Jens Weidmann, o presidente do Bundesbank “é o pior banqueiro central do mundo”

Jens Weidmann (http://media.news.de)

Jens Weidmann (http://media.news.de)

A revista norte-americana “The Atlantic” diz que Jens Weidmann, o presidente do Bundesbank “é o pior banqueiro central do mundo” porque – desde logo – não sabe que “a alta generalizada dos preços pode fazer com que o custo da dívida pareça exagerado”. O autor do artigo, Matthew O’Brian, acrescenta ainda que “O presidente do Bundesbank não percebe factos elementares e acredita que os seus colegas personificam o diabo”.

O articulista chega a esta conclusão a partir de uma declaração do presidente do Bundesbank em que este diz que no passado vários países do mundo viveram com taxas de juro de 7% e que se hoje os países nessa situação a enfrentassem o mundo não estaria perante a iminência do desastre. O que esta eminência germana parece incapaz de perceber é que nesse mírifico “passado dourado” a inflação ou o crescimento do PIB eram proporcionalmente elevados.

A ignorância ou pura cegueira ideológica do homem que está à frente do mais influente Banco central europeu e que determina efetivamente a condução da política económica europeia explica porque chegamos a este ponto: a Europa não está em desnorte porque não tem liderança. Ela tem líderes, mas eles são imbecis altos e loiros que julgam que todos os povos do sul são constituídos por gastadores compulsivos que urge castigar de forma exemplar. Infelizmente, imbecil não é quem o pensa, nem diz. É quem o é. E Weidmman é-o.

Fonte:
http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=581719

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal, união europeia | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: