Daily Archives: 2012/10/15

Os Lusitanos estão na origem de Portugal?

A historiografia contemporanea é hoje praticamente unânime na opiniao expressa por Alexandre Herculano no seu “Portugal Contemporaneo”:

“Tudo falta: a conveniencia de limites territoriais, a identidade da raça, a filiação da língua, para estabelecermos uma transição natural entre os povos bárbaros e nós.”

Mas, sejamos sinceros: em que outra nação europeia existe tal “transição natural”, entendida como direta e inegável? Todas, sem excepção, resultam do cruzamento livre e diverso de vários povos, eventualmente com um ou outro povo pré-romano dominante, mas sempre em sã multiplicidade e diversidade. Portugal e os Lusitanos conhecem assim uma instância local desse mesmo fenómeno e, de facto, recusar liminarmente a ligação genética de ambos é tão ridículo como tomá-la como absoluta…

A evidência do mapa político peninsular contemporaneo revela a existência daquilo a que Oliveira Martins chama va de “originalidade coletiva no povo português, em frente dos demais povos da Península.” Não negamos que, todos os ibericos possuem traços de temperamento, cultura e até de identidade nacional comuns, mas existe algo de especialmente resiliente, na vontade de independencia e soberania dos portugueses que ressoa nos feitos das lutas lusitanas contra a ocupação romana. Lusitanos e Galaicos (de facto, o mesmo povo, segundo Estrabao) distinguem-se dos demais povos peninsulares pela maior influência que neles recolheu a culta céltico. Isso mesmo se comprova pelas numerosas palavras de origem céltico que encontramos nos toponimos, antroponimos e nomes divinos que surgem na epigrafia da Lusitânia e da Tarraconense.

Não confudamos contudo estes “celtas” (melhor dizendo, “célticos”) do ocidente peninsular com aqueles de França ou do Reino Unido. O elemento celtico está presente em ambos, mas enquanto na Península se trata efetivamente de “Celtici”, isto é, de povos de cultura celta mas de forte elemento étnico local, no norte da Europa estamos perante de caráter bem distinto, ainda que idêntico.

Anúncios
Categories: História, Portugal | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade