Ariane Espace continue a existir têm que abandonar o Ariane 5 e construir um seu sucessor capaz de competir com o Falcon 9 da SpaceX. Musk é certamente parte interessada, mas a sua declaração de que “os custos de produção do atual foguetão irão matar a Ariane como uma entidade comercial” está completamente correta.

Elon Musk desafia os europeus – que por estes dias decidem os próximos projetos da sua agência espacial, a ESA – a avançarem para o Ariane 6 e a deixarem para trás o Ariane 5, um foguetão extremamente fiavel (atualmente com 50 lançamentos bem sucedidos seguidos) e preciso, mas muito dispendioso de fabricar e que apenas permanece competitivo no mercado internacional de satélites graças a subsídios por parte das nações da ESA que ascenderam a mais de 217 milhões de euros entre 2011 e 2012. Atualmente, cada lançamento da atual geração Falcon 9 custa 60 milhões de dólares por lançamento, um preço muito mais baixo que o de um Ariane 5 e este preço ainda vai descer mais na próxima geração de Falcon 9…

O problema é que os Estados da ESA não parecem muito convictos quanto à forma de manter a Europa no muito agressivo (e agora mais que nunca) mercado comercial de lançamento de satélites… como com a crise do euro e dos países periféricos, os países do norte não têm uma visão comum e concreta para o futuro do continente no Espaço: a França continua a fazer pressão junto dos seus pares para o desenvolvimento do Ariane 6, um foguetão com métodos de fabricação e componentes mais baratos. O problema está em que a Alemanha (sempre a Alemanha…) está a bloquear a ESA, insistindo numa ótica mesquinha e sem visão de futuro que a ESA deve continuar a desenvolver o Ariane 5. A aprovação do orçamento quinquenal da ESA provou que a Alemanha é também aqui preponderante, tendo a tese francesa sido derrotada, ou na melhor das hipóteses adiada. A proposta alemã eleva ainda mais os elevados custos do Ariane 5 pelo desenvolvimento de uma nova versão, o Ariane 5ME (mid-life) com um estádio superior mais poderoso e a capacidade para o desligar e ligar.

Em teoria, com o Ariane 5ME a funcionar será mais económico desenvolver o Ariane 6, porque algumas das suas tecnologias serão criadas já com o 5ME… Na prática: logo se verá. Os projetos aeroespaciais tendem a ultrapassar os seus orçamentos…

Fonte:
http://www.bbc.co.uk/news/science-environment-20389148

Anúncios
Categories: SpaceNewsPt | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Na luta Ariane 5ME/Ariane 6 vencem (por ora…) os alemães

  1. A Alemanha esta Bloqueando um novo Ariane , mas esta financiando o VLM desenvolvido pelo Brasil ,mas lembrando que o Ariane esta no top da lista em capacidade de carga enquanto o VLM esta no fim da lista ..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: