Daily Archives: 2012/10/17

+D = Democracia em Movimento

+D = Mais DemocraciaAdira ao +D = Democracia em Movimento enviando uma mensagem para

adiro@maisdemocracia.org

Anúncios
Categories: maisdemocracia.org, Política Nacional, Portugal, Sociedade, Sociedade Civil, Sociedade Portuguesa | 3 comentários

O Fuhrer alemão vem a Portugal em Novembro. Sieg!

Depois da visita à Grécia o Fuhrer feminino germano vem a Lisboa. Não vem porque precise de vir: numa época de telefonia VoIP, chat, videoconferência, total profusão informativa e multiplicidade de meios de comunicação, merkel não foi à Grécia porque precisasse de ir, nem virá a Portugal porque precisa. Foi e virá porque nessa viagem passa uma mensagem. A fuhrer germânica explicou que a Atenas para “conhecer melhor a situação”, mas de facto, meteu-se num avião, saiu, cumprimentou o anfitrião, percorreu sob pesada escolta (porque será…) de carro blindado o percurso do aeroporto à sede de governo, garantindo sempre que nenhum cidadão grego se aproxima fuhrer a menos de três mil metros.

Seis horas depois de ter colocado as botas em solo grego, a fuhrer já estava de volta à sua saudosa, alva e ariana capital deixando para trás um “apoio” difuso a mais uma camada de saque fiscal, apertos e cortes (esta no valor de 11 mil milhões de euros) que tanto têm feito pela depressão económica que se instala de forma cada vez mais profunda e duradoura na Grécia.

Em Portugal, a fuhrer deve estar em novembro, com a mesma agenda ultra-rápido, altamente blindada e afastada desse repulsivo “povo inferior e gastador” que nem pensar em ter por perto, emulando a mesma atitude de cavaco e demais abortos na comemoração fechada do último cinco de outubro.

Não serei demagogo e não vou escrever aqui que a fuhrer alemã é o “mal encarnado”, que todos os alemães são arrogantes, imperialistas ou racistas. Não. Merkel, a fuhrer é tão somente uma esponja que percebeu que o sentimento maioritário do seu povo ia hoje numa lógica punitiva contra os países do sul, tidos pelo “eleitor médio” alemão como gastadores, pouco trabalhadores e improdutivos. E os alemães, ainda que maioritariamente pensem assim acham que têm razão porque são tão mal informados como o português médio, mas muito mais ricos e com mais emprego do que este… é este autismo informativo que está na direta razão destas incompreensões que ecoam na mente mais ou menos vazia da fuhrer alemã.

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 46 comentários

Fernando Pessoa sobre a Ordem Externa e a Ordem Interna da Ordem do Templo

Fernando Pessoa (http://24horasnewspaper.com)

Fernando Pessoa (http://24horasnewspaper.com)

“Em todas as ordens definidas, mas com fundamento oculto, há a ordem externa e a ordem interna. Assim nos Templários, na data da sua extinção violenta, era Chefe Externo (Grão-Mestre) o cavaleiro francês Jacques de Molay, e era Mestre Interno (Mestre do Templo) o cavaleiro escocês Robert de Heredom.
A Estrita Observancia, recebendo a alma da sua missão da Ordem de Cristo, ficou com certa parte da informação sobre a alma do Templo dos Templários.”

Fernando Pessoa sobre a Ordem Externa e a Ordem Interna da Ordem do Templo

Nunca nos seus textos – como neste – Fernando Pessoa expõe de forma tão clara a sua convicção de que existiriam nao uma, mas duas Ordens do Templo. Uma Externa, pública e atuante no mundo, corrompida porventura por ensinamentos obtidos no Oriente até aquilo a que noutro texto Pessoa chama de “satanismo” e uma outra Ordem do Templo, Interior e vera guardiã dos mais profundos e secretos ensinamentos e conhecimentos da Ordem.

Estas duas Ordens eram paralelas, na estrutura, meios, fins e hierarquia, o seu mais alto lider externo recebia o título de Grão-Mestre e em 1314 era Jacques de Molay. Por seu lado, a Ordem Interna era regida por um “Mestre do Templo”, o qual à data da extinção era o escocês Robert de Heredom, que conseguiria a proteção do rei escocês (como Dom Dinis protegeria os cavaleiros em Portugal) e transpor assim para os graus mais elevados e secretos da maçonaria os ensinamentos dessa Ordem Interna dos Templarios.

Categories: História, Mitos e Mistérios, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade