O helicóptero chinês de ataque Z-10 terá tecnologia pirateada nos EUA

A China refutou as acusações de que o seu novo helicóptero de ataque Z-10 esteja a ser desenvolvido a partir de tecnologia pirateada a partir dos EUA. A negação vem no contexto do pagamento de uma multa de 75 milhões de dólares ao governo norte-americano por parte da “United Technologies Corp.” (UTC), empresa que admitiu ter vendido software que a China usou para o seu projeto de criar o primeiro helicóptero moderno de ataque do seu inventário.

Pequim alega que “quer os motores, quer toda a sua tecnologia foram desenvolvidos localmente” mas se a UTC admitiu o crime e aceitou pagar a multa por violação explícita dos leis que impedem a exportação de material militar sensível e tendo em conta o historial chinês neste campo parece altamente improvavel que o Z-10 não seja mais um episódio de pirataria tecnologica protagonizada por Pequim.

Fonte:
http://www.defpro.com/news/details/37973/

Categories: China, DefenseNewsPt | 14 comentários

Navegação de artigos

14 thoughts on “O helicóptero chinês de ataque Z-10 terá tecnologia pirateada nos EUA

  1. otusscops

    mais um drone para tiro ao alvo dos mísseis europeus e norte-americanos.

    a CIA deixa-se piratear de propósito…

    • Nao deixa nao… este aparelho parece ser um autentico (e improvavel) salto quantico neste campo para um pais que ainda à nao muito tempo dependia dos franceses para possuir helicópteros de média tecnologia.

      • otusscops

        vai por mim, não te entusiasmes quanticamente…

        • Eu nao… o imperialismo chines é que está muito entusiasmado. Graças a nos (e a outros) que deixamos que os nossos politicos cedessem às pressões das multinacionais e tornassem a China na “fábrica do mundo”.

  2. João

    Para tanto investimento bélico, eu começo a acreditar que a China ou quer ser a sucessora da ex-URSS na condição de superpotência hegemônica, ou tem planos para uma guerra futura contra os EUA.

    • Luiz Ely Silveira

      A China vislumbra mesmo é uma expansão territorial.

      • A começar pelos mares do sul da china. E a prazo anteve operacoes militares em África na defesa dos seus interesses economicos. É aliás neste cenário que poderão ocorrer conflitos diretos com o ocidente.

    • Até certo ponto até posso compreender a China: quer ter umas forças armadas ao mesmo nível da sua economioa.
      Isso é compreensivel. O que me incomoda é o facto de ser uma ditadura colonial cada vez mais bem armada.
      Aí sim, reside a fonte de todos os perigos.

  3. esses chineses sabem o que fazem quer seja uma guerra futura com os EUA quer seja uma expansão territorial

  4. Tanta tecnologia empregada de forma bélica. ela poderia ser muito bem empregada para desenvolvimento humano e aperfeiçoamento de telefonia e melhoria na comunicação. enfim. A china copia tudo mesmo

    • Viriato

      A China usa a via mais rápida e barata a curto prazo: copiar o que os outros têm de bom. Assim obtêm tudo, seja para uso próprio ou para exportação, podendo vender mais barato, pois não investiram tempo e dinheiro em investigação.

    • Tudo… até no desejo compulsivo de ser a superpotencia-que-se-segue. Veja-se, p. Ex. O que faz hoje aos recursos naturais em África…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: