Agostinho da Silva: “O Portugal de que tratam em geral nossos economistas (…) já está realizado e com um êxito político de que é o Brasil segunda prova; juntar numa unidade permanente dois países tão distintos um do outro como o Norte e o Sul, fazendo dela a nação mais antiga da Europa e provando, pela tarefa pronta, a capacidade de outras unidades que estarão no futuro, foi o primeiro grande feito dos portugueses, herdeiros aí do génio romano para a agregação e a paz”

Agostinho da Silva (http://img.youtube.com)

Agostinho da Silva (http://img.youtube.com)

“O Portugal de que tratam em geral nossos economistas (…) já está realizado e com um êxito político de que é o Brasil segunda prova; juntar numa unidade permanente dois países tão distintos um do outro como o Norte e o Sul, fazendo dela a nação mais antiga da Europa e provando, pela tarefa pronta, a capacidade de outras unidades que estarão no futuro, foi o primeiro grande feito dos portugueses, herdeiros aí do génio romano para a agregação e a paz.”
Educação de Portugal
Agostinho da Silva

É certo que os portugueses estão sempre prontos a buscarem e a realçarem os defeitos da sua Nação… e esquecem frequentemente que somos um dos países mais antigos da Europa, com fronteiras mais antigas e estáveis (excluindo esbulho espanhol de Olivença) e um dos raros países médios (em critérios demográficos e económicos não somos nunca um “pequeno país”) que têm o seu espaço físico conforme a uma só e mesma nação, cultura e língua.

Portugal consegue assim vários plenos e a esta acumulação notável há ainda que somar dois grandes milagres unicamente portugueses: o facto de erguido solidamente um dos maiores países do mundo, o Brasil e o facto de ser um dos raros Estados-Nação da Europa que, além de tudo o mais, conseguiu o feito notável (e hercúleo…) de resistir a essa grande centrifugadora de povos que foi a Espanha e manter-se livre e independente dessa grande “império” castelhano ibérico.

Categories: Agostinho da Silva, Brasil, Economia, História, Lusofonia, Portugal | 12 comentários

Navegação de artigos

12 thoughts on “Agostinho da Silva: “O Portugal de que tratam em geral nossos economistas (…) já está realizado e com um êxito político de que é o Brasil segunda prova; juntar numa unidade permanente dois países tão distintos um do outro como o Norte e o Sul, fazendo dela a nação mais antiga da Europa e provando, pela tarefa pronta, a capacidade de outras unidades que estarão no futuro, foi o primeiro grande feito dos portugueses, herdeiros aí do génio romano para a agregação e a paz”

  1. Thor

    “O Portugal de que tratam em geral nossos economistas (…) já está realizado e com um êxito político de que é o Brasil…”
    O Agostinho da Silva devia estar brincando quando disse tal frase absurda.

    “É certo que os portugueses estão sempre prontos a buscarem e a realçarem os defeitos da sua Nação…”
    Nós os brasileiros também em relação ao Brasil. 🙂

    “Portugal consegue…somar dois grandes milagres unicamente portugueses: o facto de erguido solidamente um dos maiores países do mundo, o Brasil…”
    Óóóóóóhhh, que leegaal!!!! 😀 Mas… de que adianta ser um país gigante se há tanta desigualdade social? De que vale o Brasil ser o maior país lusófono em extensão territorial e população se a saúde pública e a educação pública são completas desgraças? Se a roubalheira rola solta no meio político? Se a justiça é muito lenta? Se o salário médio do trabalhador brasileiro é uma piada de mau gosto?
    CP, eu te imploro. Vem morar por pelo menos 1 ano cá no Brasil, pá! Por favor! 😀

    E acredito que o exemplo da crise na Zona Euro desestimula a maioria dos brasileiros a qualquer tipo de união com outro país, seja qual for. 😉

    • O Brasil é a utopia sobre aa Terra? Certamente que nao… tem inumeros grande problemas (a comecar pela distribuição da riqueza e pela corrupção), mas tem todas as condicoes para ser a utopia do futuro, sonhada por todos os profetas do quinto império?. Sim. Tem as gentes multiplas, o território, a inteligencia do sentimento, a multipolaridade, os recursos humanos e naturais, tudo enfim, para ser aquilo que Portugal nunca pode ser: o Portugal do futuro, ao qual se poderão mais tarde (no tempo certo…) os portugueses e todos os demais lusofonos, numa partiraria e sa união.

      • otusscops

        CP

        segundo a comentadora Gisela Alcaide de Sousa, o Brasil é a Utopia materializada em forma de país.

        isto “Tem as gentes multiplas, o território, a inteligencia do sentimento, a multipolaridade, ” quer dizer EXACTAMENTE E OBJECTIVAMENTE o quê???

        • Gente multiplas: a diversidade de etnias e culturas que o torna um microcosmos do mundo e que (como nos eua) o torna potencialmente num gigante cultural. O território tem a ver com a sua escala continental, e aos recursos que este lhe induz.

          • os EUA e o Brasil são culturas hibridizadas, misturadas, sem a matriz dos Tempo da Europa, África ou Ásia.

            e dizer que os EUA são um vector de cultura de qualidade é um bocadinho exagerado.
            tem o marketing, a força dos números, muita Pop (magnificações da cultura inglesa por acaso) e muita capacidade para receberem todos os produtores de arte e cultura do Mundos, desde que isso dê dinheiro…

            a tua obsessão por raças, mestiçagem, etnias é me impossível de ficar quieto e calado, é preocupante esta exacerbação constante da raça, da raça, e mais a raça, e nós fomos os miscigenadores e por isso somos tão bons…
            safa!!!

            por acaso os EUA e o Brasil pouco ou nada tem a ver neste assunto enjoativo de raças, nos EUA todas as culturas coabitam lado a lado com muito pouca mistura, no Brasil sim, misturaram-se os genes… será por isso que são mais atrasados e pobres??? (penso que não)

            • A cultura americana é “inferior”?… mandas para o lixo todo o magnifico cinema, escritores, imensas e fantasticas realizacoes cientificas e culturais dos EUA?
              Nao recuso que existem elementos de barbarie na mentalidade de muitos americanos, especialmente os do interior, ultracristaos e teapartianos, mas nao os confundas com o todo.
              Queres um exemplo? Obama foi eleito. Cá, elegemos cavaco. E diz-me agora qual foi o povo mais boçal nesse ato eleitoral?

              • otusscops

                CP

                respondendo sem medo à tua pergunta, sim para MIM é inferior, não tem substância.

                os filmes de Hollywood que valem a pena são poucos e boa parte deles (maioria?) são realizados por europeus ou de outras proveniências (os asiáticos estão a ter protagonismo nos últimos anos).
                quanto às letras tem gente boa, mas não vou falar de casos particulares, generalizei.

                não mistures produção cultural e ciência (mais uma vez grande parte dela feita por estrangeiros também).

                e sobre a tua obsessão da raça, nada???

                quanto à eleição deste presidente, tenho de concordar contigo, tenho vergonha…
                😦

                • Nada… nao sou obcecado com “raça”, como dizes, mas com culturas e essas sao muito diferentes entre o norte o sul da europa, tens que admitir… razao pela qual nunca havera “europa” enquanto houver esse sentimento generalizado de desprezo pelo “clubmed” lá pelas bandas do norte.

                • CP

                  és obcecadíssimo com a raça.
                  sobre diferenças entre culturas, claro que as há mas também há semelhanças.

                  mas não me digas que os angolanos ou os guineenses (por exº) são mais próximos de nós do que um finlandês ou um búlgaro…

    • otusscops

      Thor

      qualquer dia ainda começo a acreditar no CP e naquelas partes que ele alimenta o sonho do pensamento de Agostinho da Silva.
      começaste aí a descrever o Brasil e fiquei a pensar que podias estar a falar exactamente de Portugal também.

      aquilo que nos une é a perfídia escravizante e a incompetência das nossas elites governantes.
      o melhor mesmo são os nossos povos.

  2. Thor

    “começaste aí a descrever o Brasil e fiquei a pensar que podias estar a falar exactamente de Portugal também.”
    – Mas eu prefiro evitar de falar de Portugal. Pelo menos em tom de crítica. 🙂

    • otusscops

      Thor

      eu não evito nada, falo se acho que devo e depois sujeito-me à crítica, obviamente.

      se tens a dizer bem ou mal de Portugal fá-lo sem constrangimentos.
      caso seja bem fundamentado e realista é uma excelente oportunidade de percebermos por alguém de fora mais sobre nós, é de grande utilidade perceber que imagem projectamos para os outros!!!
      se juntarmos a isso a tua qualidade de análise e de escrita, então ainda mais valor tem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: