Daily Archives: 2012/10/13

Fernando Ulrich, veio afirmar “que a despesa primária, sem juros, e sem medidas extraordinárias, tenha passado de 83,5 mil milhões de euros em 2010, para pouco mais de 70 mil milhões de euros”

Fernando Ulrich (http://www.sulinformacao.pt)

Fernando Ulrich (http://www.sulinformacao.pt)

Há vários números estranhos em Portugal. Há alguns dias atrás, o presidente do BPI, Fernando Ulrich, veio afirmar “que a despesa primária, sem juros, e sem medidas extraordinárias, tenha passado de 83,5 mil milhões de euros em 2010, para pouco mais de 70 mil milhões de euros” em 2012, mostrou que houve de facto uma redução da despesa – sem juros – de 13.5 mil milhões de euros em dois anos. Destes, 5.7 foram cortes em investimentos e o resto, 7.8 em despesa primária (4 vezes o corte dos subsídios e mais do que os juros da divida deste ano, 7.5 mil milhões).

Estes 13.5 mil milhões são uma quantia assustadora e resultam de um profundo recuo do Estado em muitos setores e, dos mais de 2 mil milhões temporariamente poupados nos subsídios da função publica e das pensões. Mas agora, e depois deste já enorme corte, diz Gaspar que é preciso cortar mais quatro mil milhões, já para 2013. A vaga de cortes e sacrifícios não tem fim à vista, assim como a espiral recessiva que vai tornar imperativa a necessidade fazer ainda mais cortes austeritários nos anos seguintes. Sem fim.

Os números não são unânimes, mas parece que o peso dos salários da função pública e das pensões vale perto de 80% da despesa primária. As comparações internacionais não apontam para que tenhamos muitos mais funcionários públicos que a média europeia, pelo que a via do “despedimento de 100 ou 200 mil funcionários públicos” não deve ser seguida. Mas existem vários estudos que referem a existência recorrente de salários mais no funcionalismo, por função, que na esfera privada. É aqui que deve ser feito o ajustamento: os salários que num estudo imparcial e externo se identifiquem mais elevados (não nos médios ou baixos!) E aplicar a mesma metodologia às pensões de reforma.

Fonte:
http://jornal.publico.pt/noticia/05-10-2012/e-se-trocassemos-umas-ideias-sobre-cortes-nas-despesas-do-estado-25362718.htm

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Fernando Pessoa sobre as Doutrinas Secretas dos Templários

Fernando Pessoa (http://www.abola.pt)

Fernando Pessoa (http://www.abola.pt)

“Para operarem melhor, os Templários da Escócia serviram-se da Associação ou Grémio Secreto de Pedreiros ou Construtores de Catedrais, que, tendo em si princípios ocultos que datam de tempos remotos, tinham todavia perdido a Palavra (isto é, o sentido, logos) do ritual que conservavam e das estruturas que erguiam.”

Em mais este segmento expondo a profundidade do conhecimento pessoano sobre o templarismo e as origens da maçonaria, o poeta descreve como foi possível à “ordem interna” (paralela e independente da “ordem externa” chefiada por Jacques de Molay) reorganizar a partir da Escócia (onde estava sedeada) a perseguida Ordem do Templo e usando as corporacoes de arquitetos e artifices (que de resto já conheciam diretamente alguns segredos esotéricos e alquimicos que transferiam para a pedra das suas catedrais) se estabeleceram por toda a Europa, tornando a preencher o espaço físico e simbólico deixado vazio pela extinção da Ordem do Templo.

A mente desta nova organização seria fornecedida pelo Templarismo. A estrutura física, ou corpo, pelas corporacoes de artifices e o resultando desta frutuosa conjugacao seria mais tarde conhecida pelo nome da maçonaria…

Categories: História, Mitos e Mistérios, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade