Daily Archives: 2012/10/23

Paul Krugman: “Uma matéria mais melindrosa é saber até que ponto os interesses pessoais do 1% da população do topo – ou melhor ainda, do 0.1% da população do topo – têm colorido a discussão entre os economistas académicos”

“Uma matéria mais melindrosa é saber até que ponto os interesses pessoais do 1% da população do topo – ou melhor ainda, do 0.1% da população do topo – têm colorido a discussão entre os economistas académicos. Mas seguramente que essa influência estava lá bem presente: no mínimo, as preferências de mecenas universitarios, a disponibilidade de bolsas de estudo e lucrativos contratos de consultoria, etc., devem ter encorajado esses profissionais academicos não só a distanciarem-se das ideias keynesianas, mas a esquecerem grande parte daquilo que se aprendeu com as décadas de trinta e quarenta.”

Fonte:
“Acabem com esta crise, já!”
Paul Krugman (Nobel da Economia)

Nos EUA, como cá, não há dúvidas de que os “grandes interesses” que hoje detêm uma posição cada vez mais dominante nas sociedades, mercê da solidificacao da sua vantagem economica sobre o resto da sociedade através de uma desigualdade na distribuição de rendimentos crescente, controlam os Media. Mas além dos Media, estes Interesses também arregimentaram à sua Causa Imperial os Opinion Makers que vivem nesses Media. Atualmente o pensamento economico independente encontra geralmente barreiras impossíveis para chegar ao Prime Time televisivo e com a erosão crescente da imprensa escrita (graças à TV e à Internet) é cada vez mais fácil manipular as massas e induzir as correntes de pensamento mais convenientesao Status Quo social.

Em suma, os Muito Ricos pagaram a mercenarios economicos para os servirem e a maioria da população nem sequer se apercebe de que está a ser cada vez mais escravizada…

Categories: Economia, Política Internacional | 5 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade