Daily Archives: 2012/10/11

Fernando Pessoa sobre o satanismo da Ordem Externa do Templo

Fernando Pessoa (http://www.abola.pt)

Fernando Pessoa (http://www.abola.pt)

“Há um terrivel exemplo histórico da imprudencia profana de atacar uma Ordem – neste caso uma Alta Ordem – com processos inferiores. A Ordem dos Templários tornara-se satanista; era chefe do seu rito satânico o Mestre Externo do Templo, o Adepto Exempto Jacques de Molay. Querendo, com justa razão, atacar o satanismo da Ordem, a Igreja, ou ignorante dos processos de o fazer, ou já levada por forças mágicas adversas, dissolveu a Ordem dos Templários, e fe-lo por processos materiais; mais, supliciou-o pelo Fogo. Tão poderosas eram as forças mágicas armazenadas nos Templários que o erro do processo produziu o retorno individuado chamado a Reforma.”

“Num ponto, porém, a vingança de Molay, operando per vias inferiores, caiu no mesmo erro em que haviam caído os seus algozes. Foi quando Dom Sebastião, AE (Adepto Exempto), foi feito cair em Alcácer Quibir. Caiu pela espada, isto é, pela Terra, e o erro foi o mesmo que o de fazer Molay cair pelo fogo, porque de igual natureza. No mesmo modo o Adepto Exempto ascendeu a Mago, queimando o grau intermediario, e pronunciou, no tempo dado, a Palavra de Era seguinte.”

Neste segmento, Pessoa dá mais uma vez provas do seu profundo conhecimento da Maconaria e dos mais secretos propósitos do Templarismo… reconhece que a Ordem do Templo a partir de um dado momento se segmentou em duas ordens, uma “externa” que decaiu rapidamente, acomodada a um materialismo crescente e padecendo de um afastamento crescente dos principios que estiveram por detrás da sua fundação nas ruínas do Templo de Salomão em Jerusalem e que teria derivado até um certo “satanismo” (entendido aqui como uma versão deturpada do cristianismo), mas a dado momento deste texto, Fernando Pessoa usa a palavra que é aqui a verdadeira chave que abre a porta oculta: “ordem externa”.

Só podia existir “ordem externa” porque existia uma “ordem interna”, viva, ativa e com uma hierarquia paralela, mantendo a pureza de princípios e rituais dos primeiros tempos do templarismo e sedeada na Escócia (como revela noutro texto). Seria esta “ordem interna” quem daria continuidade à extinta Ordem do Templo, enquadrando os seus membros abandonados à sua sorte sob a proteção da Maçonaria e dando continuidade aos ensinamentos mais cruciais e esotéricos do templarismo nos graus mais elevados e secretos da Maconaria.

 

Anúncios
Categories: Mitos e Mistérios, Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Em 1945, os EUA deviam 241 mil milhões de dólares. Como é que esta dívida foi paga?

Em 1945, os EUA deviam 241 mil milhões de dólares. Como é que esta dívida foi paga? Não foi.
Durante vinte anos, os EUA tiveram orçamentos equilibrados, como resultado, em 1962, a dívida era a mesma de 1946, mas como o PIB tinha crescido, o seu peso em relação ao PIB era de apenas 60%. A moral da história é clara: não precisamos de pagar a divida, basta que paguemos juros ajustados à inflação (renegociando-a, portanto), criando crescimento e garantido assim que ela cresça mais lentamente que a economia.

Dados em:
Acabem com esta crise, já!
Paul Krugman

Categories: Economia, Europa e União Europeia | 1 Comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade